Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2011 > 08 > Grupo debate políticas públicas para Copa

Esporte

Grupo debate políticas públicas para Copa

por Portal Brasil publicado: 17/08/2011 18h00 última modificação: 28/07/2014 14h00

O Grupo Executivo de Acompanhamento das Ações relativas à Preparação e à Realização da Copa do Mundo 2014 (Gecopa) participa nesta quinta-feira (18), em Brasília, do lançamento da Câmara da Transparência, espaço criado no âmbito do governo federal para discussão de políticas públicas e soluções técnicas de temas relativos à Copa do Mundo de 2014.

A câmara será coordenada pelo Ministério dos Esportes e pela Controladoria-Geral da União (CGU). Segundo a coordenadora substituta do Gecopa, Teresa Cristina de Melo Costa, a iniciativa "é um trabalho com poucos precedentes, pois identificamos e solucionamos possíveis problemas jurídicos já na origem, o que por um lado evita questionamentos judiciais e, por outro, diminui o tempo e a distância entre a idealização e a realidade". 

Além da Câmara da Transparência, já estão em funcionamento ações que tratam de infraestrutura; estádios; segurança, saúde; meio ambiente e sustentabilidade; desenvolvimento turístico; proteção comercial e tecnológica; cultura, educação e ação social.

Na solenidade nesta quinta, também será apresentado o Portal da Transparência, além de outras formas de contribuição e envolvimento das cidades e estados - que serão sedes da Copa -, para divulgação e acompanhamento dos investimentos referentes ao mundial de futebol.


Fonte:
CGU

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais de dois milhões de ingressos foram vendidos na Paralimpíada
O público atingiu o total de 167 mil pessoas em um só dia no Parque Olímpico da Barra. Esse registro é maior que o recorde da olimpíada.
Brasil fica em oitavo lugar no quadro de medalhas na Paralímpiada Rio 2016
O Brasil conquistou 14 medalhas de ouro, 29 de prata e 29 de bronze na Paralímpiada Rio 2016. Todos os atletas medalhistas recebem incentivos do governo federal.
Governo apresenta balanço das Paralimpíadas
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, considerou positiva a participação do Brasil na competição. Picciani fez um balanço da Paralimpíada neste domingo (18)
O público atingiu o total de 167 mil pessoas em um só dia no Parque Olímpico da Barra. Esse registro é maior que o recorde da olimpíada.
Mais de dois milhões de ingressos foram vendidos na Paralimpíada
O Brasil conquistou 14 medalhas de ouro, 29 de prata e 29 de bronze na Paralímpiada Rio 2016. Todos os atletas medalhistas recebem incentivos do governo federal.
Brasil fica em oitavo lugar no quadro de medalhas na Paralímpiada Rio 2016
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, considerou positiva a participação do Brasil na competição. Picciani fez um balanço da Paralimpíada neste domingo (18)
Governo apresenta balanço das Paralimpíadas

Últimas imagens

O levantamento de pesos é uma modalidade olímpica com duas provas: arranco e arremesso
O levantamento de pesos é uma modalidade olímpica com duas provas: arranco e arremesso
Fernando Frazão/ Agência Brasil
Brasileiros e estrangeiros tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre nossa cultura, esporte, turismo e possibilidades de negócios
Brasileiros e estrangeiros tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre nossa cultura, esporte, turismo e possibilidades de negócios
Divulgação/Ministério do Turismo
O Centro de Cooperação Policial Internacional contou com a colaboração de policiais de 55 países
O Centro de Cooperação Policial Internacional contou com a colaboração de policiais de 55 países
Emília Andrade/Brasil2016
Em Londres, os atletas paralímpicos brasileiros alcançaram a sétima posição no ranking geral da competição
Em Londres, os atletas paralímpicos brasileiros alcançaram a sétima posição no ranking geral da competição
Divulgação/EBC
Natação brasileira (foto) foi o segundo esporte que mais subiu ao pódio na Turquia; representação do País contou com 230 atletas
Natação brasileira (foto) foi o segundo esporte que mais subiu ao pódio na Turquia; representação do País contou com 230 atletas
Divulgação/CBDE

Governo digital