Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2012 > 08 > Divulgadas imagens do andamento das obras nos estádios brasileiros

Esporte

Divulgadas imagens do andamento das obras nos estádios brasileiros

por Portal Brasil publicado: 03/08/2012 19h21 última modificação: 28/07/2014 16h59
Exibir carrossel de imagens Portal da Copa O Estádio Castelão será sede de três partidas da Copa das Confederações de 2013 e outras seis da Copa do Mundo de 2014

O Estádio Castelão será sede de três partidas da Copa das Confederações de 2013 e outras seis da Copa do Mundo de 2014

As obras dos estádios têm investimento previsto de R$ 6,8 bilhões

 

Foram divulgadas, nesta sexta-feira (3), imagens das obras e intervenções nas 12 arenas da Copa do Mundo da Fifa 2014. As obras dos estádios têm investimento previsto de R$ 6,8 bilhões e empregam cerca de 19.043 trabalhadores. Fortaleza, Salvador, Brasília e Belo Horizonte já ultrapassaram 50% de realização dos empreendimentos. Os estádios de Recife e do Rio de Janeiro serão entregues para a Copa das Confederações, que acontecerá em junho de 2013. 

 

Belo Horizonte – Estádio Mineirão

A reforma da arena, que será palco de três partidas da Copa das Confederações de 2013 e de outras seis da Copa do Mundo de 2014, tem previsão de entrega para dezembro deste ano. Atualmente, 99% das arquibancadas e da esplanada já foram fabricadas e 95% dessas peças foram instaladas. A arquibancada inferior está 80% finalizada e as instalações do novo fosso de segurança estão 95% concluídas. O Mineirão terá capacidade para 64 mil torcedores e investimento de R$ 695 milhões, sendo R$ 400 milhões de financiamento federal. O estádio terminou julho com 70% das obras concluídas.


Natal - Arena das Dunas

O estádio da capital do Rio Grande do Norte ganhou em agosto um quarto turno de trabalho, com um total de 1,1 mil operários. A medida é parte de um plano para acelerar a construção e fazer com que a execução chegue a 50% em dezembro de 2012. Em 30 de junho, a medição era de 26.85% e se aproximou dos 30% no fim de julho. A arena sediará quatro jogos durante a primeira fase da Copa do Mundo, incluindo o cabeça-de-chave do Grupo D.

 

Brasília - Estádio Nacional Mané Garrincha

Na capital federal irá acontecer a abertura da Copa das Confederações em 2013. A arena está com 100% da arquibancada superior fabricada, sendo que 56% deles já foram instalados. O vão da arquibancada intermediária está concluído e o setor, que conta com os camarotes, entra em fase de acabamento (98%). Já as arquibancadas inferiores estão com 98% dos vãos completos. Palco de sete jogos da Copa do Mundo de 2014, a arena terá capacidade para 70 mil espectadores e está orçada em R$ 812,2 milhões, sem financiamento federal. O estádio está com 69% das obras finalizadas.

 

Cuiabá – Arena Pantanal

A capital matogrossense será sede de quatro partidas da Copa do Mundo de 2014. No setor oeste, está em andamento a construção das arquibancadas superiores, das torres de elevadores e escadas e a alvenaria dos banheiros. As estruturas metálicas dos setores norte e sul estão montadas. Os quatro pórticos, torres que darão sustentação à cobertura, uma em cada ponta da arena, atingiram 33% de conclusão. A capacidade do estádio será de 43 mil torcedores. O investimento é de R$ 518,9 milhões, com R$ 285 milhões de financiamento federal. O estádio já concluiu 46% das obras.

 

Curitiba - Arena da Baixada

Curitiba receberá quatro jogos da Copa do Mundo de 2014 e a reforma alcançou 14,3% no fim de julho. Isso somado à estrutura resulta em 45% da ação prevista para o Mundial. Atualmente, os trabalhos se concentram na concretagem de seis blocos que sustentarão a estrutura do segundo anel do estádio. A arena terá capacidade para 41 mil espectadores, com investimento de R$ 234 milhões, sendo R$ 123 milhões via financiamento federal. A previsão de conclusão das obras é junho de 2013.

