Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 11 > Taxa de desemprego cai a 12,2% no trimestre até outubro, diz IBGE

Economia e Emprego

Taxa de desemprego cai a 12,2% no trimestre até outubro, diz IBGE

Mercado de trabalho

Movimento acompanha atividade de recuperação na economia brasileira e retomada das contratações no mercado
publicado: 30/11/2017 11h34 última modificação: 04/12/2017 15h11

Desemprego em queda no mês de outubroNa sequência da melhora no mercado de trabalho, o desemprego recuou pelo 10º mês seguido. No trimestre encerrado em outubro, a taxa de desocupação caiu de 12,8% para 12,2%, se comparado com o semestre imediatamente anterior. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e foram divulgados na manhã desta quinta-feira (30).

No caso da população ocupada, houve um crescimento de 1,0% em relação ao trimestre anterior. Na prática, isso significa que 868 mil postos de trabalho, formais e informais, foram criados no período de um semestre. Quando comparado ao mesmo trimestre do ano passado, mais de 1,7 milhão de pessoas voltaram a ter renda em todo o País.

De acordo com o levantamento, o número de empregados com carteira de trabalho ficou estável em 33,3 milhões de pessoas, enquanto o número de trabalhadores por conta própria cresceu 1,4% na comparação com o trimestre anterior (+326 mil pessoas).

O resultado do trimestre ocorre ao mesmo tempo em que o mercado de trabalho reage diante do crescimento da economia. De janeiro a outubro, por exemplo, foram criadas 303,2 mil vagas formais de emprego no País, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Em relação ao trimestre imediatamente anterior, houve aumento de contingente em diversos setores econômicos. Os destaques ficaram com a construção, com mais 169 mil pessoas contratadas; informação, comunicação e atividades financeiras, profissionais e administrativas, com mais 311 mil pessoas, e serviços domésticos, com mais 173 mil pessoas.

Rendimento

O rendimento médio real habitual do trabalho fechou o trimestre encerrado em outubro em R$ 2.127, maior que os R$ 2.119 do trimestre anterior e que os R$ 2.076 constatados no mesmo período do ano passado.

Fonte: IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: ,
Assunto(s): Economia