Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 10 > Produção de petróleo e gás natural avança em setembro

Economia e Emprego

Produção de petróleo e gás natural avança em setembro

Óleo e gás

De acordo com a Petrobras, resultados positivos foram resultado da retomada de operações em áreas do pré-sal
publicado: 18/10/2017 20h47 última modificação: 19/10/2017 00h06

Em setembro, a produção de petróleo e gás natural registrou avanço, na comparação com o mês anterior. Dados da Petrobras mostram que, no total, foram 2,79 milhões de barris de óleo equivalente por dia, sendo 1,68 milhões apenas na camada do pré-sal.

No mês, a produção média de petróleo foi de 2,17 milhões de barris por dia, valor 2,8% superior ao de agosto. Já a produção de gás natural atingiu 81,5 milhões de metros cúbicos por dia, valor superior ao registrado em agosto. Nesse caso, o gás aproveitado nas plataformas foi recorde pelo segundo mês consecutivo, atingindo a marca de 97%.

De acordo com a estatal, esse valor se deve à normalização de operações na camada de pré-sal em Macaé e Itajaí, na Bacia de Santos.

Produção forte

Aumento na produção – com destaque para o pré-sal – e novas medidas regulatórias que agradaram os investidores tornam o ano positivo para o setor de óleo e gás. No mês de julho, por exemplo, dados divulgados pela Petrobras mostraram que a produção de petróleo no pré-sal atingiu recorde, com a retirada de 1,35 milhões de barris por dia.

Essa também foi a primeira vez na qual o pré-sal ultrapassou o pós-sal, em termos de produção.

Leilões à vista

Na próxima semana, o Brasil realiza a segunda e a terceira rodadas de licitações de áreas de pré-sal. Será o primeiro leilão exclusivamente de blocos localizados nessa área, depois de novas medidas regulatórias e do aumento da produção de petróleo.

Além da própria Petrobras, há importantes empresas interessadas em arrematar as ofertas, como a ExxonMobil, dos Estados Unidos; a Repsol, da Espanha; e a Total, da França, entre outras.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Petrobras e ANP

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , ,
Assunto(s): Economia, Petróleo