Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2013 > 11 > Lei proíbe itens coletivos nas listas de material escolar

Educação

Lei proíbe itens coletivos nas listas de material escolar

Produto

Entre materiais que não podem ser pedidos por escolas estão giz branco, cartolinas, algodão, copos descartáveis e papel higiênico
por Portal Brasil publicado: 27/11/2013 08h32 última modificação: 30/07/2014 00h22

A partir de agora, as instituições de ensino estão proibidas de pedir aos pais, nas listas de matérias escolares, produtos de uso coletivo como itens de escritório, de limpeza e materiais usados pela área administrativa. O Projeto de Lei 126/2011 foi sancionado nesta quarta-feira (27) pela presidenta Dilma Rousseff com o objetivo de evitar abusos nas listas de material escolares e já entrou em vigor. 

Pela  Lei nº 12.886 os pais não precisam mais fornecer às escolas, produtos como papel ofício em grandes quantidades, papel higiênico, algodão, álcool, flanela, fita adesiva, CDs, giz para quadro negro,  cartolina, estêncil, grampeador e grampos, papel para impressora, esponja para louça, talheres e copos descartáveis, dentre outros produtos que não sejam utilizados exclusivamente pelo aluno.

Fonte:
Diário Oficial da União
Agência Senado

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Enem 2017 será adaptado para surdos
Candidatos terão tradutor para Língua Brasileira de Sinais (Libras) para tirar dúvidas sobre vocabulário e vão contar com uma hora a mais de prova.
Ministério da Educação reforça segurança do Enem 2017
Provas acontecerão em dois domingos consecutivos. Inscrições para o Enem começam dia 8 de maio - taxa de inscrição é de R$ 82
Inscrições para Olimpíada de Matemática vão até o dia 31
A principal novidade deste ano é ampliação da competição com a participação de alunos das escolas particulares
Candidatos terão tradutor para Língua Brasileira de Sinais (Libras) para tirar dúvidas sobre vocabulário e vão contar com uma hora a mais de prova.
Enem 2017 será adaptado para surdos
Provas acontecerão em dois domingos consecutivos. Inscrições para o Enem começam dia 8 de maio - taxa de inscrição é de R$ 82
Ministério da Educação reforça segurança do Enem 2017
A principal novidade deste ano é ampliação da competição com a participação de alunos das escolas particulares
Inscrições para Olimpíada de Matemática vão até o dia 31

Últimas imagens

O Saeb é obrigatório para as escolas públicas e facultativo para as privadas
O Saeb é obrigatório para as escolas públicas e facultativo para as privadas
João Bittar/MEC
MEC já repassou R$ 1,9 bilhão para as instituições federais em 2017
MEC já repassou R$ 1,9 bilhão para as instituições federais em 2017
Wilson Dias/Agência Brasil
Propostas considerar mudanças ocorridas na legislação que regula a educação superior brasileira
Propostas considerar mudanças ocorridas na legislação que regula a educação superior brasileira
Divulgação/Prefeitura de Jaguariúna (SP)
Data é homenagem ao escritor Monteiro Lobato, nascido em 18 de abril de 1882
Data é homenagem ao escritor Monteiro Lobato, nascido em 18 de abril de 1882
Divulgação/Governo do Maranhão
Enade é um dos instrumentos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior
Enade é um dos instrumentos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital