Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2014 > 12 > Salvador sedia 1ª Seminário Juventude Viva Bahia

Educação

Salvador sedia 1ª Seminário Juventude Viva Bahia

Capacitação

Seminário tem como tema principal ‘saúde da juventude negra’, e seu objetivo é capacitar gestores públicos municipais
por Portal Brasil publicado: 03/12/2014 11h03 última modificação: 03/12/2014 11h03

Com o objetivo de capacitar gestores públicos municipais ligados ao Juventude Viva, plano direcionado ao enfrentamento à violência contra juventude negra, será realizado, nestas quinta e sexta-feira (4 e 5), o 1º Seminário Juventude Viva Bahia.

O evento acontece a partir das 8h30, no auditório da Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), no bairro da Pituba, em Salvador (BA).

O Seminário, que tem como tema principal ‘saúde da juventude negra’, é organizado pelo comitê gestor estadual do Plano, composto pela Sepromi, Secretaria de Relações Institucionais (Serin), Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), que coordena o programa Pacto Pela Vida, Conselho Estadual de Juventude (Cejuve) e Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN).

São parceiros desta iniciativa o Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) e o Fundo das Nações Unidades para a Infância (Unicef).

Estarão presentes na solenidade de abertura o secretário estadual de Promoção da Igualdade Racial, Raimundo Nascimento; o coordenador executivo do Plano pela Secretaria Nacional de Juventude, Efraim Neto; as representantes do Ministério da Saúde, Kátia Souto e Lia Maria dos Santos; a superintendente de Prevenção e Acolhimento aos Usuários de Drogas e Apoio Familiar, Denise Tourinho, além de dirigentes e coordenadores dos demais órgãos envolvidos.

Na ocasião, também será discutida a criação do Fórum de Monitoramento Participativo da Bahia (Fomp), um espaço permanente de troca de experiências e informações entre os gestores municipais e o comitê gestor do Estado, que contribuirá para o acompanhamento das ações do Plano, a fim de garantir seu pleno funcionamento.

Para o representante da Sepromi no Plano e presidente do Cejuve, Caruso Costa, o Juventude Viva é mais um reconhecimento por parte dos governos que uma das maiores chagas do País, o racismo, que precisa ser combatida, e que neste caso se manifesta através das mortes da juventude negra. A programação completa do seminário estará disponível no site Sepromi.

Entenda o Plano

O Plano Juventude Viva é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), do governo federal, em parceria com estados e municípios.

A iniciativa, na Bahia, contempla 20 cidades baianas, com ações das três esferas de governo (federal, estadual e municipal). São elas: Salvador, Itabuna, Ilhéus, Eunápolis, Alagoinhas, Mata de São João, Valença, Jequié, Camaçari, Juazeiro, Paulo Afonso, Lauro de Freitas, Simões Filho, Candeias, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Dias D’Ávila e Santo Antônio de Jesus.

O Plano, que já é executado em outros estados como Alagoas e Paraíba, soma esforços ao programa Pacto Pela Vida, desenvolvido pelo governo baiano desde 2011, para reduzir os índices de violência, tendo ênfase na diminuição dos crimes contra a vida.

As secretarias estaduais estão diretamente envolvidas no processo e empenhadas em direcionar suas ações para juventude negra, com a potencialização de iniciativas, a exemplo do Universidade para Todos, Educação Profissional, Centro Digital de Cidadania, Neojiba e Semeando Ciência.

Fonte:
Secretaria Nacional de Juventude

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Base Nacional Comum Curricular alinha o Brasil aos melhores sistema educacionais do mundo
Com a mudança, o país se alinha aos melhores sistemas educacionais do mundo
Base Nacional Comum Curricular é homologada
Presidente Michel Temer homologou a Base Nacional Comum Curricular. Documento é considerado um avanço por especialistas em educação
Presidente Michel Temer sanciona lei do novo FIES
Uma das novidades é que recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento vão ser destinados para os financiamentos estudantis
Com a mudança, o país se alinha aos melhores sistemas educacionais do mundo
Base Nacional Comum Curricular alinha o Brasil aos melhores sistema educacionais do mundo
Presidente Michel Temer homologou a Base Nacional Comum Curricular. Documento é considerado um avanço por especialistas em educação
Base Nacional Comum Curricular é homologada
Uma das novidades é que recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento vão ser destinados para os financiamentos estudantis
Presidente Michel Temer sanciona lei do novo FIES

Últimas imagens

Mudanças no programa beneficiam quem mais precisa e garantem recursos para manter o financiamento estudantil
Mudanças no programa beneficiam quem mais precisa e garantem recursos para manter o financiamento estudantil
Arquivo/Agência Brasil
Encceja PPL
Arquivo/Agência Brasil
Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Foto: André Nery/MEC
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Foto: André Nery/MEC
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Reprodução/NBR

Governo digital