Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2013 > 11 > Governo fortalecerá ensino médio com pacto nacional

Educação

Governo fortalecerá ensino médio com pacto nacional

Valorização

Programa prevê a participação de 495.697 professores e 7 milhões de estudantes, em mais de 20 mil escolas da rede pública estadual
por Portal Brasil publicado: 25/11/2013 20h15 última modificação: 30/07/2014 00h22

O Pacto Nacional Fortalecimento do Ensino Médio foi lançado nesta segunda-feira (25) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O programa prevê a participação de 495.697 professores e 7 milhões de estudantes, em mais de 20 mil escolas da rede pública estadual. A iniciativa deverá contar com a adesão dos 26 estados e o Distrito Federal, além da participação de 40 universidades.

Baseado no modelo do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, lançado há mais de um ano, o Pacto pelo Ensino Médio visa promover a valorização do professor da rede pública estadual por meio da oferta de formação continuada. O programa dará uma bolsa de estudos no valor de R$ 200 para os professores do ensino médio, cadastrados no educacenso, que estejam ativos no exercício da docência, tenham frequência e desempenho registrados na formação desenvolvida com apoio das secretarias estaduais e universidades.

“Não há processo educativo sem a mediação do professor. Por isso, o eixo central deste programa é valorizar esses profissionais”, destacou o ministro da Educação. Segundo ele, as bolsas começarão a ser pagas em fevereiro do ano que vem. Mercadante disse ainda que o governo federal pretende, posteriormente, redefinir a formação inicial dos professores, modificando os cursos de licenciatura e pedagogia.

Os cursos de formação continuada serão realizados na própria escola, durante a jornada semanal de trabalho. Os professores utilizarão material pedagógico digital disponível nos tablets que foram distribuídos para as secretarias de educação pelo MEC.

Confira a apresentação do ministro

 Fonte:
Ministério da Educação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ministro pede negociações em Curitiba
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Olimpíada Brasileira de Biologia encerra incrições
Competição voltada alunos do ensino médio em curso ou que já concluiram, mas ainda não iniciaram o curso de graduação
MEC estipula novas regras para o ProUni
Nesta edição, estudante poderá transferir bolsa de estudo remanescente entre cursos de áreas afins
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Ministro pede negociações em Curitiba
Competição voltada alunos do ensino médio em curso ou que já concluiram, mas ainda não iniciaram o curso de graduação
Olimpíada Brasileira de Biologia encerra incrições
Nesta edição, estudante poderá transferir bolsa de estudo remanescente entre cursos de áreas afins
MEC estipula novas regras para o ProUni

Últimas imagens

O ministro Janine Ribeiro, ao lado da estudante Paula Schwade e do reitor da Universidade de Sungkyunknaw, Chung Kyu Sang
O ministro Janine Ribeiro, ao lado da estudante Paula Schwade e do reitor da Universidade de Sungkyunknaw, Chung Kyu Sang
Foto: Paula Filizola/MEC
Para este ano, com o novo edital de abertura de cursos, a previsão é chegar a 16.409 vagas nos municípios do interior
Para este ano, com o novo edital de abertura de cursos, a previsão é chegar a 16.409 vagas nos municípios do interior
Em 2015, o ministério passou a exigir que os estudantes tenham uma nota mínima de 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
Em 2015, o ministério passou a exigir que os estudantes tenham uma nota mínima de 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
Divulgação/EBC
Podem participar todos os alunos inscritos em escolas públicas municipais, estaduais e federais brasilerias
Podem participar todos os alunos inscritos em escolas públicas municipais, estaduais e federais brasilerias

Governo digital