Saúde

Atenção Básica

Mais 376 profissionais brasileiros ingressam no Programa Mais Médicos

Os médicos foram selecionados na primeira chamada do edital de reposição, publicado em julho deste ano
publicado: 31/08/2016 22h04, última modificação: 23/12/2017 11h33
Programa Mais Médicos

O Ministério da Saúde garante a reposição de todas as desistências - Foto: Petra Mafalda/Prefeitura de Florianópolis

Mais 376 profissionais brasileiros começaram a atuar em todas as regiões do País por meio do Programa Mais Médicos. A atuação desses participantes levará assistência a mais de um milhão de pessoas.

Os médicos foram selecionados na primeira chamada do edital de reposição, publicado em julho deste ano. Os profissionais com CRM do Brasil que não conseguiram ser alocados terão nova chance de ingresso no Programa.

Os candidatos inscritos poderão escolher entre as 121 cidades que contam, conjuntamente, com 126 vagas remanescentes. Os médicos têm entre esta quarta-feira (31) e quinta-feira (1º) para optar pelos municípios, via o sistema de gerenciamento do Mais Médicos.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, enfatiza a importância de se dar nova oportunidade para os médicos com registro no País. “Nós já preenchemos 75% das vagas com médicos brasileiros, mas, como algumas cidades são mais concorridas que outras, acontece de alguns médicos não conseguirem ser alocados em suas opções na primeira chamada”, explica.

Reposição

O Ministério da Saúde garante a reposição constante de todas as desistências, por meio de editais trimestrais para preenchimento dessas vagas. Em todos os editais de reposição, entre 70% e 100% das vagas foram ocupadas por médicos com registro no País.

Já as vagas pertencentes à cooperação tornadas ociosas são preenchidas diretamente pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), que trouxe, no mês de agosto, 1.200 médicos cubanos ao Brasil para reposição.

Confira a lista de vagas remanescentes e acesse o cronograma do edital de reposição.

Intercambistas

Os médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior interessados no Programa deverão se inscrever, por meio do sistema do Mais Médicos, até esta sexta-feira (2). Esses profissionais ocuparão eventuais vagas remanescentes da segunda chamada dos médicos com CRM do Brasil. Dessa forma, a escolha de municípios ocorrerá apenas após o final da fase atual dos brasileiros.

O edital já segue as regras da Medida Provisória 723/2016 aprovada pelo Congresso Nacional. O texto acolhido retira a exigência do índice médico/habitante do país de origem como critério classificatório para os brasileiros formados no exterior. Confira o edital e a documentação necessária.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems