Notícias

Natureza

Cidades brasileiras são destaque mundial no turismo de aventura

Vegetação nativa ocupa 62% do território nacional e permite a prática de esportes radicais, como rapel, montanhismo e bungee jump
publicado: 19/07/2018 21h07, última modificação: 19/07/2018 21h49
rafting em MT

Turistas exploram regiões do País em que há opções para o turismo de aventura, como em Jaciara (MT) - Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Existem muitos perfis de turistas, desde os que buscam áreas rurais silenciosas até os que querem participar de festas populares. Mas um dos tipos de turismo em que o Brasil é referência é o de aventura, para aqueles que procuram adrenalina. Nesses casos, os roteiros giram em torno de atividades físicas, em contato com a natureza, que proporcionam lazer e diversão sem caráter competitivo. Dentre as opções de turismo de aventura nas cidades brasileiras, há as mais brandas, como caminhada, cavalgada e cicloturismo, e as que envolvem esportes radicais, como montanhismo, arvorismo, bungee jump, escalada, tirolesa, surfe, windsurfe, mergulho, canoagem, kitesurf, windsurf e voo livre.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA), mais de 5 milhões de turistas visitam o País em busca dos mais notáveis destinos para a prática de exercícios ao ar livre. Ainda segundo a entidade, há mais de 2 mil empresas especializadas no segmento. Dados do Ministério do Turismo apontam que essas empresas faturam em torno de R$ 500 milhões por ano e têm um total de mais de 5.300 clientes atendidos.

Um estudo realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) indica que o Brasil tem vários motivos para se tornar o maior destino das pessoas que buscam desafios em ambientes naturais:

  • 62% do território nacional possui vegetação nativa;
  • O País tem 7.408 km de extensão litorânea;
  • São mais de 230 pontos de referência indicados para as atividades;
  • Concentra a maior biodiversidade do mundo - 20% do total.

Serra da Bodoquena (MS)

Foto: Arquivo/Governo do Mato Grosso do Sul

Brasil é destino ideal para a prática de turismo de aventura

O Parque Nacional da Serra da Bodoquena tem uma bela formação de montanhas de rochas calcárias em 76.481 hectares de área. O parque é dividido em dois fragmentos, um ao norte e outro ao sul, e tem o maior trecho de Mata Atlântica do estado de Mato Grosso. Entre os esportes mais praticados no local estão rapel, parapente, mergulho em cavernas, rafting e trekking.

Chapada dos Veadeiros (GO)

Arquivo/Ministério do Meio Ambiente

Brasil é destino ideal para a prática de turismo de aventura

Com a maior parte de cerrado contínuo do mundo, a Chapada dos Veadeiros, localizada no estado de Goiás, possui grandes formações vegetais em sua área com 65.514 hectares. Por ser próxima à capital federal, turistas do mundo inteiro chegam pelo Aeroporto de Brasília e seguem de carro por 200 km de estrada. O forte dessa região são as cachoeiras, muito utilizadas para a prática de rapel, trekking e canionismo, por exemplo.

Lençóis Maranhenses (MA) 

Arquivo/Governo do Estado do Maranhão

Brasil é destino ideal para a prática de turismo de aventura

Localizado no litoral oriental do Maranhão, o Parque dos Lençóis Maranhenses é fascinante pela beleza natural. São 155 mil hectares com altas dunas que chegam a até 40 metros de altura e lagoas de água doce, com tons de verde e azul. Nas cidades que dão acesso ao parque, há áreas próprias para a prática de atividades como kitesurf, windsurf, caiaque, stand up padlle e surf.

Brotas (SP) 

Arquivo/Governo do Estado de São Paulo
Brasil é destino ideal para a prática de turismo de aventura

Brotas está situada no centro do estado de São Paulo e preserva suas riquezas e belezas naturais. Com várias nascentes e rios que deságuam em cachoeiras, possui muitos atrativos turísticos, em sua maioria hídricos (represa, ribeirões, cachoeiras, corredeiras e nascentes). A cidade é considerada a capital do turismo de aventura do estado. Entre as atividades ideais para se praticar nessa região estão: tirolesa, canionismo, rafting, queda livre, arvorismo e passeios em quadriciclos.

Serra do Cipó (MG)

Arquivo/Ministério do Meio Ambiente

Brasil é destino ideal para a prática de turismo de aventura

A Serra do Cipó fica na região metropolitana de Belo Horizonte, na divisa entre as bacias dos Rios São Francisco e Doce. Possui mais de 60 cachoeiras, uma flora diversificada e outras atrações do Parque Nacional, que atraem turistas interessados em canoagem, tirolesa e rapel, entre outros esportes.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Turismo, Abeta e Sebrae

Assunto(s): Turismo