Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2014 > 03 > Aeronáutica vai abrir vagas de nível superior

Educação

Aeronáutica vai abrir vagas de nível superior

Serviço militar temporário

Seleção pública em diversas áreas para ambos os sexos irá envolver avaliação curricular e inspeção de saúde
por publicado: 12/03/2014 18h46 última modificação: 30/07/2014 02h20

O Comando-Geral do Pessoal (COMGEP) anunciou que na última semana de março serão abertas as inscrições para a seleção de profissionais de nível superior para prestação de serviço militar temporário.

Ainda não foi definido o número de vagas, mas a seleção irá abranger as áreas de Administração, Análise de Sistemas, Arquivologia, Ciências Contábeis, Direito, Economia, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Agrimensura, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Química, Estatística, Jornalismo, Pedagogia, Psicologia, Relações Públicas e Serviço Social.

A seleção pública, para ambos os sexos, irá envolver avaliação curricular e inspeção de saúde.

Os candidatos selecionados serão incorporados no posto de Aspirante-a-Oficial e, caso sejam aprovados no Estágio de Adaptação Técnico, integrarão o Quadro de Oficiais da Reserva de Segunda Classe Convocados (QOCOn) durante o período de um ano. Caso haja o interesse em permanecer na ativa após o período inicial, o tempo de serviço poderá ser prorrogado anualmene, a critério do Comando da Aeronáutica, até o tempo máximo de oito anos.

Outras informações serão disponibilizadas por ocasião da emissão do Aviso de Convocação.

Fonte:
Força Aérea Brasileira

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O portal da Base Nacional Comum
Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios explica como ocorrerá participação da sociedade.
A unificação curricular da Educação Básica
De acordo com Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, unificação curricular contribuir para modernização do ensino.
A educação básica brasileira
Para secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios, há compromisso das instituições de ensino e da população do País com ideal democrático.
Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios explica como ocorrerá participação da sociedade.
O portal da Base Nacional Comum
De acordo com Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, unificação curricular contribuir para modernização do ensino.
A unificação curricular da Educação Básica
Para secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios, há compromisso das instituições de ensino e da população do País com ideal democrático.
A educação básica brasileira

Últimas imagens

Serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano)
Serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano)
Tereza Sobreira/MEC
Foram criados 50 novos cursos de Medicina em 45 municípios, resultando em 5,3 mil novas vagas
Foram criados 50 novos cursos de Medicina em 45 municípios, resultando em 5,3 mil novas vagas
Geyson Magno/MEC
Projeto cria instalações móveis para solucionar problemas relativos ao combate à infecção de cólera no Haiti
Projeto cria instalações móveis para solucionar problemas relativos ao combate à infecção de cólera no Haiti
Divulgação/Planalto
Contribuições serão para adequar o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) às novas diretrizes curriculares nacionais de medicina
Contribuições serão para adequar o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) às novas diretrizes curriculares nacionais de medicina
Divulgação/Governo de Alagoas
Período para a escolha das obras será aberto no dia 28 próximo e se estenderá até 8 de setembro
Período para a escolha das obras será aberto no dia 28 próximo e se estenderá até 8 de setembro
Divulgação/Governo da BA

Governo digital