Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2010 > 01 > Estados oferecem bolsas de estudo em universidades

Educação

Estados oferecem bolsas de estudo em universidades

Acesso à universidade

Cada unidade da federação pode criar seu programa de incentivo ao ensino superior
por Portal Brasil publicado: 06/01/2010 10h31 última modificação: 28/07/2014 09h31
Julio Cesar Paes Alunos matriculados em faculdades conveniadas recebem bolsas

Alunos matriculados em faculdades conveniadas recebem bolsas

Estudantes que não têm condições financeiras para arcar com as mensalidades de instituições particulares podem contar com as bolsas de estudo e linhas de financiamento oferecidas pelos governos estaduais.

Milhares de universitários do estado de São Paulo dedicam seus finais de semana ao Programa Escola da Família/Bolsa Universidade, que concede bolsas a alunos matriculados em faculdades particulares conveniadas ao programa. Isso porque, em retribuição ao pagamento da mensalidade escolar, o bolsista deve atuar, aos finais de semana, em atividades recreativas e educativas (dança, música, informática, idiomas e campanhas de saúde preventiva) em escolas da rede pública.

O Distrito Federal oferece o programa Bolsa Universitária, que concede bolsas a alunos com renda familiar de até três salários mínimos. Em contrapartida, o aluno terá que prestar serviços num total de quatro horas semanais em atividades definidas pelo governo do Distrito Federal, recebendo para isso o vale transporte. 

Os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública de ensino também podem receber bolsas de estudo para faculdades e universidades do Espírito Santo. O programa Nossa Bolsa oferece bolsas integrais e parciais para pessoas com renda familiar menor que três salários mínimos e que tenham tirado nota maior do que 40 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Santa Catarina também oferece bolsas de estudo e bolsas de pesquisa aos estudantes do estado. Em troca, eles devem participar de programas e projetos sociais com visão educativa propostos pela instituição. 

Outros estados brasileiros também mantêm programas de financiamento e concessão de bolsas de estudos para estudantes de instituições particulares de ensino superior. Para se inscrever, o interessado deve procurar a Secretaria de Educação de seu estado e se informar sobre as iniciativas mantidas pelo governo estadual.

Fontes:
Ministério da Educação
Programa de Crédito Educativo (Procred), do Rio Grande do Sul
Nossa Bolsa, do Espírito Santo
Secretaria de Educação de Santa Catarina 
Secretaria de Desenvolvimento e Transferência de Renda do Distrito Federal

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ministro pede negociações em Curitiba
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Olimpíada Brasileira de Biologia encerra incrições
Competição voltada alunos do ensino médio em curso ou que já concluiram, mas ainda não iniciaram o curso de graduação
MEC estipula novas regras para o ProUni
Nesta edição, estudante poderá transferir bolsa de estudo remanescente entre cursos de áreas afins
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Ministro pede negociações em Curitiba
Competição voltada alunos do ensino médio em curso ou que já concluiram, mas ainda não iniciaram o curso de graduação
Olimpíada Brasileira de Biologia encerra incrições
Nesta edição, estudante poderá transferir bolsa de estudo remanescente entre cursos de áreas afins
MEC estipula novas regras para o ProUni

Últimas imagens

O ministro Janine Ribeiro, ao lado da estudante Paula Schwade e do reitor da Universidade de Sungkyunknaw, Chung Kyu Sang
O ministro Janine Ribeiro, ao lado da estudante Paula Schwade e do reitor da Universidade de Sungkyunknaw, Chung Kyu Sang
Foto: Paula Filizola/MEC
Para este ano, com o novo edital de abertura de cursos, a previsão é chegar a 16.409 vagas nos municípios do interior
Para este ano, com o novo edital de abertura de cursos, a previsão é chegar a 16.409 vagas nos municípios do interior
Em 2015, o ministério passou a exigir que os estudantes tenham uma nota mínima de 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
Em 2015, o ministério passou a exigir que os estudantes tenham uma nota mínima de 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
Divulgação/EBC
Podem participar todos os alunos inscritos em escolas públicas municipais, estaduais e federais brasilerias
Podem participar todos os alunos inscritos em escolas públicas municipais, estaduais e federais brasilerias

Governo digital