Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2016 > 01 > Alunos do Pronatec desenvolvem aplicativo que estimula a leitura infantil

Educação

Alunos do Pronatec desenvolvem aplicativo que estimula a leitura infantil

Jogos digitais

O Projeto Aprender: Incentivo à Leitura no Processo de Alfabetização tem como proposta estimular a leitura e torná-la mais atrativa para as crianças
por Portal Brasil publicado: 05/01/2016 19h30 última modificação: 06/01/2016 10h45
Foto: MEC Estudantes do Pronatec desenvolveram um aplicativo para smartphone que usa a realidade aumentada em livros infantis

Estudantes do Pronatec desenvolveram um aplicativo para smartphone que usa a realidade aumentada em livros infantis

Dois estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) desenvolveram um aplicativo para smartphone que usa a realidade aumentada em livros infantis. O Projeto Aprender: Incentivo à Leitura no Processo de Alfabetização tem como proposta estimular a leitura e torná-la mais atrativa para as crianças.

Paula Simão da Costa e Sidney Ferreira Coutinho, alunos do curso técnico em Programação de Jogos Digitais do Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte), em Santos (SP), criaram o aplicativo.

Com uma câmera de telefone celular, a criança, ao apontar para o desenho no livro, consegue ver as figuras em 3D, no formato realidade aumentada, algumas com animações. Também é possível ouvir o áudio da história e fazer pausas, quando necessário. “Estamos aprimorando o aplicativo para que ele fique cada vez melhor e com mais opções”, disse Paula.

Por se destacar como projeto inovador, o aplicativo concorreu ao concurso Projeto Neorama, iniciativa da prefeitura de Santos para incentivar o empreendedorismo. No evento, os alunos conquistaram o primeiro lugar ao concorrer com estudantes de 35 escolas técnicas.

“Montamos um estande para fazer a apresentação do aplicativo ao nosso público-alvo, as crianças, que amaram a invenção”, disse Paula. “Os pais queriam até comprar o livro, mas ainda não está disponível.”

De acordo com a estudante, a próxima etapa do projeto é a do lançamento dos livros no mercado. “Gostaríamos de fazer parceria com alguma editora para que os livros possam ser comercializados”, afirmou.

Programa

Criado em outubro de 2011, o Pronatec tem como proposta expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionalizantes para jovens e trabalhadores, de forma a promover a inclusão social e o aumento da competitividade e da produtividade no País. O Pronatec também atua na melhoria da qualidade do Ensino Médio, em articulação com a educação profissional.

São ofertantes do Pronatec os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, as redes Estaduais de educação profissional, os serviços nacionais de aprendizagem e instituições particulares.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ensino médio de primeiro mundo
De acordo com o ministro da educação, Mendonça Filho, temos um ensino médio "desconectado do mundo", atualmente. A modernização do ensino médio irá posicionar a educação do Brasil
Novo Ensino Médio em Pernambuco
Pernambuco foi o primeiro estado do País a adotar o modelo de ensino médio em tempo integral. Desde 2001, o estado tem apresentado uma melhoria significativa nos índices de aprovação
Brasil Alfabetizado vai oferecer 250 mil novas vagas
Ação do governo federal disponibiliza apoio técnico para alfabetização
De acordo com o ministro da educação, Mendonça Filho, temos um ensino médio "desconectado do mundo", atualmente. A modernização do ensino médio irá posicionar a educação do Brasil
Ensino médio de primeiro mundo
Pernambuco foi o primeiro estado do País a adotar o modelo de ensino médio em tempo integral. Desde 2001, o estado tem apresentado uma melhoria significativa nos índices de aprovação
Novo Ensino Médio em Pernambuco
Ação do governo federal disponibiliza apoio técnico para alfabetização
Brasil Alfabetizado vai oferecer 250 mil novas vagas

Últimas imagens

São duas fases de competição: a primeira etapa será realizada em 6 de junho e, a segunda, em 16 de setembro
São duas fases de competição: a primeira etapa será realizada em 6 de junho e, a segunda, em 16 de setembro
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)
A prova do Enade é constituída de duas partes, com questões de múltipla escolha e discursivas
A prova do Enade é constituída de duas partes, com questões de múltipla escolha e discursivas
Arquivo/Agência Brasil
MEC reúne gestoras do programa para discutir as estatísticas e perfil das mulheres atendidas
MEC reúne gestoras do programa para discutir as estatísticas e perfil das mulheres atendidas
Divulgação/MEC
Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF
Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
A distribuição dos recursos é feita com base no número de matrículas no ensino básico
A distribuição dos recursos é feita com base no número de matrículas no ensino básico
Foto: Isa Lima/Secom UnB

Governo digital