Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2010 > 03 > Provinha Brasil está disponível no site do Inep

Educação

Provinha Brasil está disponível no site do Inep

por Portal Brasil publicado: 18/03/2010 22h24 última modificação: 28/07/2014 09h32

Já está disponível para download a versão digital da primeira edição da Provinha Brasil 2010. A avaliação é um instrumento, desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que tem por objetivo realizar um diagnóstico do nível de alfabetização das crianças das redes públicas de ensino após um ano de escolaridade. Dessa forma, a prova é aplicada aos alunos matriculados no segundo ano de escolarização em dois momentos: no início e no final do ano letivo. 


A aplicação da provinha é voluntária e deve ser coordenada pelas redes estaduais e municipais de educação. A correção das provas e utilização dos resultados também é atribuição das redes.
 
A expectativa do Inep/MEC é oferecer aos gestores públicos e aos professores de suas redes informações sobre o nível de alfabetização dos alunos logo no começo do processo de aprendizagem permitindo, assim, intervenções com vistas à correção de possíveis insuficiências apresentadas nas áreas de leitura e escrita. No final do ano é aplicada outra prova, para que professor e gestor possam avaliar quanto o aluno progrediu ao longo do ano. 

Os gestores interessados na sua aplicação podem acessar a página eletrônica da Provinha Brasil  para fazer o download da avaliação. No mesmo endereço virtual, professores e gestores podem se informar sobre os objetivos da prova, formas de participar, características, aplicação e resultados. Também está disponível todo o material relativo às edições anteriores. 

Fonte:
Inep

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mendonça Filho anuncia R$ 20 mi para UFT e para o IFTO
Em visita à Palmas (TO), o ministro da Educação anunciou repasse de R$ 20 milhões para a Universidade Federal doTocantins e para o Instituto Federal do Tocantins
Olimpíada de Língua Portuguesa 2016
A Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) visa estimular o hábito pela leitura e aprimorar o ensino da Língua Portuguesa
Professores Olímpicos
Escute o recado da campeã olímpica de judô, Sarah Menezes. Respeite os seus professores. São eles que vão te ajudar a ser um campeão na vida!
Em visita à Palmas (TO), o ministro da Educação anunciou repasse de R$ 20 milhões para a Universidade Federal doTocantins e para o Instituto Federal do Tocantins
Mendonça Filho anuncia R$ 20 mi para UFT e para o IFTO
A Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) visa estimular o hábito pela leitura e aprimorar o ensino da Língua Portuguesa
Olimpíada de Língua Portuguesa 2016
Escute o recado da campeã olímpica de judô, Sarah Menezes. Respeite os seus professores. São eles que vão te ajudar a ser um campeão na vida!
Professores Olímpicos

Últimas imagens

O presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, durante ato de assinatura de autorização para criar mais de 75 mil bolsas do Fundo de Financiamento Estudantil
O presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, durante ato de assinatura de autorização para criar mais de 75 mil bolsas do Fundo de Financiamento Estudantil
Foto: Marcos Corrêa/PR
Os benefícios previstos aos programas são mensalidade, seguro-saúde, auxílio deslocamento, auxílio instalação e adicional localidade, quando for o caso
Os benefícios previstos aos programas são mensalidade, seguro-saúde, auxílio deslocamento, auxílio instalação e adicional localidade, quando for o caso
Foto: UnB Agência
Repasse é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
Repasse é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
Foto: Geyson Magno/MEC
Fugir do tema, desrespeitar direitos humanos e escrever em uma tipologia diferente da solicitada estão entre os motivos para anulação da nota
Fugir do tema, desrespeitar direitos humanos e escrever em uma tipologia diferente da solicitada estão entre os motivos para anulação da nota
Wilson Dias/Agência Brasil

Governo digital