Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2015 > 12 > Jovens sob privação de liberdade destacam-se em olimpíada de matemática

Educação

Jovens sob privação de liberdade destacam-se em olimpíada de matemática

Recomeço

Dois estudantes que estão na penitenciária de Rio Branco receberam medalha de bronze, e outros três foram agraciados com menção honrosa
por Portal Brasil publicado: 30/12/2015 15h00 última modificação: 30/12/2015 15h32
Divulgação MEC Ganhador de medalha de bronze na Obmep, Flávio Júnior, ao lado da irmã, pretende ser engenheiro elétrico: “Só preciso de uma nova chance para recomeçar”

Ganhador de medalha de bronze na Obmep, Flávio Júnior, ao lado da irmã, pretende ser engenheiro elétrico: “Só preciso de uma nova chance para recomeçar”

Pela primeira vez na história da 11ª Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), estudantes que cumprem pena na penitenciária de Rio Branco, atendidos pelo programa Projovem Urbano do Ministério da Educação, tiveram destaque na competição. Dois deles receberam medalha de bronze, e outros três foram agraciados com menção honrosa. Participaram da competição de 2015, em todo o Brasil, 18 milhões de estudantes.

“A premiação significa que os alunos estão valorizando a oportunidade que é dada a eles”, afirma a coordenadora de educação de jovens e adultos da Secretaria de Educação e Esporte do Acre, Fernanda Alves Nóbrega.

Flávio Júnior Dias de Anorato cumpre pena privativa de liberdade na Unidade Penitenciária Doutor Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco, Acre. Medalhista de bronze na 11ª Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), ele sonha ser engenheiro elétrico e acredita que a medalha abre uma oportunidade.

“Nem tudo está perdido, e eu só preciso de uma nova chance para recomeçar”, afirma. E garante que pretende continuar os estudos ao recuperar a liberdade. “Com esse resultado, eu me senti capaz e sei que, se estudar, vencerei muitas coisas.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Pnad aponta que 99% dos filhos de pais alfabetizados também são alfabetizados
Levantamento apresenta os principais indicadores sobre mobilidade sócio-ocupacional
Cerca de 77% da população apoia reforma do ensino médio
De acordo com pesquisa, proposta de ampliação das escolas de tempo integral é aprovada por 85% dos brasileiros
Pronunciamento do ministro da Educação, Mendonça Filho
Ministro destacou que governo federal tomou todas as providências para que tudo saia conforme o planejado
Levantamento apresenta os principais indicadores sobre mobilidade sócio-ocupacional
Pnad aponta que 99% dos filhos de pais alfabetizados também são alfabetizados
De acordo com pesquisa, proposta de ampliação das escolas de tempo integral é aprovada por 85% dos brasileiros
Cerca de 77% da população apoia reforma do ensino médio
Ministro destacou que governo federal tomou todas as providências para que tudo saia conforme o planejado
Pronunciamento do ministro da Educação, Mendonça Filho

Últimas imagens

A alimentação escolar é operada pelas secretarias da educação, que são responsáveis pelas redes de ensino
A alimentação escolar é operada pelas secretarias da educação, que são responsáveis pelas redes de ensino
Divulgação/FNDE
A Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto vai se dedicar ao estudo da biologia do vírus na infecção humana
A Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto vai se dedicar ao estudo da biologia do vírus na infecção humana
Arquivo/Agência Brasil
Entre os beneficiados estão 190 mil bolsistas de mestrado, doutorado, pós-doutorado e professor visitante
Entre os beneficiados estão 190 mil bolsistas de mestrado, doutorado, pós-doutorado e professor visitante
Divulgação/UnB Agência
Pontuação pode ser usada para pleitear vagas pelo Sisu, pedir bolsas pelo Prouni e participar do Fies
Pontuação pode ser usada para pleitear vagas pelo Sisu, pedir bolsas pelo Prouni e participar do Fies
Divulgação/MEC
Desde janeiro, o MEC liberou ao FNDE R$ 1,62 bilhão
Desde janeiro, o MEC liberou ao FNDE R$ 1,62 bilhão
Divulgação/Governo da Bahia

Governo digital