Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2010 > 09 > BNDES libera os primeiros empréstimos para estádios da Copa do Mundo

Esporte

BNDES libera os primeiros empréstimos para estádios da Copa do Mundo

por Portal Brasil publicado: 23/09/2010 11h40 última modificação: 28/07/2014 11h16
Marco Duwe e Class Schulirz Projeto para o novo estádio Fonte Nova, Salvador (BA)

Projeto para o novo estádio Fonte Nova, Salvador (BA)

Bahia, Mato Grosso e Ceará, cujas capitais estão entre as 12 cidades que irão sediar os jogos da Copa do Mundo de Futebol de 2014, são os primeiros estados que receberão recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com anúncio feito na quarta-feira (22) pelo banco, os três estados receberão um total de R$ 1,068 bilhão.


O programa foi criado em fevereiro deste ano para financiar a construção ou reforma de estádios e tem dotação de cerca de R$ 4,8 bilhões, com limite de R$ 400 milhões por cidade-sede.


Para a Bahia serão repassados R$ 323,6 milhões. O financiamento será aplicado na demolição e reconstrução do estádio da Fonte Nova. O novo estádio terá capacidade para 50.273 espectadores e o prazo para conclusão da obra é dezembro de 2012.


No Ceará, o financiamento é para a reforma do estádio Castelão que terá capacidade para 66.500 torcedores. O empréstimo do banco é de R$ 351,5 milhões. As obras devem ser concluídas em dezembro de 2012.


Em Mato Grosso, o financiamento é de R$ 393 milhões. O projeto envolve a construção da Arena Multiuso Pantanal, em Cuiabá, com capacidade para 42 mil espectadores. O conceito do estádio permite que parte das arquibancadas seja removida ao final do certame e reinstalada em outros estádios ou empreendimentos, reduzindo a capacidade para 27 mil espectadores, com diminuição do custo de manutenção.


O empréstimo aprovado pelo banco para os três estados corresponde a 46% do investimento total no caso da Bahia, 75% no Ceará e 74% no Mato Grosso.


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais de dois milhões de ingressos foram vendidos na Paralimpíada
O público atingiu o total de 167 mil pessoas em um só dia no Parque Olímpico da Barra. Esse registro é maior que o recorde da olimpíada.
Brasil fica em oitavo lugar no quadro de medalhas na Paralímpiada Rio 2016
O Brasil conquistou 14 medalhas de ouro, 29 de prata e 29 de bronze na Paralímpiada Rio 2016. Todos os atletas medalhistas recebem incentivos do governo federal.
Governo apresenta balanço das Paralimpíadas
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, considerou positiva a participação do Brasil na competição. Picciani fez um balanço da Paralimpíada neste domingo (18)
O público atingiu o total de 167 mil pessoas em um só dia no Parque Olímpico da Barra. Esse registro é maior que o recorde da olimpíada.
Mais de dois milhões de ingressos foram vendidos na Paralimpíada
O Brasil conquistou 14 medalhas de ouro, 29 de prata e 29 de bronze na Paralímpiada Rio 2016. Todos os atletas medalhistas recebem incentivos do governo federal.
Brasil fica em oitavo lugar no quadro de medalhas na Paralímpiada Rio 2016
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, considerou positiva a participação do Brasil na competição. Picciani fez um balanço da Paralimpíada neste domingo (18)
Governo apresenta balanço das Paralimpíadas

Últimas imagens

Em Londres, os atletas paralímpicos brasileiros alcançaram a sétima posição no ranking geral da competição
Em Londres, os atletas paralímpicos brasileiros alcançaram a sétima posição no ranking geral da competição
Divulgação/EBC
Natação brasileira (foto) foi o segundo esporte que mais subiu ao pódio na Turquia; representação do País contou com 230 atletas
Natação brasileira (foto) foi o segundo esporte que mais subiu ao pódio na Turquia; representação do País contou com 230 atletas
Divulgação/CBDE
Local será aberto para a chegada dos atletas em 24 de julho; obra é a mais complexa dos Jogos
Local será aberto para a chegada dos atletas em 24 de julho; obra é a mais complexa dos Jogos
Divulgação/Brasil 2016
A preparação do time verde e amarelo será feita na Granja Comary, a partir do dia 18 de julho.
A preparação do time verde e amarelo será feita na Granja Comary, a partir do dia 18 de julho.
Foto: Rafael Ribeiro / CBF
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, participaram da reunião de revisão de projeto do megaevento, realizada na última quarta-feira (15)
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, participaram da reunião de revisão de projeto do megaevento, realizada na última quarta-feira (15)
Foto: Roberto Castro/brasil2016.gov.br/ME

Governo digital