Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2011 > 06 > Brasil e Argentina vão firmar acordo para compartilhamento de estudos na área de educação

Educação

Brasil e Argentina vão firmar acordo para compartilhamento de estudos na área de educação

por Portal Brasil publicado: 06/06/2011 16h47 última modificação: 28/07/2014 14h05

Para promover a cooperação entre Brasil e Argentina na área da educação, a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Malvina Tuttman, e a presidente do Instituto Internacional de Planejamento da Educação (IIPE), Margarita Poggi, firmarão um acordo de cooperação técnica na quinta-feira (9). O IIPE é um órgão equivalente ao Inep na Argentina, com sede em Buenos Aires, ligado à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). 

Nesse acordo, as presidentes atenderão alguns objetivos em comum. Entre eles, estão a promoção de atividades de formação e capacitação de recursos humanos na área educacional em avaliações e estatísticas e a colaboração mútua para a realização de estudos e pesquisas que forneçam diagnósticos sobre essa área. 

A previsão é que os trabalhos comecem a ser executados em até 90 dias após a assinatura do acordo de cooperação técnica. Os resultados obtidos sobre estatísticas educacionais, totais ou parciais, realizados em conjunto, poderão ser de uso comum entre os dois países. 

 

Fonte:
Inep

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O portal da Base Nacional Comum
Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios explica como ocorrerá participação da sociedade.
A unificação curricular da Educação Básica
De acordo com Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, unificação curricular contribuir para modernização do ensino.
A educação básica brasileira
Para secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios, há compromisso das instituições de ensino e da população do País com ideal democrático.
Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios explica como ocorrerá participação da sociedade.
O portal da Base Nacional Comum
De acordo com Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, unificação curricular contribuir para modernização do ensino.
A unificação curricular da Educação Básica
Para secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios, há compromisso das instituições de ensino e da população do País com ideal democrático.
A educação básica brasileira

Últimas imagens

Serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano)
Serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano)
Tereza Sobreira/MEC
Foram criados 50 novos cursos de Medicina em 45 municípios, resultando em 5,3 mil novas vagas
Foram criados 50 novos cursos de Medicina em 45 municípios, resultando em 5,3 mil novas vagas
Geyson Magno/MEC
Projeto cria instalações móveis para solucionar problemas relativos ao combate à infecção de cólera no Haiti
Projeto cria instalações móveis para solucionar problemas relativos ao combate à infecção de cólera no Haiti
Divulgação/Planalto
Contribuições serão para adequar o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) às novas diretrizes curriculares nacionais de medicina
Contribuições serão para adequar o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) às novas diretrizes curriculares nacionais de medicina
Divulgação/Governo de Alagoas
Período para a escolha das obras será aberto no dia 28 próximo e se estenderá até 8 de setembro
Período para a escolha das obras será aberto no dia 28 próximo e se estenderá até 8 de setembro
Divulgação/Governo da BA

Governo digital