Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2017 > 04 > Programa de Educação de Jovens e Adultos recebe recursos e abre novas turmas

Educação

Programa de Educação de Jovens e Adultos recebe recursos e abre novas turmas

Ensino Médio

Resolução garante continuidade do projeto. Cerca de R$ 90 milhões já estavam disponíveis para a iniciativa
por Portal Brasil publicado: 04/04/2017 14h10 última modificação: 04/04/2017 16h27
Arquivo/Agência Brasil A ação tem como base resolução, publicada na segunda-feira (3),pelo Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE)

A ação tem como base resolução, publicada na segunda-feira (3),pelo Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE)

Para dar continuidade ao programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), bem como ampliar o número de turmas, o governo federal destinará cerca de R$ 102 milhões em recursos para a iniciativa. 

Desse total, R$ 90 milhões já estavam disponíveis ao projeto nos estados, municípios e Distrito Federal. O Ministério da Educação (MEC) vai completar com mais R$ 12 milhões. A ação tem como base resolução, publicada na segunda-feira (03), pelo Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

De acordo com a titular da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do MEC, Ivana de Siqueira, o aporte visa atender à demanda urgente de 50 milhões de pessoas, em todo o Brasil, que ficaram de fora da educação básica – 43 milhões não terminaram o ensino fundamental e outros 7 milhões não concluíram o ensino médio.

“É uma situação de emergência e, por isso, mesmo na atual situação do País, em recessão, temos de pensar em quem está fora da escola”, observa Ivana. 

A resolução reafirma as prioridades da EJA, que são o público do programa Brasil Alfabetizado, para que possa seguir nos estudos. Populações quilombolas, indígenas e os que cumprem pena nas unidades prisionais de todo o País também serão beneficiados.

Ainda neste mês, o Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec) será aberto para que estados, municípios e o Distrito Federal possam aderir ao programa. 

O coordenador-geral da Educação de Jovens e Adultos da Secadi, Carlos Humberto Spezia, explica que todos os municípios que não ofertaram a educação de jovens e adultos têm a oportunidade de abrir novas turmas.

“A prefeitura vai informar ao FNDE o número de alunos a serem atendidos com base nos dados do Censo e receberá um valor por aluno para ofertar essa turmas”, disse. 

O recurso pode ser utilizado para o pagamento de material didático, alimentação, transporte e outros.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Olimpíada Brasileira de Astronomia conta com mais de 800 mil estudantes
Os melhores alunos podem ganhar a chance de representar o Brasil em torneios internacionais no Chile e na Tailândia
Senado aprova Reforma do Ensino Médio
Mais de 2 milhões de professores tomarão vacina contra a gripe gratuitamente
O Ministério da Saúde incluiu profissionais da rede pública quanto da particular na campanha de imunização contra gripe deste ano
Os melhores alunos podem ganhar a chance de representar o Brasil em torneios internacionais no Chile e na Tailândia
Olimpíada Brasileira de Astronomia conta com mais de 800 mil estudantes
Senado aprova Reforma do Ensino Médio
Senado aprova Reforma do Ensino Médio
O Ministério da Saúde incluiu profissionais da rede pública quanto da particular na campanha de imunização contra gripe deste ano
Mais de 2 milhões de professores tomarão vacina contra a gripe gratuitamente

Últimas imagens

Candidatos que participaram do Enem 2016 devem optar por dois cursos no momento da inscrição do Sisu
Candidatos que participaram do Enem 2016 devem optar por dois cursos no momento da inscrição do Sisu
Divulgação/Ministério da Educação
As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro
As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
O Celpe-Bras é a única certificação em língua portuguesa para estrangeiros reconhecida pelo governo brasileiro
O Celpe-Bras é a única certificação em língua portuguesa para estrangeiros reconhecida pelo governo brasileiro
Divulgação/MEC
Criadores já planejam formas de levar o produto ao mercado
Criadores já planejam formas de levar o produto ao mercado
Divulgação/MEC
Programa oferece qualificação profissional e inclusão econômica
Programa oferece qualificação profissional e inclusão econômica
Roberta Rocha/Ifal

Governo digital