Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2015 > 12 > Jovens sob privação de liberdade destacam-se em olimpíada de matemática

Educação

Jovens sob privação de liberdade destacam-se em olimpíada de matemática

Recomeço

Dois estudantes que estão na penitenciária de Rio Branco receberam medalha de bronze, e outros três foram agraciados com menção honrosa
por Portal Brasil publicado: 30/12/2015 15h00 última modificação: 30/12/2015 15h32
Divulgação MEC Ganhador de medalha de bronze na Obmep, Flávio Júnior, ao lado da irmã, pretende ser engenheiro elétrico: “Só preciso de uma nova chance para recomeçar”

Ganhador de medalha de bronze na Obmep, Flávio Júnior, ao lado da irmã, pretende ser engenheiro elétrico: “Só preciso de uma nova chance para recomeçar”

Pela primeira vez na história da 11ª Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), estudantes que cumprem pena na penitenciária de Rio Branco, atendidos pelo programa Projovem Urbano do Ministério da Educação, tiveram destaque na competição. Dois deles receberam medalha de bronze, e outros três foram agraciados com menção honrosa. Participaram da competição de 2015, em todo o Brasil, 18 milhões de estudantes.

“A premiação significa que os alunos estão valorizando a oportunidade que é dada a eles”, afirma a coordenadora de educação de jovens e adultos da Secretaria de Educação e Esporte do Acre, Fernanda Alves Nóbrega.

Flávio Júnior Dias de Anorato cumpre pena privativa de liberdade na Unidade Penitenciária Doutor Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco, Acre. Medalhista de bronze na 11ª Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), ele sonha ser engenheiro elétrico e acredita que a medalha abre uma oportunidade.

“Nem tudo está perdido, e eu só preciso de uma nova chance para recomeçar”, afirma. E garante que pretende continuar os estudos ao recuperar a liberdade. “Com esse resultado, eu me senti capaz e sei que, se estudar, vencerei muitas coisas.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mendonça Filho anuncia R$ 20 mi para UFT e para o IFTO
Em visita à Palmas (TO), o ministro da Educação anunciou repasse de R$ 20 milhões para a Universidade Federal doTocantins e para o Instituto Federal do Tocantins
Olimpíada de Língua Portuguesa 2016
A Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) visa estimular o hábito pela leitura e aprimorar o ensino da Língua Portuguesa
Professores Olímpicos
Escute o recado da campeã olímpica de judô, Sarah Menezes. Respeite os seus professores. São eles que vão te ajudar a ser um campeão na vida!
Em visita à Palmas (TO), o ministro da Educação anunciou repasse de R$ 20 milhões para a Universidade Federal doTocantins e para o Instituto Federal do Tocantins
Mendonça Filho anuncia R$ 20 mi para UFT e para o IFTO
A Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) visa estimular o hábito pela leitura e aprimorar o ensino da Língua Portuguesa
Olimpíada de Língua Portuguesa 2016
Escute o recado da campeã olímpica de judô, Sarah Menezes. Respeite os seus professores. São eles que vão te ajudar a ser um campeão na vida!
Professores Olímpicos

Últimas imagens

O presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, durante ato de assinatura de autorização para criar mais de 75 mil bolsas do Fundo de Financiamento Estudantil
O presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, durante ato de assinatura de autorização para criar mais de 75 mil bolsas do Fundo de Financiamento Estudantil
Foto: Marcos Corrêa/PR
Os benefícios previstos aos programas são mensalidade, seguro-saúde, auxílio deslocamento, auxílio instalação e adicional localidade, quando for o caso
Os benefícios previstos aos programas são mensalidade, seguro-saúde, auxílio deslocamento, auxílio instalação e adicional localidade, quando for o caso
Foto: UnB Agência
Repasse é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
Repasse é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
Foto: Geyson Magno/MEC
Fugir do tema, desrespeitar direitos humanos e escrever em uma tipologia diferente da solicitada estão entre os motivos para anulação da nota
Fugir do tema, desrespeitar direitos humanos e escrever em uma tipologia diferente da solicitada estão entre os motivos para anulação da nota
Wilson Dias/Agência Brasil

Governo digital