Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2016 > 11 > FNDE repassa R$ 800 milhões para educação básica

Educação

FNDE repassa R$ 800 milhões para educação básica

Investimento

Recursos serão aplicados em creches, pré-escolas, ensino fundamental, educação profissional, indígena, quilombola e de jovens e adultos
por Portal Brasil publicado: 28/11/2016 19h18 última modificação: 29/11/2016 09h24
Reprodução/FNDE Valores também podem ser aplicados na remuneração de trabalhadores das redes de ensino

Valores também podem ser aplicados na remuneração de trabalhadores das redes de ensino

Nesta segunda-feira (28), o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) repassou R$ 800 milhões para a complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

A aplicação de recursos do programa contempla a educação básica: creche, pré-escola, ensino fundamental, educação de jovens e adultos, educação profissional, ensino médio, além de educação indígena, quilombola e atendimento educacional especializado, nas redes estaduais, distrital e municipais.

Os valores também podem ser aplicados na remuneração dos trabalhadores da educação das respectivas redes de ensino, de forma que o ente federado alcance a parcela mínima de 60% dos recursos totais do Fundo investida neste fim.

Segundo o presidente do FNDE, Gastão Vieira, 60% desses recursos devem ser destinados à remuneração dos profissionais em efetivo exercício na educação e a parcela restante, de no máximo 40%, será aplicada nas demais ações de manutenção e desenvolvimento. "Os municípios recebem os recursos do Fundeb com base no número de alunos da educação infantil e do ensino fundamental, os estados, com base no número de alunos do ensino fundamental e médio e sua distribuição é realizada com base nos dados do último censo escolar.”

Criado pela Emenda Constitucional n° 53/2006 e regulamentado pela Lei n° 11.494/2007, o Fundo é formado majoritariamente por recursos provenientes de impostos e transferências dos estados, Distrito Federal e municípios. A União complementa o Fundeb com uma parcela de recursos federais para garantir que, em cada unidade da Federação, o valor de investimento por aluno alcance o mínimo definido nacionalmente.

Fonte: Portal Brasil, com informações do FNDE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , ,

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ensino médio de primeiro mundo
De acordo com o ministro da educação, Mendonça Filho, temos um ensino médio "desconectado do mundo", atualmente. A modernização do ensino médio irá posicionar a educação do Brasil
Novo Ensino Médio em Pernambuco
Pernambuco foi o primeiro estado do País a adotar o modelo de ensino médio em tempo integral. Desde 2001, o estado tem apresentado uma melhoria significativa nos índices de aprovação
Brasil Alfabetizado vai oferecer 250 mil novas vagas
Ação do governo federal disponibiliza apoio técnico para alfabetização
De acordo com o ministro da educação, Mendonça Filho, temos um ensino médio "desconectado do mundo", atualmente. A modernização do ensino médio irá posicionar a educação do Brasil
Ensino médio de primeiro mundo
Pernambuco foi o primeiro estado do País a adotar o modelo de ensino médio em tempo integral. Desde 2001, o estado tem apresentado uma melhoria significativa nos índices de aprovação
Novo Ensino Médio em Pernambuco
Ação do governo federal disponibiliza apoio técnico para alfabetização
Brasil Alfabetizado vai oferecer 250 mil novas vagas

Últimas imagens

Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF
Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
A distribuição dos recursos é feita com base no número de matrículas no ensino básico
A distribuição dos recursos é feita com base no número de matrículas no ensino básico
Foto: Isa Lima/Secom UnB
Em 2016, foram registradas 1.246 matrículas – 526 para os cursos de nível superior e 720 para o técnico
Em 2016, foram registradas 1.246 matrículas – 526 para os cursos de nível superior e 720 para o técnico
Rafael Carvalho/MEC
Na penitenciária, cerca de 80 pessoas em cumprimento de pena estão matriculadas na educação básica
Na penitenciária, cerca de 80 pessoas em cumprimento de pena estão matriculadas na educação básica
Divulgação/Governo da Paraíba
O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior
O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Governo digital