Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2012 > 11 > Termina nesta sexta (30) prazo para encerramento de financiamento estudantil

Educação

Termina nesta sexta (30) prazo para encerramento de financiamento estudantil

por Portal Brasil publicado: 27/11/2012 11h04 última modificação: 28/07/2014 16h38
EBC Fies financia de 50% a 100% dos encargos educacionais, dependendo da renda familiar mensal bruta

Fies financia de 50% a 100% dos encargos educacionais, dependendo da renda familiar mensal bruta

O aluno que não assinar o documento no agente financeiro até a data limite terá que esperar até janeiro para fazer novo pedido

 

Os estudantes que pediram, até o último dia 15 de novembro, no Sistema Informatizado do Fies (SisFies), o encerramento antecipado do contrato de crédito do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm prazo até a próxima sexta-feira (30) para comparecer ao seu agente financeiro - Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil - para assinar o pedido. Caso o prazo não seja cumprido, a solicitação será cancelada.

Estabelecido pela Resolução nº 7/2012 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), publicada no Diário Oficial da União no dia 12 de novembro, o prazo para assinar o pedido do encerramento no banco até dia 30 é excepcional para este mês. O prazo usual para ir ao agente financeiro é de cinco dias, a contar do terceiro dia útil a partir da data da confirmação do pedido de encerramento no SisFies.

O aluno que não assinar o documento no agente financeiro até a data limite terá que esperar até janeiro para fazer novo pedido, pois a solicitação não pode ser feita em junho e dezembro.

Para pedir o encerramento antecipado do financiamento do Fies, o estudante deve entrar no módulo respectivo no SisFies, até o 15º dia dos meses de janeiro a maio e de julho a novembro, e escolher uma das quatro opções disponíveis, que vão desde a liquidação imediata do saldo devedor até a permanência nas respectivas fases do financiamento, na forma originalmente contratadas.

Após fazer a solicitação e receber a confirmação do pedido no sistema, o aluno precisa procurar o agente financeiro para assinar a solicitação. Será necessária a assinatura do fiador, caso o estudante tenha optado pela fiança convencional ou fiança solidária.

 

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado a financiar prioritariamente estudantes de cursos de graduação que estejam regularmente matriculados em cursos superiores não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo ministério. São considerados cursos de graduação com avaliação positiva, aqueles que obtiverem conceito maior ou igual a três no Sisitema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

O Fies poderá, na forma do regulamento, ser oferecido a alunos da educação profissional técnica de nível médio, bem como aos estudantes matriculados em programas de mestrado e doutorado com avaliação positiva, desde que haja disponibilidade de recursos, observada a prioridade no atendimento aos alunos dos cursos de graduação.

O financiamento é operacionalizado pelo FNDE. Todas as operações de adesão das instituições de ensino, bem como de inscrição dos estudantes são realizadas pela internet, para garantir maior comodidade e facilidade dos participantes, assim como a confiabilidade de todo o processo.

Em 2010, os juros do Fies caíram para 3,4% ao ano. E, além disso, passou a ser permitido ao estudante solicitar o financiamento em qualquer período do ano. Desde a mudança, foram firmados mais de 535 mil contratos de financiamento estudantil.

Em 2010, 75,9 mil contratos foram firmados; em 2011 esse número saltou para 153,9 mil; já neste ano foram formalizados 305,8 mil contratos.

O programa financia de 50% a 100% dos encargos educacionais, dependendo da renda familiar mensal bruta e do comprometimento dessa renda com os custos da mensalidade. Apenas alunos com renda familiar mensal bruta de no máximo 20 salários mínimos podem requerer o financiamento.

Acesse o site pra fazer sua inscrição.

 

SisFies

No primeiro acesso, o estudante informará o número de seu Cadastro de Pessoa Física (CPF), sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrará uma senha, que será utilizada sempre que o estudante acessar o sistema. Após informar os dados solicitados, será enviada para o aluno uma mensagem no endereço de e-mail informado para validação do seu cadastro. A partir daí, o estudante acessará o SisFies e fará sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição e as informações sobre o financiamento solicitado.

 

Fonte:
Ministério da Educação
Portal SisFies
Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Erro
Ocorreu um erro enquanto renderizando o portlet.

Últimas imagens

Recursos destinam-se a pequenos reparos, manutenção da infraestrutura, compra de material de consumo e de bens permanentes
Recursos destinam-se a pequenos reparos, manutenção da infraestrutura, compra de material de consumo e de bens permanentes
Divulgação/MEC
Período de coleta vai até 27 de março próximo para as universidades federais e até 24 de abril para as demais instituições públicas e particulares
Período de coleta vai até 27 de março próximo para as universidades federais e até 24 de abril para as demais instituições públicas e particulares
Divulgação/EBC
Normas vigentes determinam que os recursos públicos devem ser remunerados em aplicação financeira até sua utilização
Normas vigentes determinam que os recursos públicos devem ser remunerados em aplicação financeira até sua utilização
Divulgação/FNDE
Alunos, pais, professores, gestores, comunidade escolar, academia, estudiosos e sociedade em geral podem fazer suas propostas, sugestões e comentários
Alunos, pais, professores, gestores, comunidade escolar, academia, estudiosos e sociedade em geral podem fazer suas propostas, sugestões e comentários
Divulgação/Governo de Mato Grosso do Sul
Pesquisador Magnus e o Diretor Municipal de Economia e Inovação na Câmara Municipal de Lisboa Paulo Carvalho
Pesquisador Magnus e o Diretor Municipal de Economia e Inovação na Câmara Municipal de Lisboa Paulo Carvalho
Divulgação/Capes

Governo digital