Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2013 > 09 > IFMA abre inscrição para curso sobre questão agrária

Educação

IFMA abre inscrição para curso sobre questão agrária

Aprimoramento

As aulas terão duração de dois anos, com carga horária total de 960 horas
por Portal Brasil publicado: 19/09/2013 19h47 última modificação: 30/07/2014 00h20

Seguem até o dia 24 de setembro as inscrições para o processo seletivo do curso de Especialização em Questão Agrária, Agroecologia e Educação do Campo (Residência Agrária), do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), de São Luís (MA).

Podem participar pessoas graduadas em qualquer área do conhecimento, que sejam beneficiários da reforma agrária ou profissionais que atuem junto aos Projetos de Assentamento da Reforma Agrária e movimentos sociais camponeses.

Os candidatos serão aprovados após apreciação dos documentos, prova escrita, análise do memorial e do currículo comprovado. A lista dos candidatos aptos à prova escrita será divulgada no dia 27 de setembro no site da instituição. A especialização terá duração de dois anos, com carga horária total de 960 horas.

Inscrição 

Os interessados devem enviar o formulário de inscrição e documentação solicitada no edital para o email:residenciaagraria.ifma@gmail.com

Caso prefira, o candidato pode entregar a documentação à Coordenação do Residência Agrária do IFMA – localizada no Campus Maracanã, Avenida dos Curiós, s/n, Vila Esperança – São Luís (MA), no horário das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30.

Fonte:
Incra

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , ,

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O portal da Base Nacional Comum
Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios explica como ocorrerá participação da sociedade.
A unificação curricular da Educação Básica
De acordo com Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, unificação curricular contribuir para modernização do ensino.
A educação básica brasileira
Para secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios, há compromisso das instituições de ensino e da população do País com ideal democrático.
Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios explica como ocorrerá participação da sociedade.
O portal da Base Nacional Comum
De acordo com Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, unificação curricular contribuir para modernização do ensino.
A unificação curricular da Educação Básica
Para secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios, há compromisso das instituições de ensino e da população do País com ideal democrático.
A educação básica brasileira

Últimas imagens

Alunos brasileiros são premiados em competição latino-americana
Alunos brasileiros são premiados em competição latino-americana
Divulgação/Ministério da Educação
Alunos brasileiros são premiados em competição latino-americana
Alunos brasileiros são premiados em competição latino-americana
Divulgação/Ministério da Educação
Na 43ª edição da WorldSkills, Brasil alcançou o melhor resultado da história do País na competição: 11 medalhas de ouro, dez de prata, seis de bronze
Na 43ª edição da WorldSkills, Brasil alcançou o melhor resultado da história do País na competição: 11 medalhas de ouro, dez de prata, seis de bronze
Divulgação/MEC
Serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano)
Serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano)
Tereza Sobreira/MEC
Foram criados 50 novos cursos de Medicina em 45 municípios, resultando em 5,3 mil novas vagas
Foram criados 50 novos cursos de Medicina em 45 municípios, resultando em 5,3 mil novas vagas
Geyson Magno/MEC

Governo digital