Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2017 > 04 > Ministério discute educação no campo com representantes do MST

Educação

Ministério discute educação no campo com representantes do MST

Diálogo

Ministro Mendonça Filho recebeu coordenadores do MST e apresentou programas e ações voltados à educação no campo
publicado: 20/04/2017 11h09 última modificação: 20/04/2017 12h40

Representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) discutiram questões voltadas à educação no campo com o ministro da Educação, Mendonça Filho, e a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, Ivana de Siqueira.

Durante o encontro, Mendonça Filho se disse aberto ao diálogo e afirmou que o MEC dará encaminhamento às demandas, para que todos possam receber educação de qualidade, tanto no campo quanto na cidade. “Estamos abertos e dispostos a dialogar e agir, contem conosco”, afirmou o ministro.

Os representantes do MST afirmaram ter dificuldades em alguns estados e municípios para fazer parcerias na área da educação. A secretária Ivana de Siqueira disse que o MEC vai analisar as demandas apontadas e enumerou os  programas que o ministério possui, voltados à educação no campo.

A secretária orientou os representantes do MST sobre a melhor forma de aderir aos programas. Ressaltou, ainda, que o MEC tem um setor específico que trata da educação no campo. Na opinião dos coordenadores nacionais do movimento, Erivan Hilário e Atiliana Brunetto, a conversa foi proveitosa; para eles, algumas iniciativas podem beneficiar as escolas de assentamentos rurais.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Acordo de cooperação vai estender ações do Criança Feliz
Parceria entre o governo associação de universidades particulares vai estender ações Programa Criança Feliz à primeira infância
Mais de 1,5 milhão se inscrevem no Encceja
Encceja é oportunidade para jovens que querem concluir os estudos. Aprovados recebem certificado de conclusão do ensino fundamental e médio
MEC abre edital para o programa Idiomas Sem Fronteiras
Seleção será para aulas presenciais das línguas alemã, espanhola, francesa, italiana, japonesa e de português como língua estrangeira
Parceria entre o governo associação de universidades particulares vai estender ações Programa Criança Feliz à primeira infância
Acordo de cooperação vai estender ações do Criança Feliz
Encceja é oportunidade para jovens que querem concluir os estudos. Aprovados recebem certificado de conclusão do ensino fundamental e médio
Mais de 1,5 milhão se inscrevem no Encceja
Seleção será para aulas presenciais das línguas alemã, espanhola, francesa, italiana, japonesa e de português como língua estrangeira
MEC abre edital para o programa Idiomas Sem Fronteiras

Últimas imagens

Manter média de três horas de estudo por dia é suficiente para realizar uma boa prova
Manter média de três horas de estudo por dia é suficiente para realizar uma boa prova
Arquivo/Gov. Mato Grosso
Domínio sobre assuntos da atualidade é cobrado na redação e nas questões objetivas do Enem
Domínio sobre assuntos da atualidade é cobrado na redação e nas questões objetivas do Enem
Arquivo/Ministério da Educação
Microbiologia, Parasitologia e Imunologia concentraram cursos com maiores notas
Microbiologia, Parasitologia e Imunologia concentraram cursos com maiores notas
Cecília Bastos/USP Imagens
Os cursos serão on-line e ofertados pelos núcleos de línguas das universidades federais e estaduais participantes do programa
Os cursos serão on-line e ofertados pelos núcleos de línguas das universidades federais e estaduais participantes do programa
Arquivo/Agência Brasil
Mais de 1,5 milhão de pessoas farão as provas: 301 mil para Ensino Fundamental e 1,2 milhão para Ensino Médio
Mais de 1,5 milhão de pessoas farão as provas: 301 mil para Ensino Fundamental e 1,2 milhão para Ensino Médio
Foto: Mariana Leal/ MEC

Governo digital