Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2017 > 04 > Programa de Educação de Jovens e Adultos recebe recursos e abre novas turmas

Educação

Programa de Educação de Jovens e Adultos recebe recursos e abre novas turmas

Ensino Médio

Resolução garante continuidade do projeto. Cerca de R$ 90 milhões já estavam disponíveis para a iniciativa
por Portal Brasil publicado: 04/04/2017 14h10 última modificação: 04/04/2017 16h27
Arquivo/Agência Brasil A ação tem como base resolução, publicada na segunda-feira (3),pelo Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE)

A ação tem como base resolução, publicada na segunda-feira (3),pelo Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE)

Para dar continuidade ao programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), bem como ampliar o número de turmas, o governo federal destinará cerca de R$ 102 milhões em recursos para a iniciativa. 

Desse total, R$ 90 milhões já estavam disponíveis ao projeto nos estados, municípios e Distrito Federal. O Ministério da Educação (MEC) vai completar com mais R$ 12 milhões. A ação tem como base resolução, publicada na segunda-feira (03), pelo Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

De acordo com a titular da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do MEC, Ivana de Siqueira, o aporte visa atender à demanda urgente de 50 milhões de pessoas, em todo o Brasil, que ficaram de fora da educação básica – 43 milhões não terminaram o ensino fundamental e outros 7 milhões não concluíram o ensino médio.

“É uma situação de emergência e, por isso, mesmo na atual situação do País, em recessão, temos de pensar em quem está fora da escola”, observa Ivana. 

A resolução reafirma as prioridades da EJA, que são o público do programa Brasil Alfabetizado, para que possa seguir nos estudos. Populações quilombolas, indígenas e os que cumprem pena nas unidades prisionais de todo o País também serão beneficiados.

Ainda neste mês, o Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec) será aberto para que estados, municípios e o Distrito Federal possam aderir ao programa. 

O coordenador-geral da Educação de Jovens e Adultos da Secadi, Carlos Humberto Spezia, explica que todos os municípios que não ofertaram a educação de jovens e adultos têm a oportunidade de abrir novas turmas.

“A prefeitura vai informar ao FNDE o número de alunos a serem atendidos com base nos dados do Censo e receberá um valor por aluno para ofertar essa turmas”, disse. 

O recurso pode ser utilizado para o pagamento de material didático, alimentação, transporte e outros.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Enem 2017 será adaptado para surdos
Candidatos terão tradutor para Língua Brasileira de Sinais (Libras) para tirar dúvidas sobre vocabulário e vão contar com uma hora a mais de prova.
Ministério da Educação reforça segurança do Enem 2017
Provas acontecerão em dois domingos consecutivos. Inscrições para o Enem começam dia 8 de maio - taxa de inscrição é de R$ 82
Inscrições para Olimpíada de Matemática vão até o dia 31
A principal novidade deste ano é ampliação da competição com a participação de alunos das escolas particulares
Candidatos terão tradutor para Língua Brasileira de Sinais (Libras) para tirar dúvidas sobre vocabulário e vão contar com uma hora a mais de prova.
Enem 2017 será adaptado para surdos
Provas acontecerão em dois domingos consecutivos. Inscrições para o Enem começam dia 8 de maio - taxa de inscrição é de R$ 82
Ministério da Educação reforça segurança do Enem 2017
A principal novidade deste ano é ampliação da competição com a participação de alunos das escolas particulares
Inscrições para Olimpíada de Matemática vão até o dia 31

Últimas imagens

O Saeb é obrigatório para as escolas públicas e facultativo para as privadas
O Saeb é obrigatório para as escolas públicas e facultativo para as privadas
João Bittar/MEC
MEC já repassou R$ 1,9 bilhão para as instituições federais em 2017
MEC já repassou R$ 1,9 bilhão para as instituições federais em 2017
Wilson Dias/Agência Brasil
Propostas considerar mudanças ocorridas na legislação que regula a educação superior brasileira
Propostas considerar mudanças ocorridas na legislação que regula a educação superior brasileira
Divulgação/Prefeitura de Jaguariúna (SP)
Data é homenagem ao escritor Monteiro Lobato, nascido em 18 de abril de 1882
Data é homenagem ao escritor Monteiro Lobato, nascido em 18 de abril de 1882
Divulgação/Governo do Maranhão
Enade é um dos instrumentos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior
Enade é um dos instrumentos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital