Suspensão das captações de água no Rio São Francisco passa a ser quinzenal na Bahia

publicado 03/07/2018 13h50, última modificação 03/07/2018 14h04

Na última segunda-feira (2), a Agência Nacional das Águas (ANA) alterou o “Dia do Rio” em vigência anteriormente na hidrelétrica de Sobradinho na Bahia, que fica a 748 quilômetros da foz do rio São Francisco.

A medida prevê a suspensão da captação de águas, que acontecia semanalmente às quartas-feiras. A partir de agora, a suspensão será somente na primeira e terceira semanas do mês. A suspensão vale para todo o uso de recursos hídricos que não seja voltado para abastecimento humano e para sanar a sede de animais.

O “Dia do Rio” tem o objetivo de preservar os estoques de água nos reservatórios da bacia do rio São Francisco para atendimento aos usos múltiplos da água. A região sofre, desde 2012, com a seca mais severa já registrada.

A hidrelétrica de Sobradinho, além de gerar energia, cumpre o papel de regularização dos recursos hídricos da região, que abrange municípios Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). O reservatório tem capacidade de armazenar mais de 34 mil trilhões de litros, sendo a hidrelétrica a maior da bacia do São Francisco.