Saúde

Atenção Básica

Ação vai realizar atendimentos médicos em comunidade indígena do Amazonas

Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Defesa pretende realizar cerca de 460 cirurgias oftalmológicas e de clínica geral em local de difícil acesso
publicado: 28/10/2017 12h53, última modificação: 23/12/2017 10h28
Ação vai realizar três mil atendimentos em comunidade indígena do Amazonas

Foco serão as cirurgias de catarata e de hérnia - Foto: Foto: Luís Oliveira/MS

Até a próxima sexta (3), indígenas de 17 etnias do Distrito Sanitário Especial Indígena Alto Rio Juruá poderão realizar cirurgias e exames por meio da 39ª edição dos Expedicionários da Saúde. A ação, que é uma parceria entre os Ministérios da Saúde e da Defesa, deve realizar cerca de 460 cirurgias oftalmológicas e de clínica geral, 3 mil atendimentos e exames e 1,2 mil atendimentos odontológicos. Para isso, foi montada uma unidade hospitalar e foi investido cerca de R$ 1,5 milhão.

Devido ao difícil acesso, essa será a primeira vez que a Expedição atende a região. O foco são as cirurgias de catarata e de hérnia, mas também serão realizados outros procedimentos, como consultas ginecológicas e pediátricas. Ao todo, 200 pessoas, entre profissionais de saúde, voluntários e indígenas, estarão envolvidos na ação.

“São anos de parceria entre Expedicionários, Ministério da Defesa e Saúde levando assistência em locais de difícil acesso, possibilitando a alguns povos indígenas acesso a cirurgias, exames, consultas. Todos têm direito ao acesso à saúde, nossa missão é garantir que chegue em todos os lugares do País”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

A iniciativa recebe investimentos públicos e privados, como o apoio das prefeituras de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Feijó, a doação de medicamentos por empresas farmacêuticas, a ajuda dos caciques, de outros trabalhadores do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Alto Rio Juruá.

Alto Rio Juruá

O Distrito Sanitário Indígena Alto Rio Juruá é responsável pela assistência em Atenção Básica de 16 mil indígenas, de 17 etnias, distribuídos em oito municípios do Acre. São 164 aldeias, que compõem a região Amazônica, a maioria delas em locais de difícil acesso.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde 

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems