Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2012 > 12 > Seleção Brasileira enfrentará Japão na abertura da Copa das Confederações

Esporte

Seleção Brasileira enfrentará Japão na abertura da Copa das Confederações

por Portal Brasil publicado: 03/12/2012 12h38 última modificação: 28/07/2014 17h00
Divulgação/Empresa Brasil de Comunicação Grupos foram definidos após o sorteio realizado pela Fifa, em São Paulo

Grupos foram definidos após o sorteio realizado pela Fifa, em São Paulo

O sorteio dos grupos foi feito no último sábado (1º), em São Paulo, pela Fifa 

 

A Seleção Brasileira enfrentará o Japão em sua estreia na Copa das Confederações de 2013. O jogo será o de abertura do campeonato e acontecerá no dia 15 de junho, a partir das 16h, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, Distrito Federal. O sorteio dos grupos foi feito no último sábado (1º), pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), em São Paulo. A presidenta Dilma Rousseff participou do sorteio.

“Para nós, vencer a Copa das Confederações dentro de campo será uma missão. Também temos a obrigação de vencê-la fora do campo construindo todas as condições para realizar uma Copa das Confederações inesquecível pela excelência dos estádios, pela organização do evento e pela acolhida alegre e profissional que daremos”, afirmou a presidenta.

A segunda partida do Brasil será no dia 19 de junho, também às 16h, no Estádio Castelão, em Fortaleza, Ceará, contra a seleção do México. O terceiro e último jogo da fase de grupos será contra a Itália, na Arena Fonte Nova, em Salvador, Bahia, no dia 22 de junho, às 16h.

 

Se conseguir se classificar como primeiro lugar do grupo A, o Brasil disputará a semifinal no Mineirão, em Belo Horizonte, contra o segundo colocado do Grupo B, que terá Espanha, Uruguai, Taiti e o vencedor da Copa Africana de Nações, cujo campeão será definido em fevereiro de 2013. O duelo será no dia 26 de junho, a partir das 16h. Caso a seleção fique na segunda posição da chave, o confronto diante do vencedor do outro grupo será em Fortaleza, dia 27 de junho, às 16h.

A decisão será realizada no Maracanã, Rio de Janeiro, no dia 30 de junho, a partir das 19h. Se o Brasil não conseguir chegar à final, só terá outra chance de disputar um jogo oficial no novo Maracanã durante a Copa do Mundo 2014. A disputa pelo terceiro lugar da Copa das Confederações também será no dia 30 de junho, mas em Salvador, às 13h.

 

Chaves

Os grupos da Copa das Confederações de 2013 foram definidos após o sorteio realizado pela Fifa. Além de Brasil e Japão, que farão o jogo de abertura da competição, integram o Grupo A as seleções de México e Itália.

Além de definir os integrantes das chaves, o sorteio, conduzido pelo secretário-geral da federação, Jérôme Valcke, serviu para determinar as posições das equipes nos grupos e, assim, a ordem dos confrontos nas chaves, com os locais e horários definidos anteriormente.

Depois da abertura em Brasília, Itália e México se enfrentam em 16 de junho, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, Espanha encara o Uruguai, em Recife. E Taiti x Representante da África, se enfrentam em Belo Horizonte.

 

Ingressos

A segunda fase da venda oficial de ingressos para a Copa das Confederações teve início nesta segunda-feira (3), às 9h, para todas as faixas de preço, incluindo os da categoria 4, que é exclusiva para brasileiros.

Durante esta fase, que vai até o dia 15 de janeiro de 2013, todas as solicitações terão chances iguais de serem atendidas, já que farão parte de um sorteio eletrônico. Não vale a ordem de chegada.

 

Cidades-sede

No último dia 8 de novembro, foram anunciadas as seis cidades-sede da Copa das Confederações de 2013, confirmando as capitais Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Brasília, Salvador e o Recife.

Segundo a Dilma Rousseff, as cidades-sede da Copa estão prontas para a competição e o Brasil se preparou bem para fazer um excelente evento esportivo. “Vamos mostrar em junho de 2013 que o Brasil tem todas as condições de fazer a Copa de 2014. Vamos fazer da Copa de 14 a mais bem organizada e alegre de todos os tempos”.

 

Fonte:
Ministério do Esporte
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo promove inclusão social pelo esporte
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Lei de Incentivo ao Esporte completa dez anos
Regra viabilizou investimento de R$ 1,87 bilhão em projetos de lazer, educação e esporte de alto rendimento
Parque Olímpico da Barra é legado dos Jogos Olímpicos
Espaço de 1,18 milhões de metros quadrados conta com velódromo, estádio aquático e centro de tênis
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Governo promove inclusão social pelo esporte
Regra viabilizou investimento de R$ 1,87 bilhão em projetos de lazer, educação e esporte de alto rendimento
Lei de Incentivo ao Esporte completa dez anos
Espaço de 1,18 milhões de metros quadrados conta com velódromo, estádio aquático e centro de tênis
Parque Olímpico da Barra é legado dos Jogos Olímpicos

Últimas imagens

Etiene ficou 0s01 à frente da atleta chinesa Yuanhui Fu
Etiene ficou 0s01 à frente da atleta chinesa Yuanhui Fu
Satiro Sodré/CBDA
Cerca de 100 jogadores já foram submetidos em dias sem jogos
Cerca de 100 jogadores já foram submetidos em dias sem jogos
Roberto Castro/Ministério do Esporte
Nas semifinais dos 50m costas, Etiene Medeiros bateu o recorde das Américas e o melhor tempo para a final
Nas semifinais dos 50m costas, Etiene Medeiros bateu o recorde das Américas e o melhor tempo para a final
Divulgação/CBDA
Atleta esteve desde 2008 na elite da natação, mas ainda não tinha alcançado o pódio mundial
Atleta esteve desde 2008 na elite da natação, mas ainda não tinha alcançado o pódio mundial
Divulgação/CBDA
Dos brasileiros, 24 foram finalistas em pelo menos uma prova. Rodrigo Parreira ganhou dois bronzes nos 200m
Dos brasileiros, 24 foram finalistas em pelo menos uma prova. Rodrigo Parreira ganhou dois bronzes nos 200m
Fotos: Daniel Zappe/CPB

Governo digital