Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2017 > 02 > Fies abre inscrições às 12h desta terça-feira (7)

Educação

Fies abre inscrições às 12h desta terça-feira (7)

Ensino superior

Estudantes têm até sexta-feira (10) para acessar o site do programa e concorrer a uma das 150 mil vagas ofertadas
por Portal Brasil publicado: 07/02/2017 10h15 última modificação: 07/02/2017 13h32
Foto: Isa Lima/UnB Agência O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior

O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior

O Ministério da Educação abre, às 12h desta terça-feira (7), as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Estudantes que queiram pleitear financiamento em cursos de instituições privadas de ensino superior têm até sexta-feira (10) para acessar o site do programa e concorrer a uma das 150 mil vagas ofertadas nesta edição do programa.

Para participar, é preciso ter tirado pelo menos 450 pontos na média das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não ter zerado a redação.

O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior. A taxa efetiva de juros do programa é de 6,5% ao ano.

O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. O candidato deve ter renda familiar mensal de até três salários-mínimos por pessoa.

A oferta de vagas do Fies dá prioridade aos cursos de engenharias, formação de professores e áreas de saúde. Além das áreas prioritárias, o programa valoriza os cursos com melhores índices de qualidade em avaliações do MEC.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ensino médio de primeiro mundo
De acordo com o ministro da educação, Mendonça Filho, temos um ensino médio "desconectado do mundo", atualmente. A modernização do ensino médio irá posicionar a educação do Brasil
Novo Ensino Médio em Pernambuco
Pernambuco foi o primeiro estado do País a adotar o modelo de ensino médio em tempo integral. Desde 2001, o estado tem apresentado uma melhoria significativa nos índices de aprovação
Brasil Alfabetizado vai oferecer 250 mil novas vagas
Ação do governo federal disponibiliza apoio técnico para alfabetização
De acordo com o ministro da educação, Mendonça Filho, temos um ensino médio "desconectado do mundo", atualmente. A modernização do ensino médio irá posicionar a educação do Brasil
Ensino médio de primeiro mundo
Pernambuco foi o primeiro estado do País a adotar o modelo de ensino médio em tempo integral. Desde 2001, o estado tem apresentado uma melhoria significativa nos índices de aprovação
Novo Ensino Médio em Pernambuco
Ação do governo federal disponibiliza apoio técnico para alfabetização
Brasil Alfabetizado vai oferecer 250 mil novas vagas

Últimas imagens

MEC reúne gestoras do programa para discutir as estatísticas e perfil das mulheres atendidas
MEC reúne gestoras do programa para discutir as estatísticas e perfil das mulheres atendidas
Divulgação/MEC
Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF
Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
A distribuição dos recursos é feita com base no número de matrículas no ensino básico
A distribuição dos recursos é feita com base no número de matrículas no ensino básico
Foto: Isa Lima/Secom UnB
Em 2016, foram registradas 1.246 matrículas – 526 para os cursos de nível superior e 720 para o técnico
Em 2016, foram registradas 1.246 matrículas – 526 para os cursos de nível superior e 720 para o técnico
Rafael Carvalho/MEC
Na penitenciária, cerca de 80 pessoas em cumprimento de pena estão matriculadas na educação básica
Na penitenciária, cerca de 80 pessoas em cumprimento de pena estão matriculadas na educação básica
Divulgação/Governo da Paraíba

Governo digital