Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2014 > 09 > Olimpíada de astronomia premia mais de 42,5 mil alunos

Educação

Olimpíada de astronomia premia mais de 42,5 mil alunos

Competição estudantil

Participaram da OBA 772.257 estudantes dos ensinos fundamental e médio de quase 9 mil escolas públicas e particulares do País
por Portal Brasil publicado: 12/09/2014 17h12 última modificação: 12/09/2014 17h15

A Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) distribuiu este ano mais de 42,5 mil medalhas a alunos de todo o País. O número de premiados é 26% maior do que em 2013. Estudantes foram contemplados com 10.412 medalhas de ouro, 14.451 de prata e 17.693 de bronze.

Segundo o professor do Instituto de Física da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, astrônomo e coordenador nacional da OBA, João Batista Garcia Canalle, o nível dos estudantes que prestaram a prova foi muito bom e as notas de corte ficaram muito altas.

“Nos preocupamos em fazer uma prova acessível a todos, mas alunos que fazem olimpíadas por ano seguidos têm melhor desempenho e escolas que participam há mais tempo favorecem a obtenção de notas mais altas”, disse.

Canalle explicou que o objetivo principal da OBA é incentivar o aluno a ampliar o conhecimento científico. Segundo o pesquisador, as escolas e os professores acabam entendendo que a prova não é para medir esse conhecimento, mas para ajudá-los na prática em sala de aula.

No site da olimpíada, estão disponíveis conteúdo didático e instruções simples de como construir os relógios de Sol e Estelar, o planisfério celeste rotativo, a montagem e o lançamento de foguetes feitos de garrafas PET.

Competição

Nesta 17ª edição da OBA, participaram 772.257 estudantes dos ensinos fundamental e médio de quase 9 mil escolas públicas e particulares de todos os estados. A olimpíada contou também com o auxílio de mais de 62 mil professores na realização das provas nas escolas.

Realizada pela Sociedade Astronômica Brasileira em parceria com a Agência Espacial Brasileira, a OBA inclui um conjunto de eventos para levar o maior número de informações sobre ciências espaciais à escola.

Paralelamente, foi realizada a oitava edição da Mostra Brasileira de Foguetes, que recebeu projetos de aproximadamente 62 mil alunos de escolas públicas e particulares, quase 10 mil a mais do que em 2013.

Foram entregues cerca de 5 mil medalhas e os 500 estudantes do ensino médio que lançaram o mais longe possível os seus foguetes terão a oportunidade de participar da Jornada de Foguetes no fim de outubro, em Barra do Piraí (RJ).

O evento oferecerá palestras com astrônomos, além de troféus e bolsas de iniciação científica júnior, distribuídas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Os estudantes com melhor classificação na prova também vão integrar as equipes para representar o Brasil em duas olimpíadas internacionais em 2016 e concorrer a vagas na Jornada Espacial e no Space Camp.

A Olimpíada também tem apoiado, desde 2009, os encontros regionais de Ensino de Astronomia para a atualização dos professores, o compartilhamento de práticas pedagógicas e a divulgação dessa ciência nos estados.

Para quem quer participar dos eventos, a OBA de 2015 abrirá suas inscrições para escolas não participantes a partir de janeiro.

Fonte:
Agência Brasil 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Educação é ferramenta para enfrentar a intolerância religiosa, diz secretário
Secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo,cobrou o cumprimento da lei que determina ensinoda história e cultura afro-brasileira nas escolas
Cerca de 1,5 milhão de pessoas vão fazer Encceja
Provas serão aplicadas de manhã e de tarde em mais de 560 municípios
Inscrição e local de provas do Enem já podem ser verificados
Confira o calendário do Enem 2017. Inscrição e local da prova podem ser verificados no site do Exame
Secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo,cobrou o cumprimento da lei que determina ensinoda história e cultura afro-brasileira nas escolas
Educação é ferramenta para enfrentar a intolerância religiosa, diz secretário
Provas serão aplicadas de manhã e de tarde em mais de 560 municípios
Cerca de 1,5 milhão de pessoas vão fazer Encceja
Confira o calendário do Enem 2017. Inscrição e local da prova podem ser verificados no site do Exame
Inscrição e local de provas do Enem já podem ser verificados

Últimas imagens

Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Foto: André Nery/MEC
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Foto: André Nery/MEC
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Reprodução/NBR

Governo digital