Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 11 > Exportações no Brasil atingem número recorde em outubro, diz FGV

Economia e Emprego

Exportações no Brasil atingem número recorde em outubro, diz FGV

Comércio Exterior

Indicador aponta agropecuária e venda de automóveis como principais responsáveis pelo desempenho
publicado: 17/11/2017 16h06 última modificação: 27/11/2017 15h51

Na esteira dos bons resultados da balança comercial brasileira, indicador mensal de comércio exterior da Fundação Getulio Vargas (ICOMEX-FGV) atingiu mais um recorde. Em outubro, foi registrado um aumento de 31,7% nas exportações, o maior volume de vendas atingido no ano. As importações, por sua vez, cresceram 26% no mesmo período. 

De acordo com a entidade, o resultado foi bastante influenciado pelas exportações do setor de agropecuária, cujo crescimento foi de 151,2% no período, um recorde para esse segmento. Em seguida, o desempenho foi reforçado pelas exportações da indústria da transformação, com alta de 25,7% e a extrativa, com avanço de 21,4% nas vendas ao exterior.  

O resultado vem em linha com os sucessivos recordes registrados no comércio exterior. Neste ano, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), os números da balança comercial devem atingir a marca de US$ 70 bilhões, um recorde histórico para o indicador.

Veículos

No caso da indústria da transformação, a FGV destacou o bom desempenho da exportação de automóveis, em especial para novos mercados, como a Arábia Saudita. Neste ano, as vendas do setor automotivo vêm impactando de forma positiva o saldo comercial brasileiro. Em parte, isso é explicado pela recuperação do setor, que deverá atingir recorde de exportações neste ano, segundo a Anfavea, entidade representante das montadoras. 

A balança comercial faz contabilidade de todas as trocas realizadas entre o Brasil e o restante do mundo. Quando as exportações superam as importações – quando o País vende mais do compra –, isso significa que houve um superávit comercial. É importante atingir saldos positivos, pois é um sinal de que a economia brasileira está sólida e competitiva em relação ao mundo.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da FGV, MDIC e Anfavea

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: ,
Assunto(s): Economia