Esporte

Manaus

Especialistas debatem planos operacionais para a Copa

Encontro visa maior integração e alinhamento entre as equipes operacionais dos diversos setores
publicado: 12/02/2014 20h35, última modificação: 23/12/2017 10h41
 Especialistas debatem planos operacionais para a Copa

Aldo Rebelo: Manaus surpreende o Brasil e o mundo pelos seus êxitos e vitórias

A sexta e última reunião da primeira rodada de encontros de Planos Operacionais foi realizada nesta quarta-feira (12), em Manaus. Representantes dos governos federal, estadual e municipal, além de integrantes do Comitê Organizador Local (COL ) da Copa do Mundo, discutem as medidas das áreas de transporte, mobilidade, aeroportos, acomodações e receptivo turístico, saúde e vigilância sanitária, segurança, cultura, meio ambiente, telecomunicações e energia, todas consideradas cruciais na preparação do Mundial. O encontro possibilita maior integração e alinhamento entre as equipes.

Na abertura do evento, realizado no Palácio Rio Negro, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, reforçou a história da capital amazonense para projetar a realização do Mundial. “Desde os seus primeiros momentos, Manaus surpreende o Brasil e o  mundo pelos seus êxitos e vitórias. É uma metrópole encravada no coração da maior selva tropical do planeta. Tenho a mais absoluta convicção que Manaus realizará uma Copa do Mundo exemplar, preenchendo as melhores expectativas”, disse o ministro, que em seguida fez uma visita à Arena da Amazônia, palco de quatro partidas da Copa.

O secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, destacou a intenção do evento em Manaus. “A palavra-chave dessa série de reuniões é integração. Só vamos garantir a realização de uma belíssima Copa do Mundo aqui em Manaus se toda a operação for integrada. Qualquer peça da engrenagem que não operar durante o evento significará que a engrenagem inteira sofrerá. Por isso, precisamos de integração, parceria e harmonia para que Manaus possa mostrar a todos eficiência e entusiasmo para a realização da Copa do Mundo aqui na cidade”, disse Fernandes.

Em seguida, o governador do Amazonas, Omar Aziz, falou sobre a inauguração da Arena da Amazônia, que está em fase final de acabamento. “Não pretendo inaugurar um estádio que ainda tem algumas coisas a serem realizadas. Esperamos até agora e acho que não custa esperarmos mais dez ou 15 dias para inaugurá-la plenamente”, disse Aziz.

A primeira reunião de 2014 para elaboração conjunta dos planos de ação foi realizada em Natal no dia 30 de janeiro. Depois de São Paulo (04), Curitiba (05), Porto Alegre (06), Cuiabá (11) e Manaus (12), uma nova rodada ocorrerá em abril e maio, desta vez com encontros em todas as 12 sedes da Copa.

Fonte:
Ministério do Esporte

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems