Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2016 > 03 > Universidade portuguesa abre inscrições para brasileiros

Educação

Universidade portuguesa abre inscrições para brasileiros

Ensino Superior

As inscrições na Universidade do Algarve vão até 15 de abril e podem ser feitas pela internet
publicado: 02/03/2016 19h25 última modificação: 03/03/2016 16h25
MEC A exigência é de que os brasileiros obtenham um mínimo de 500 pontos na redação e pelo menos 475 pontos em cada uma das provas objetivas

A exigência é de que os brasileiros obtenham um mínimo de 500 pontos na redação e pelo menos 475 pontos em cada uma das provas objetivas

A segunda fase de candidaturas da Universidade do Algarve (UAlg), em Portugal, para os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), foi aberta nesta terça-feira (1º). A exigência é de que os brasileiros obtenham um mínimo de 500 pontos na redação e pelo menos 475 pontos em cada uma das provas objetivas do exame. A universidade aceita as notas dos participantes do Enem desde a sua primeira edição, em 1998.

A primeira fase de seleção foi realizada entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano e registrou mais de mil brasileiros cadastrados, sendo que cerca de 70 alunos tiveram as inscrições homologadas. Atualmente, estão matriculados mais de 50 alunos em cursos de graduação, que entraram com a nota do Enem referente ao processo seletivo de 2015.

Para o benefício de bolsa de anuidade reduzida, no valor de mil euros, há 60 vagas disponíveis para aqueles que obtiverem as melhores classificações. Houve um reajuste no valor das demais anuidades, e agora variam entre 2 mil euros e 3,5 mil euros, podendo ser pagas em até oito vezes.

Na UAlg, os diplomas são reconhecidos em todos os países da União Europeia, o que habilita o aluno a fazer pós-graduação em outras universidades da Europa. Na universidade ainda há hipóteses de estudos com formação em pós-graduação (cursos de mestrado ou de doutorado) lecionados em inglês.

Saiba mais no Portal da UAlg.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Professores recomendam resolução de provas anteriores para boa nota
Para obter bons resultados no Enem, é preciso se dedicar ainda mais. Uma das dicas dos professores e especialistas é a resolução de provas anteriores
MEC vai investir R$ 340 milhões na capacitação de alfabetizadores
MEC investirá R$ 340,2 milhões na capacitação de 310 mil alfabetizadores de todo o Brasil no último trimestre deste ano.
Enem 2016 - Passo a Passo
Passo a passo do MEC para como fazer e se manter atualizado sobre o ENEM 2016
Para obter bons resultados no Enem, é preciso se dedicar ainda mais. Uma das dicas dos professores e especialistas é a resolução de provas anteriores
Professores recomendam resolução de provas anteriores para boa nota
MEC investirá R$ 340,2 milhões na capacitação de 310 mil alfabetizadores de todo o Brasil no último trimestre deste ano.
MEC vai investir R$ 340 milhões na capacitação de alfabetizadores
Passo a passo do MEC para como fazer e se manter atualizado sobre o ENEM 2016
Enem 2016 - Passo a Passo

Últimas imagens

O Novo Ensino Médio vai ofertar formação técnica profissional, com aulas teóricas e práticas
O Novo Ensino Médio vai ofertar formação técnica profissional, com aulas teóricas e práticas
Divulgação/Sesisp
O BPC na Escola está presente em todos os Estados e no Distrito Federal
O BPC na Escola está presente em todos os Estados e no Distrito Federal
Isabelle Araújo/MEC
A Anasem tem caráter obrigatório para o estudante
A Anasem tem caráter obrigatório para o estudante
Divulgação/Ministério da Saúde
Em âmbito nacional, R$ 82 milhões foram distribuídos entre Senar, Senac e Senai
Em âmbito nacional, R$ 82 milhões foram distribuídos entre Senar, Senac e Senai
Divulgação/Senai
O salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
O salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino
Divulgação/FNDE

Governo digital