 

Fortaleza - Estádio Castelão

O estádio de Fortaleza terminou julho com 83% do projeto finalizado. Sede de três partidas da Copa das Confederações de 2013 e outras seis da Copa do Mundo de 2014, a obra está em estágio avançado e as tesouras treliçadas, que dão sustentação à cobertura, estão 70% concluídas. Com previsão de entrega para dezembro deste ano, a arena terá capacidade para 67 mil pessoas e investimento de R$ 518,6 milhões, sendo 351,5 milhões de financiamento federal.

 

Manaus - Arena da Amazônia

As obras do estádio de Manaus, sede de quatro jogos da Copa do Mundo, atingiram 42% de conclusão em julho. O anel inferior das arquibancadas está em fase final de conclusão. A arena terá capacidade para 44 mil torcedores e está orçada em R$ 532,2 milhões, sendo R$ 400 milhões de financiamento federal. A conclusão das obras está prevista para dezembro de 2013.

 

Porto Alegre – Beira-Rio

Sede de cinco partidas no Mundial, incluindo um dos confrontos das oitavas-de-final, o Beira-Rio chega a agosto com 31% da reforma concluída. A construção das arquibancadas inferiores pré-moldadas foi finalizada em um dos quadrantes. A remoção da marquise chegou a 25%. A previsão é de que o estádio seja entregue em dezembro de 2013. A capacidade será de 52 mil pessoas.

 

Recife – Arena Pernambuco

O estádio da capital pernambucana atingiu, no fim de junho, 48,6% de conclusão. A meta é que a construção avance 6% por mês, tendo em vista o prazo de conclusão para que o estádio receba três partidas da Copa das Confederações, em 2013. Os primeiros contêineres com 25% da cobertura, importada da Espanha, estão no Porto de Suape. A construção conta com 4.050 operários.

 

Rio de Janeiro - Maracanã

A última medição oficial realizada no Maracanã, feita em 30 de junho, registrou avanço de 59% na reforma do estádio que sediará as finais da Copa das Confederações e do Mundial, em 2014. A alvenaria dos 231 banheiros está praticamente concluída. A instalação do anel de compressão, que vai sustentar a lona tensionada chegou a 56,7%. A nova cobertura vai proteger 75 mil dos 79 mil lugares.

 

Salvador - Arena Fonte Nova

Com três partidas previstas para a Copa das Confederações, em 2013, e outras seis para o Mundial, o estádio chegou a 65% de avanço físico. A obra tem a fase de montagem da superestrutura praticamente encerrada. O anel de compressão da cobertura está 75% pronto e o edifício garagem tem 80% das fundações terminadas. As instalações hidráulicas, elétricas e de TI estão em 39% e a montagem da tenso-estrutura da cobertura chegou a 15%.

 

São Paulo – Arena do Corinthians

A construção do palco da abertura da Copa alcançou 45,17% de conclusão no fim de julho. Um guindaste com capacidade de 1,5 mil tonelada e lança de 114 metros está no canteiro e será usado na montagem da estrutura metálica da cobertura. As arquibancadas começaram a receber os degraus. O setor mais avançado é o Leste, em fase de finalização. No Oeste, onde ficarão os camarotes, as estruturas começaram a ser montadas no alto da obra.

 

Leia mais:

Arenas da Copa 2014 terão certificação ambiental

Comitê da Copa 2014 divulga valores, prazos de entrega e andamento das obras nas arenas

Estádio Mané Garrincha recebe última visita programada do comitê organizador

Sorteio da Copa do Mundo será em dezembro de 2013 na Bahia

 

Fonte:
Portal da Copa

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Governo promove inclusão social pelo esporte
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Governo promove inclusão social pelo esporte

Últimas imagens

Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Foto: Rogério Vital/Ministério do Esporte
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Divulgação/CBDU
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Divulgação/Federação Int. de Canoagem
Henrique Martins, da natação, ficou em terceiro lugar nos 100 metros borboleta – a décima medalha brasileira no torneio
Henrique Martins, da natação, ficou em terceiro lugar nos 100 metros borboleta – a décima medalha brasileira no torneio
Divulgação/CBDU
Tamires Crude garantiu o bronze na categoria até 57kg, e Eleudis Valentin, a prata na categoria até 52kg
Tamires Crude garantiu o bronze na categoria até 57kg, e Eleudis Valentin, a prata na categoria até 52kg
Arquivo/CBDU

Governo digital