Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2014 > 02 > Programa Atleta na Escola abre inscrição a unidades de ensino

Educação

Programa Atleta na Escola abre inscrição a unidades de ensino

Educação básica

Cada escola participante receberá verba fixa de R$ 1 mil e mais R$ 3 por aluno inscrito; objetivo é levar programa a 5.564 municípios
por Portal Brasil publicado: 24/02/2014 19h40 última modificação: 30/07/2014 02h21

Está aberta a adesão de escolas ao programa Atleta na Escola. Podem participar unidades públicas e privadas da educação básica, que tenham matrícula de estudantes de 12 a 17 anos. A adesão pode ser feita até 30 de abril, no Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE interativo), informando as modalidades esportivas que serão desenvolvidas e o número de estudantes.

O coordenador do Atleta na Escola, Renausto Amanajas, da diretoria de formação e conteúdos educacionais da Secretaria de Educação Básica do MEC, explica que cada escola participante receberá uma verba fixa de R$ 1 mil e mais R$ 3,00 por aluno inscrito. O objetivo é levar o programa aos 5.564 municípios e a 40 mil escolas que tenham registrado, no censo escolar de 2013, alunos de 12 a 17 anos de idade, independente da série que cursam.

Segundo o coordenador, os diretores das unidades precisam verificar se o estado e o município a que pertencem aderiram, porque essa é uma condição para a escola participar do programa. A adesão das secretarias estaduais e municipais de educação está aberta desde janeiro e os dados devem ser inseridos por elas no Plano de Ações Articuladas (PAR).

Modalidades

Neste ano, o Atleta na Escola acrescenta três novas modalidades: arremesso de peso, judô e voleibol, além das atividades que participaram do programa em 2013 – corrida de velocidade, com provas de 75 metros e de 100 metros; corrida de resistência, de mil metros e de 3 mil metros; e provas de salto em distância. Renausto sugere que os diretores façam a adesão logo nos primeiros dias, para que tenham tempo para organizar os campeonatos escolares e, posteriormente, participar das etapas municipal e regional.

Em 2014, o Atleta na Escola contempla o esporte paraolímpico com as modalidades atletismo, bocha, goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de roda, voleibol sentado, futebol de 5 (DV) e futebol de 7 (PC), definidas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, na faixa de 12 a 17 anos, feminino e masculino. O coordenador do programa explica que o Atleta na Escola apoiará a fase estadual nas modalidades paraolímpicas.

Trajetória

Lançado em maio de 2013, o Atleta na Escola teve a adesão, no ano passado, das secretarias de educação dos 26 estados e do Distrito Federal, de 4.554 municípios e de 22,9 mil escolas. O Ministério da Educação estima que 2 milhões de estudantes da educação básica participaram da fase escolar. Dados do censo escolar de 2013 mostram que o país tem 194.577 escolas, entre públicas e privadas, das quais 147.307 unidades registraram estudantes na faixa de 12 a 17 anos de idade, que constitui o público do programa.

Fonte:
Ministério da Educação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: ,

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O peso da agricultura familiar
Representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic explica como políticas complementares ajudam a diminuir fome e a ampliar receitas com exportação.
Participantes do Enem podem concorrer a vagas em universidade de Portugal
Testemunho de estudante brasileira em universidade portuguesa
Ministro pede negociações em Curitiba
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic explica como políticas complementares ajudam a diminuir fome e a ampliar receitas com exportação.
O peso da agricultura familiar
Testemunho de estudante brasileira em universidade portuguesa
Participantes do Enem podem concorrer a vagas em universidade de Portugal
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Ministro pede negociações em Curitiba

Últimas imagens

Aditamento do segundo semestre só pode ser feito quando o do período anterior estiver regularizado
Aditamento do segundo semestre só pode ser feito quando o do período anterior estiver regularizado
Divulgação/Ministério da Educação
Jovem brasileiro é vencedor do Concurso Nacional de Redação de Cartas promovido pelos Correios
Jovem brasileiro é vencedor do Concurso Nacional de Redação de Cartas promovido pelos Correios
Divulgação/MiniCom
O site reúne documentos teóricos, vídeos com especialistas e autoridades
O site reúne documentos teóricos, vídeos com especialistas e autoridades
Portal Brasil
Valor liberado garante a manutenção dos contratos já existentes e a abertura de novas vagas
Valor liberado garante a manutenção dos contratos já existentes e a abertura de novas vagas
João Bittar/MEC
As micro e pequenas empresas terão benefícios na contratação de aprendizes e os jovens terão a formação técnica paga com recursos do Pronatec
As micro e pequenas empresas terão benefícios na contratação de aprendizes e os jovens terão a formação técnica paga com recursos do Pronatec
Divulgação/Ministério da Educação

Governo digital