Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2017 > 08 > Inscrições do Pronatec terminam nesta sexta-feira (18)

Educação

Inscrições do Pronatec terminam nesta sexta-feira (18)

Qualificação profissional

São mais de 500 mil vagas gratuitas, presenciais e a distância, em cursos de formação inicial e continuada e cursos técnicos
publicado: 17/08/2017 11h16 última modificação: 11/10/2017 11h03
Arquivo/Ministério da Educação Inscrições para 500 mil vagas gratuitas vão até 18 de agosto

Inscrições para 500 mil vagas gratuitas vão até 18 de agosto

As inscrições para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) – Oferta Voluntária terminam nesta sexta-feira (18). Nesta edição, são mais de 500 mil vagas, presenciais e a distância, em cursos de formação inicial e continuada.

Estudantes interessados devem se inscrever pelo Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). Podem se candidatar todos os cidadãos brasileiros com mais de 15 anos.

São 1.412 vagas para cursos técnicos, com aulas presenciais. Cerca de 570 vagas são para cursos de qualificação profissional, sendo 190 presenciais. As aulas terão início a partir do dia 28 de agosto.

Os cursos, com duração mínima de 160 horas, são oferecidos por instituições privadas de educação profissional e tecnológica, de forma voluntária, e englobam as mais diversas áreas. Cada modalidade segue critérios específicos.

Formação profissional

O Pronatec Oferta Voluntária é uma iniciativa do Ministério da Educação que visa a ampliar a oferta gratuita de formação profissional.

“O objetivo principal é deixar os cidadãos habilitados a participar das vagas de emprego”, explica o diretor de articulação e expansão das redes de educação profissional e tecnológica do MEC, Geraldo Andrade de Oliveira.

Segundo Oliveira, há muitos empregos disponíveis no mercado que não são preenchidos pela falta de qualificação dos candidatos. “Mesmo quem já está empregado vai conseguir desenvolver melhor o seu papel estando qualificado. Além disso, quem está desempregado ou está querendo entrar no mercado de trabalho também vai conseguir essa oportunidade.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Base Nacional Comum Curricular alinha o Brasil aos melhores sistema educacionais do mundo
Com a mudança, o país se alinha aos melhores sistemas educacionais do mundo
Base Nacional Comum Curricular é homologada
Presidente Michel Temer homologou a Base Nacional Comum Curricular. Documento é considerado um avanço por especialistas em educação
Presidente Michel Temer sanciona lei do novo FIES
Uma das novidades é que recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento vão ser destinados para os financiamentos estudantis
Com a mudança, o país se alinha aos melhores sistemas educacionais do mundo
Base Nacional Comum Curricular alinha o Brasil aos melhores sistema educacionais do mundo
Presidente Michel Temer homologou a Base Nacional Comum Curricular. Documento é considerado um avanço por especialistas em educação
Base Nacional Comum Curricular é homologada
Uma das novidades é que recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento vão ser destinados para os financiamentos estudantis
Presidente Michel Temer sanciona lei do novo FIES

Últimas imagens

Mudanças no programa beneficiam quem mais precisa e garantem recursos para manter o financiamento estudantil
Mudanças no programa beneficiam quem mais precisa e garantem recursos para manter o financiamento estudantil
Arquivo/Agência Brasil
Encceja PPL
Arquivo/Agência Brasil
Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Provas serão aplicadas em 12 e 13 de dezembro em todo o País, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Grau de dificuldade da prova é equivalente ao do Enem regular
Foto: André Nery/MEC
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Provas serão aplicadas em 19 de novembro, para público geral; e em 19 e 20 de dezembro para pessoas privadas de liberdade
Foto: André Nery/MEC
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Ministro da Educação participou de coletiva de imprensa neste domingo (12), quando foi dado balanço da aplicação
Reprodução/NBR

Governo digital