Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2016 > 06 > MEC libera R$ 114 milhões para instituições de ensino técnico ligadas ao Pronatec

Educação

MEC libera R$ 114 milhões para instituições de ensino técnico ligadas ao Pronatec

Profissionalização

Investimento será aplicado na expansão da Rede Federal de Educação Profissional e na continuidade do Bolsa-Formação
por Portal Brasil publicado: 28/06/2016 19h24 última modificação: 29/06/2016 10h51

O Ministério da Educação liberou o repasse de R$ 114 milhões para instituições de educação profissional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), nesta terça-feira (28).

O montante é destinado à manutenção do programa Bolsa-Formação, expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e Rede e-Tec Brasil, de ensino a distância.

Do total liberado, R$ 28 milhões serão destinados a redes públicas de educação profissional e tecnológica. Entidades do Sistema S receberão R$ 50 milhões. Outras 449 instituições particulares participantes do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), ficarão com R$ 36 milhões. O Sisutec oferece vagas gratuitas em cursos técnicos a candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Investimentos

Os recursos da Bolsa-Formação correspondem ao custeio, por estudante, de todas as despesas relacionadas ao curso, incluída assistência estudantil. Nas instituições particulares, o valor refere-se ao pagamento de bolsa de estudo, na forma de mensalidades. O programa garante vagas em cursos de qualificação profissional de 13 áreas de formação pelo Pronatec. 

Os valores aplicados na Rede e-Tec Brasil atendem a cursos de educação profissional a distância e os da expansão da Rede Federal, a melhorias e investimentos em 11 instituições oferecidos pelo MEC.

O Pronatec registra 2,6 milhões de matrículas em curso — 1,3 milhão pelo Sistema S, 1,02 milhão no sistema público (federal e estadual) e 320 mil na rede particular.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Concurso premia melhores receitas da merenda escolar
MEC promove o concurso, que tem por objetivo escolher as receitas mais saudáveis e saborosas das escolas públicas de todo o País
Estados irão oferecer 257 mil novas vagas de ensino em tempo integral
Ministério da Educação autorizou que estados ofereçam cerca de 257 mil novas vagas de ensino em tempo integral, no ciclo 2018-2020
MEC regulamenta para cursos superiores à distância
Medida busca expandir a oferta destes cursos com aumento qualitativo
MEC promove o concurso, que tem por objetivo escolher as receitas mais saudáveis e saborosas das escolas públicas de todo o País
Concurso premia melhores receitas da merenda escolar
Ministério da Educação autorizou que estados ofereçam cerca de 257 mil novas vagas de ensino em tempo integral, no ciclo 2018-2020
Estados irão oferecer 257 mil novas vagas de ensino em tempo integral
Medida busca expandir a oferta destes cursos com aumento qualitativo
MEC regulamenta para cursos superiores à distância

Últimas imagens

As instituições poderão oferecer exclusivamente cursos EaD, na graduação e na pós-graduação
As instituições poderão oferecer exclusivamente cursos EaD, na graduação e na pós-graduação
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Portaria com a lista dos cursos foi publicada no Diário Oficial da União
Portaria com a lista dos cursos foi publicada no Diário Oficial da União
Foto: Marcos Santos/USP
Agentes comunitários devem percorrer bairros à procura de crianças fora da escola e alertar plataforma
Agentes comunitários devem percorrer bairros à procura de crianças fora da escola e alertar plataforma
Mayke Toscano/Governo de Mato Grosso
BNCC vem sendo discutida desde 2015 em articulação e colaboração com estados, Distrito Federal e municípios
BNCC vem sendo discutida desde 2015 em articulação e colaboração com estados, Distrito Federal e municípios
Valdir Rocha/Governo de Alagoas
Público-alvo são profissionais de cidades com pouca estrutura e longe de centros de conhecimento
Público-alvo são profissionais de cidades com pouca estrutura e longe de centros de conhecimento
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Governo digital