Educação

Internacionalização

Projetos de pesquisa terão verba de R$ 300 milhões

As instituições de ensino superior devem apresentar as propostas em formulário disponível na página da Capes até 18 de abril
publicado: 10/11/2017 17h30, última modificação: 23/12/2017 11h07
Projetos institucionais de internacionalização terão verba de R$ 300 milhões

Os trabalhos escolhidos terão recursos para bolsas e missões em outros países, como a Alemanha - Foto: Divulgação/Capes

O edital do Programa Institucional de Internacionalização de Instituições de Ensino Superior e de Institutos de Pesquisa do Brasil (Capes/PrInt), divulgado nesta sexta-feira (10), disponibiliza R$ 300 milhões anuais para apoio a projetos institucionais de internacionalização.

Para participar da seleção, as instituições devem ter no mínimo quatro programas de pós-graduação recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) nas duas últimas avaliações e, pelo menos, dois cursos de doutorado. Os projetos devem durar até quatro anos, com início em agosto de 2018.

As instituições de ensino superior devem apresentar as propostas na página da Capes até 18 de abril de 2018. Serão selecionados até 40 trabalhos. Os documentos exigidos no portal deverão ser anexados ao projeto, que deverá ser preenchido no formulário eletrônico, em inglês e português. 

Os trabalhos escolhidos terão recursos para missões no exterior, bolsas no Brasil e em outros países e demais ações de custeio devidamente aprovadas pela Capes. O resultado final deverá ser publicado em julho de 2018.

Programa 

Instituído neste mês, o objetivo do Programa Institucional de Internacionalização de Instituições de Ensino Superior e de Institutos de Pesquisa do Brasil é fomentar a construção, a implementação e a consolidação de planos estratégicos de internacionalização de instituições, estimular a formação de redes de pesquisas internacionais com foco no aprimoramento da qualidade da produção acadêmica vinculada à pós-graduação, ampliar as ações de apoio à internacionalização na pós-graduação e promover a mobilidade de docentes e discentes e incentivar a transformação das instituições participantes em um ambiente internacional, além de integrar outras ações de fomento da Capes ao esforço de internacionalização.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Educação e da Capes

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems