Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2012 > 07 > Divulgado Planejamento Estratégico de Segurança para Copa do Mundo 2014

Esporte

Divulgado Planejamento Estratégico de Segurança para Copa do Mundo 2014

por Portal Brasil publicado: 25/07/2012 13h35 última modificação: 28/07/2014 16h59
Divulgação/Ministério da Justiça Organização das ações de acordo com os possíveis riscos

Organização das ações de acordo com os possíveis riscos

As diretrizes gerais de segurança do Planejamento Estratégico para a Copa do Mundo 2014 foram divulgadas na terça-feira (24) e oferece suporte para que sejam definidos os planos táticos e operacionais das 12 cidades-sede, de acordo com as peculiaridades de cada local. O objetivo é reforçar a segurança pública usando equipamentos, tecnologias e serviços de inteligência de forma integrada entre as instituições.

O plano de segurança do mundial será testado na Copa das Confederações de 2013. “Os jogos, do ponto de vista da segurança, têm a mesma importância para o País. Por isso, é hora de pegar o plano, os equipamentos, fazer um grande teste, afinar o que tem que ser melhorado e manter o que está dando certo”, explica o secretário extraordinário de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça, Valdinho Jacinto Caetano.

O documento, apesar de estar em constante construção, cita o efetivo de segurança a ser utilizado nos grandes eventos, de que forma as forças de segurança vão trabalhar, quais os equipamentos e tecnologias devem ser adquiridos.

A Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge) tem promovido encontros com forças de segurança de outros países que já passaram pela experiência de organizar grandes eventos, como Reino Unido, Estados Unidos e Alemanha. Nesta semana, haverá um curso em Washington, nos Estados Unidos, com a presença de representantes dos 12 estados com jogos da Copa e órgão federais.

 

Investimentos

O orçamento da secretaria é de R$ 1,17 bilhão para investir em equipamentos dos Centros de Comando e Controle, em delegacias móveis, barcos, câmeras, softwares, além de treinamento e capacitação.

Os investimentos em segurança ainda serão pactuados entre União, estados e municípios para integrar a Matriz de Responsabilidade da Copa do Mundo. As contrapartidas locais serão a estrutura física dos Centros de Comando e Controle, além dos efetivos policiais, viaturas e demais equipamentos.

Confira a íntegra do documento.

Leia mais:

Manaus promove treinamento de 500 policiais para Copa 2014

Câmara da Saúde planejamento de ações de saúde e segurança na Copa 2014

Policiais estrangeiros darão suporte ao esquema de segurança na copa

 

Fonte:
Ministério do Esporte



Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais de 180 atletas receberão a Bolsa Pódio
Ministério do Esporte anuncia primeira lista de beneficiados. Subsídios variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Ministério do Esporte anuncia primeira lista de beneficiados. Subsídios variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil
Mais de 180 atletas receberão a Bolsa Pódio
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas

Últimas imagens

Manutenção da bolsa foi uma das prioridades do Ministério da Educação
Manutenção da bolsa foi uma das prioridades do Ministério da Educação
Francisco Medeiros/Ministério da Educação
Serão concedidas bolsas entre R$ 5 mil e R$ 15 mil para atletas de 17 modalidades olímpicas e paralímpicas
Serão concedidas bolsas entre R$ 5 mil e R$ 15 mil para atletas de 17 modalidades olímpicas e paralímpicas
Foto: Gabriel Heusi/ brasil2016.gov.br
Atletas dos principais clubes do Brasil foram escolhidas pela comissão técnica da seleção brasileira
Atletas dos principais clubes do Brasil foram escolhidas pela comissão técnica da seleção brasileira
Foto: Rafael Bello/COB
É o primeiro ouro em etapas internacionais da dupla Ágatha e Duda, que já tinha uma prata
É o primeiro ouro em etapas internacionais da dupla Ágatha e Duda, que já tinha uma prata
Marco Antônio Teixeira/CBV
Número 7 do mundo, Érika Miranda (de azul) chegou ao quarto título de Grand Slam
Número 7 do mundo, Érika Miranda (de azul) chegou ao quarto título de Grand Slam
Foto: Gabriela Sabau/IJF

Governo digital