Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2014 > 10 > Desafio da Sustentabilidade premiará soluções para a educação superior

Educação

Desafio da Sustentabilidade premiará soluções para a educação superior

Consumo sustentável

Participantes podem propor inovações no uso de energia elétrica e de água em universidades e institutos federais a partir de 6/11
por Portal Brasil publicado: 20/10/2014 16h06 última modificação: 20/10/2014 16h06

Está aberto o período de cadastramento para o Desafio da Sustentabilidade, consulta pública promovida pelo Ministério da Educação, por meio da Subsecretaria de Planejamento e Orçamento (SPO). A ideia é promover a identificação e a avaliação de ideias e boas práticas para redução de gastos e promoção do consumo sustentável.

A consulta receberá propostas e avaliará soluções ecológicas inovadoras sobre o uso de energia elétrica e de água em universidades federais e institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Acesse o regulamento completo.

A consulta pública terá início às 14h do dia 6 de novembro. Os participantes devem apresentar ideias, avaliar e aprimorar as sugestões dos outros participantes, com comentários sobre os dois temas apresentados abaixo:

  • Como reduzir os gastos com consumo de energia elétrica nas instituições federais de ensino? Participantes cadastrados neste categoria poderão enviar sugestões sobre o tema até 3 de fevereiro de 2015.
  • Como reduzir os gastos com consumo de água nas instituições federais de ensino? Nesta categoria candidatos poderão participar até 5 de fevereiro de 2015.

Como participar ?

A consulta pública receberá propostas de pessoas físicas pré-cadastradas na página do projeto na internet. Para tanto, é preciso clicar no banner, em "Comece agora", e inserir o e-mail pessoal. Pré-cadastrado, o participante receberá as novidades sobre o desafio escolhido.

Após o cadastro, o participante deverá validar a sua conta inserindo o código de segurança SMS enviado para seu telefone celular para pontuar através das ações de "curtir" e ou "comentar"ideias.

Esta validação poderá expirar de acordo com a frequência de uso do participante. Ocorrendo isto, o participante deverá revalidar a sua conta solicitando e inserindo um novo código.

Regras

Após efetuar a autenticação, o participante deverá escolher qual desafio deseja participar, aceitar as condições deste regulamento, escolher, a seu critério, uma das 63 Universidades Federais ou das 41 Instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica vinculadas ao MEC e apresentar ideias aos temas divulgados, sendo permitida a participação em mais de um desafio simultaneamente.

Entretanto, o envio de ideias será limitado a uma (1) ideia por dia por participante para cada desafio. Ao criar uma ideia, o participante ganhará 5 pontos. Cada vez que o participante com conta validada “curtir” uma ideia de outro participante ou comentá-la, este participante ganhará 1 ponto por cada atividade.

Na situação em que o participante "não curtir" a ideia de outro participante não serão computados pontos e, ainda, se ele não tiver sua conta validada (através da inserção, quantas vezes solicitadas, do código de segurança enviado via SMS para o telefone celular informado), não receberá pontos por "curtir" ou "comentar" ideias.

Premiação

A cada interação, o participante acumulará pontos para disputar ótimos prêmios. Ao indicar como preferida uma das 104 instituições federais de ensino, a instituição escolhida acumulará a mesma quantidade de pontos que o candidato receber e também disputará uma premiação especial para as instituições.

O projeto premiará as quatro propostas mais bem classificadas em cada uma das categorias. Os prêmios para os participantes chegam a R$ 20 mil.

Em ambos os desafios, o primeiro colocado será agraciado com o prêmio de R$ 5 mil, o segundo com R$ 2.500,00; o terceiro, com R$ 1.500,00; e o quarto colocado ganhará R$ 1 mil. Já os prêmios para as instituições de ensino podem chegar a R$ 8 milhões.

Fonte:
Portal Brasil com informações do Ministério da Educação 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Base Nacional Comum Curricular alinha o Brasil aos melhores sistema educacionais do mundo
Com a mudança, o país se alinha aos melhores sistemas educacionais do mundo
Base Nacional Comum Curricular é homologada
Presidente Michel Temer homologou a Base Nacional Comum Curricular. Documento é considerado um avanço por especialistas em educação
Presidente Michel Temer sanciona lei do novo FIES
Uma das novidades é que recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento vão ser destinados para os financiamentos estudantis
Com a mudança, o país se alinha aos melhores sistemas educacionais do mundo
Base Nacional Comum Curricular alinha o Brasil aos melhores sistema educacionais do mundo
Presidente Michel Temer homologou a Base Nacional Comum Curricular. Documento é considerado um avanço por especialistas em educação
Base Nacional Comum Curricular é homologada
Uma das novidades é que recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento vão ser destinados para os financiamentos estudantis
Presidente Michel Temer sanciona lei do novo FIES

Últimas imagens

Mudanças no programa beneficiam quem mais precisa e garantem recursos para manter o financiamento estudantil
Mudanças no programa beneficiam quem mais precisa e garantem recursos para manter o financiamento estudantil
Arquivo/Agência Brasil
Encceja PPL
Arquivo/Agência Brasil
Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Foto: André Nery/MEC
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Foto: André Nery/MEC
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Reprodução/NBR

Governo digital