Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2013 > 04 > Arena Fonte Nova é inaugurada nesta sexta-feira (5) em Salvador (BA)

Esporte

Arena Fonte Nova é inaugurada nesta sexta-feira (5) em Salvador (BA)

por Portal Brasil publicado: 05/04/2013 11h23 última modificação: 30/07/2014 00h09
Exibir carrossel de imagens Divulgação/Portal da Copa Arena fonte Nova - Infográfico

Arena fonte Nova - Infográfico

Salvador é a terceira cidade-sede dos jogos da Copa a ter o estádio inaugurado, depois de Fortaleza (Arena Castelão) e de Belo Horizonte (Estádio Mineirão)

 

A Arena Fonte Nova foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (5), em Salvador (BA). O estádio sediará jogos da Copa das Confederações 2013, em junho, e também da Copa do Mundo, em 2014. As obras começaram em junho de 2010 e incluíram a demolição do antigo estádio, reconstrução da arena e construção de edifício garagem. 

Salvador é a terceira cidade-sede a ter o estádio inaugurado, depois de Fortaleza (Arena Castelão) e de Belo Horizonte (Estádio Mineirão). 

O estádio, que custou R$ 591,7 milhões, tem capacidade para 55 mil torcedores, com 5 mil assentos móveis, 70 camarotes, restaurante panorâmico e 2,5 mil vagas de estacionamento. 

Do total de investimentos, R$ 323,6 milhões foram financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômica e Social (BNDES) e R$ 268,1 milhões são recursos estaduais. A gestão do estádio será feita, nos próximos 35 anos, pelas empresas OAS e Odebrecht, que fizeram a obra.

A presidenta Dilma Rousseff, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o governador da Bahia, Jaques Wagner, e o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto participaram da inauguração, que começou às 10h da manhã. 

 

Jogos

O primeiro jogo inaugural na Arena Fonte acontece no próximo domingo (7), num clássico entre os dois principais times de Salvador, Bahia e Vitória, válido pelo Campeonato Baiano, a partir das 16h. Antes do jogo, haverá uma programação cultural com direito a apresentações de Ivete Sangalo e Cláudia Leitte. 

Em 28 de abril, a segunda edição do clássico no Estadual será o evento-teste oficial da arena antes da Copa das Confederações. Nessa ocasião, profissionais do Comitê Organizador Local (COL) acompanharão detalhes da operação. Para controlar a arena são necessárias cerca de 1.800 pessoas.

 A Arena Fonte Nova receberá seis jogos da Copa do Mundo de 2014 e três da Copa das Confederações. Em 20 de junho, a Nigéria e o Uruguai se enfrentam pelo grupo B e, em 22 de junho, a Seleção Brasileira joga contra a Itália, pelo grupo A. Em 30 de junho, último dia da competição, o estádio recebe a disputa do terceiro lugar.



Características

Batizado de Octávio Mangabeira, nome do governador baiano que idealizou a construção, o estádio foi inaugurado pela primeira vez em 1951 e ficou mais conhecido como Fonte Nova. Apesar de implodido em 29 de agosto de 2010, o projeto original foi mantido, inclusive, com a chamada “abertura da ferradura”. A parte sul da Fonte Nova mede 42 metros de altura e conta com um vão aberto, voltado para o 

Dique do Tororó, único manancial natural da cidade, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Entre as diversas etapas do projeto, mais de 10 mil pessoas estiveram envolvidas desde a implosão da antiga estrutura, edificação do novo equipamento até chegar à atual fase de preparação para a operação. Foram mais de dois anos e meio de obras, que chegaram a ter 4.500 trabalhadores simultâneos. 

A Fonte Nova está posicionada em um terreno de 116 mil m² e tem uma área construída de 90 mil m². O edifício tem dez níveis e três anéis de arquibancadas (inferior, intermediária e superior). São quatro pavimentos de garagem, outro com vestiários, zona mista e salas para coletivas de imprensa, um nível para circulação geral, um para lounge premium, um para camarotes, além de um patamar para lounge de imprensa e outro para as cabines de TV.

A arquibancada ficou mais próxima do campo e está com inclinação maior em relação ao antigo estádio, garantindo visibilidade total do gramado. Camarotes, lounges VIP’s, assentos acolchoados, restaurantes, telões e estacionamento coberto são algumas outras novidades.

Os usuários da arena ainda terão dois telões, atrás de cada gol, com 100 m² (dimensões de 12,2m x 8,2m), 578 polegadas, em alta resolução. Com uma inclinação de 15º para o campo, os telões são visíveis em todos os setores. Um sistema de som será usado para transmitir com nitidez as informações e dados de voz aos torcedores.

Haverá 40 quiosques, para alimentos, espalhados pela arena. Cozinhas satélites darão apoio aos lounges VIP e aos 70 camarotes, que contarão com serviços especiais. Os locais são climatizados, mobiliados, decorados e com sanitários privativos. A cada quatro assentos nessa área, há uma vaga reservada de estacionamento. A Fonte Nova conta no total com 2.450 vagas de estacionamento, sendo duas mil cobertas.

O estádio foi projetado com redução do consumo de materiais e energia em todo o processo de construção. A reutilização de 100% do concreto e aço do antigo estádio,o reaproveitamento da água da chuva, a utilização de energia solar estão entre as iniciativas de sustentabilidade ambiental do novo estádio.

 

 

Fonte:
Ministério do Esporte 
Portal da Copa
Com informações da Agência Brasil 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil