Esporte

Legado

Parque Radical de Deodoro é reaberto no Rio de Janeiro

Espaço de 500 mil metros quadrados foi palco de competições de canoagem slalom e ciclismo mountain bike e BMX nos Jogos Olímpicos
publicado: 21/09/2017 19h17, última modificação: 23/12/2017 10h57
Parque Radical de Deodoro é reaberto no Rio de Janeiro

Parque pode ser usado para treinamento de atletas e lazer da população - Foto: Samyr Novelli/ME

Mais um espaço legado dos Jogos Olímpicos foi liberado ao público. O Parque Radical de Deodoro, na zona oeste do Rio de Janeiro, foi reaberto nesta quinta-feira (21). São 500 mil metros quadrados de área livre a céu aberto.

O espaço sediou competições de canoagem slalom e ciclismo mountain bike e BMX durante a Olimpíada. Com a reabertura, atletas de alto rendimento podem usar o local para o treinamento de preparação aos Jogos de Tóquio em 2020.

Mas a população também pode usufruir o espaço para o lazer. A princípio, o Parque será aberto apenas aos domingos, mas a previsão é de que funcione também ao longo da semana.

Para presidente da Autoridade de Governança do Legado Olímpico, Paulo Márcio, a reabertura do parque representa o fim de um ciclo de entrega do legado dos Jogos Rio 2016. 

“Eram os únicos dois equipamentos que faltavam ser entregues para a população aqui no Parque Radical. Agora a gente fecha todo esse ciclo de legado. Isso é importante para a população, para a sociedade e para o estado do Rio de Janeiro. A população vai poder aproveitar todo esse legado deixado pela Olimpíada, junto ao complexo de Deodoro, que é administrado pelo Exército, e ao nosso Parque Olímpico da Barra”, enumerou Paulo Márcio.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Esporte

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems