Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2014 > 01 > Prazo de adesão ao Programa Brasil Alfabetizado foi prorrogado

Educação

Prazo de adesão ao Programa Brasil Alfabetizado foi prorrogado

Alfabetização

Secretarias de Educação poderão aderir à edição de 2014-2015 do programa até o dia 31 de janeiro
por Portal Brasil publicado: 21/01/2014 15h52 última modificação: 30/07/2014 02h22

A adesão das secretarias de Educação dos estados, do Distrito Federal e dos municípios ao programa Brasil Alfabetizado, edição de 2014-2015, foi prorrogada até o dia 31 de janeiro. As secretarias que entraram no programa em 2012 devem revalidar a adesão e fazer as atualizações necessárias ao novo ciclo.

De acordo com o diretor de Políticas de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos do Ministério da Educação, Mauro Silva, até segunda-feira (20), tinham feito o cadastramento no programa 606 municípios e as secretarias estaduais de seis estados. Silva salienta que Paraíba e Piauí se destacam pelo número de municípios com mais adesões. A Paraíba aparece com 105 municípios; o Piauí, com 64. A expectativa do MEC é ter a adesão de dois mil municípios.

Para receber recursos do governo federal, estados e municípios devem aderir ao Brasil Alfabetizado e informar o número de novas matrículas e de turmas. O programa é dirigido a jovens com 15 anos ou mais, adultos e idosos não alfabetizados. O objetivo dessa iniciativa do governo federal é universalizar a alfabetização e abrir oportunidades de acesso à educação nos demais níveis — ensino fundamental, ensino médio e profissional e à educação superior.

Fonte: Ministério da Educação 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Professores Olímpicos
Escute o recado da campeã olímpica de judô, Sarah Menezes. Respeite os seus professores. São eles que vão te ajudar a ser um campeão na vida!
Inscrições para o FIES começam dia 15 de julho
O resultado dos estudantes pré-selecionados e os que estão na lista de espera já está disponível no site fiesselecao.mec.gov.br
Mais recursos para programas de Educação Básica e Superior
O MEC liberou R$ 45,95 milhões para o pagamento de 78,3 mil bolsas em diversos programas e ações da educação básica e superior
Escute o recado da campeã olímpica de judô, Sarah Menezes. Respeite os seus professores. São eles que vão te ajudar a ser um campeão na vida!
Professores Olímpicos
O resultado dos estudantes pré-selecionados
e os que estão na lista de espera já está disponível no site fiesselecao.mec.gov.br
Inscrições para o FIES começam dia 15 de julho
O MEC liberou R$ 45,95 milhões para o pagamento de 78,3 mil bolsas em diversos programas e ações da educação básica e superior
Mais recursos para programas de Educação Básica e Superior

Últimas imagens

O presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, durante ato de assinatura de autorização para criar mais de 75 mil bolsas do Fundo de Financiamento Estudantil
O presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, durante ato de assinatura de autorização para criar mais de 75 mil bolsas do Fundo de Financiamento Estudantil
Foto: Marcos Corrêa/PR
Os benefícios previstos aos programas são mensalidade, seguro-saúde, auxílio deslocamento, auxílio instalação e adicional localidade, quando for o caso
Os benefícios previstos aos programas são mensalidade, seguro-saúde, auxílio deslocamento, auxílio instalação e adicional localidade, quando for o caso
Foto: UnB Agência
Repasse é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
Repasse é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
Foto: Geyson Magno/MEC
Fugir do tema, desrespeitar direitos humanos e escrever em uma tipologia diferente da solicitada estão entre os motivos para anulação da nota
Fugir do tema, desrespeitar direitos humanos e escrever em uma tipologia diferente da solicitada estão entre os motivos para anulação da nota
Wilson Dias/Agência Brasil

Governo digital