Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2012 > 08 > Prazo para renovação do Fies é prorrogado para 31 de dezembro

Educação

Prazo para renovação do Fies é prorrogado para 31 de dezembro

por Portal Brasil publicado: 29/08/2012 19h42 última modificação: 28/07/2014 16h39
Wanderley Pessoa/MEC Alunos de cursos de graduação em instituições particulares de ensino podem pedir o financiamento em qualquer etapa do curso e em qualquer mês

Alunos de cursos de graduação em instituições particulares de ensino podem pedir o financiamento em qualquer etapa do curso e em qualquer mês

O prazo final para a renovação dos contratos novos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), firmados a partir da publicação da Lei nº 12.202, de 14 de janeiro de 2010, foi prorrogado para 31 de dezembro de 2012.

A Resolução nº 4/2012, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que determina o período, foi publicada nesta quarta-feira (29) no Diário Oficial da União (DOU).

Os acréscimos em contratos simplificados e não simplificados do segundo semestre de 2010, do primeiro e segundo semestres de 2011 e do primeiro e segundo semestres deste ano, devem ser realizados por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), disponível nos portais do FNDE e do Ministério da Educação.

O Fies é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar prioritariamente estudantes de cursos de graduação. Para candidatar-se ao Fies os estudantes devem estar regularmente matriculados em instituições de ensino não gratuitas cadastradas no programa, em cursos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

O Fies é operacionalizado pelo FNDE. Todas as operações de adesão das instituições de ensino, bem como de inscrição dos estudantes são realizadas pela internet. Os estudantes que concluíram o ensino médio a partir do ano letivo de 2010 e queiram solicitar o FIES, deverão ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010 ou ano posterior.

O percentual mínimo de financiamento pelo Fies é de 50% do valor da mensalidade cobrada do estudante pela instituição de ensino. Para estudantes com renda familiar mensal bruta de até 10 salários mínimos, o financiamento pode ser de 100% ou 75%, dependendo do percentual da renda familiar que será comprometido para arcar com as contas.

Para estudantes com renda familiar mensal entre 10 e 15 salários mínimos, o financiamento pode ser de 75% ou 50%, também dependendo do comprometimento da renda familiar. Já para estudantes com renda familiar mensal entre 15 e 20 salários mínimos, o desconto será de 50%, quando 20% da renda familiar ficar comprometida com o pagamento do restante da mensalidade.

O estudante matriculado em curso de licenciatura ou bolsista parcial do ProUni que solicitar o financiamento para o mesmo curso no qual é beneficiário da bolsa poderá financiar até 100% dos encargos educacionais cobrados do estudante pela IES.  A taxa efetiva de juros do FIES é de 3,4% ao ano para todos os cursos.

 

 

Leia mais:

Escolas técnicas terão oito milhões de vagas até 2014

Prouni terá mais 560 mil bolsas em 15 anos

Investimentos garantem qualidade e segurança das provas do Enem

Empresas podem obter financiamento especial e qualificar funcionários

 

Fonte:

MEC
Fies

 

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Erro
Ocorreu um erro enquanto renderizando o portlet.

Últimas imagens

Recursos destinam-se a pequenos reparos, manutenção da infraestrutura, compra de material de consumo e de bens permanentes
Recursos destinam-se a pequenos reparos, manutenção da infraestrutura, compra de material de consumo e de bens permanentes
Divulgação/MEC
Período de coleta vai até 27 de março próximo para as universidades federais e até 24 de abril para as demais instituições públicas e particulares
Período de coleta vai até 27 de março próximo para as universidades federais e até 24 de abril para as demais instituições públicas e particulares
Divulgação/EBC
Normas vigentes determinam que os recursos públicos devem ser remunerados em aplicação financeira até sua utilização
Normas vigentes determinam que os recursos públicos devem ser remunerados em aplicação financeira até sua utilização
Divulgação/FNDE
Alunos, pais, professores, gestores, comunidade escolar, academia, estudiosos e sociedade em geral podem fazer suas propostas, sugestões e comentários
Alunos, pais, professores, gestores, comunidade escolar, academia, estudiosos e sociedade em geral podem fazer suas propostas, sugestões e comentários
Divulgação/Governo de Mato Grosso do Sul
Pesquisador Magnus e o Diretor Municipal de Economia e Inovação na Câmara Municipal de Lisboa Paulo Carvalho
Pesquisador Magnus e o Diretor Municipal de Economia e Inovação na Câmara Municipal de Lisboa Paulo Carvalho
Divulgação/Capes

Governo digital