Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2013 > 06 > Seminário debate políticas públicas de esporte e lazer para mulheres

Esporte

Seminário debate políticas públicas de esporte e lazer para mulheres

por Portal Brasil publicado: 11/06/2013 18h50 última modificação: 30/07/2014 00h06
EBC Diversas linhas de ação ligadas ao esporte e ao lazer estão no Plano Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres (PNPM)

Diversas linhas de ação ligadas ao esporte e ao lazer estão no Plano Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres (PNPM)

Objetivo do encontro é colher contribuições para elaborar novas ações em torno do tema


A poucos dias do início da Copa das Confederações 2013, a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e o Ministério do Esporte anunciam a abertura das inscrições para o seminário “Mulheres, Esporte e Lazer e Políticas Públicas”, que podem ser feitas até 24 de junho.

O encontro, que contará com a presença da ministra Eleonora Menicucci (SPM) e do ministro Aldo Rebelo (Esporte) na solenidade de abertura, acontecerá nos dias 3 e 4 de julho, em Brasília (DF). 

De acordo com a coordenadora-geral de Esportes da SPM Beatriz Gregory, em 2012 foram introduzidas diversas linhas de ação ligadas ao esporte e ao lazer no Plano Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres (PNPM), para a criação de políticas públicas relacionadas ao tema. A ideia do seminário é colocar este debate em prática. 

“O esporte e o lazer são vivenciados de formas diferentes para homens e mulheres na nossa sociedade. O mundo do esporte ainda é altamente masculino, tanto em relação a oportunidades e patrocínio para mulheres atletas, quanto à profissionalização das mulheres no esporte. O nosso intuito é discutir meios de quebrar os estereótipos existentes”, explica Beatriz Gregory.

 

Quem pode se inscrever


O público-alvo do evento é composto por gestores públicos de políticas para as mulheres e para o esporte, pesquisadoras e pesquisadores de temas ligados às duas áreas, atletas e ex-atletas, profissionais do esporte e confederações e outras organizações ligadas ao esporte e às questões de gênero.

Os interessados podem fazer sua inscrição por meio do e-mail mulheres.esportelazer@spmulheres.gov.br. O interessado deve informar o nome, a instituição, o cargo/função e o interesse em participar do seminário. As vagas são limitadas e a confirmação será encaminhada por correio eletrônico. 

Serão discutidos os seguintes temas: 

Políticas Públicas de Esporte e Lazer: cidadania, qualidade de vida, desenvolvimento humano e inclusão social para as mulheres brasileiras;

Esporte de Alto Rendimento: igualdade de condições e de oportunidades para mulheres e homens; 

Profissionalização no esporte: mulheres atletas, árbitras, técnicas, treinadoras e gestoras e

Grandes Eventos Esportivos: desafios e oportunidades para as mulheres.

Para Gregory, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas 2016 trazem grandes oportunidades, não só de trabalho para mulheres, como também de levar este debate para a sociedade. 

“Ao final do seminário nós teremos grupos de discussão em torno de todos os temas. Queremos ouvir dos participantes contribuições para o aprimoramento das políticas públicas em torno do esporte e lazer para mulheres”, afirma.

Conheça a programação completa aqui.

 

Fontes:

Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM)

Ministério do Esporte

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais de 180 atletas receberão a Bolsa Pódio
Ministério do Esporte anuncia primeira lista de beneficiados. Subsídios variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Ministério do Esporte anuncia primeira lista de beneficiados. Subsídios variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil
Mais de 180 atletas receberão a Bolsa Pódio
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas

Últimas imagens

Manutenção da bolsa foi uma das prioridades do Ministério da Educação
Manutenção da bolsa foi uma das prioridades do Ministério da Educação
Francisco Medeiros/Ministério da Educação
Serão concedidas bolsas entre R$ 5 mil e R$ 15 mil para atletas de 17 modalidades olímpicas e paralímpicas
Serão concedidas bolsas entre R$ 5 mil e R$ 15 mil para atletas de 17 modalidades olímpicas e paralímpicas
Foto: Gabriel Heusi/ brasil2016.gov.br
Atletas dos principais clubes do Brasil foram escolhidas pela comissão técnica da seleção brasileira
Atletas dos principais clubes do Brasil foram escolhidas pela comissão técnica da seleção brasileira
Foto: Rafael Bello/COB
É o primeiro ouro em etapas internacionais da dupla Ágatha e Duda, que já tinha uma prata
É o primeiro ouro em etapas internacionais da dupla Ágatha e Duda, que já tinha uma prata
Marco Antônio Teixeira/CBV
Número 7 do mundo, Érika Miranda (de azul) chegou ao quarto título de Grand Slam
Número 7 do mundo, Érika Miranda (de azul) chegou ao quarto título de Grand Slam
Foto: Gabriela Sabau/IJF

Governo digital