Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2013 > 10 > Seleção brasileira conquista Mundial Sub-23

Esporte

Seleção brasileira conquista Mundial Sub-23

Vôlei Masculino

Equipe brasileira venceu República Dominicana, Argentina, Egito, Bulgária, Tunísia, Rússia e Sérvia
por Portal Brasil publicado: 14/10/2013 11h52 última modificação: 30/07/2014 00h07

A seleção brasileira sub-23 de vôlei masculino foi a vencedora do Campeonato Mundial Sub-23, em Uberlândia (MG). O resultado veio após a vitória sobre a seleção da Sérvia por 3 sets a 2 (29/27, 15/21, 21/17, 19/21 e 15/13).

Durante a competição, na fase classificatória, o Brasil venceu a República Dominicana, Argentina, Egito, Bulgária e Tunísia. Na semifinal, passou pela Rússia e na final superou a Sérvia.

Os jogadores brasileiros Matheus, Kachel e Lucarelli (capitão e ponteiro) foram eleitos como o melhor central, o melhor líbero e o jogador mais valioso do campeonato, respectivamente.

“A emoção é tão grande que eu não consigo nem raciocinar direito. Esse é um sonho desde as categorias infanto e juvenil. Viemos batalhando, treinando e, infelizmente, tropeçamos em outros mundiais, mas agora, graças a este time, a esta comissão técnica maravilhosa, esses atletas, esses companheiros guerreiros, conseguimos chegar nessa medalha de ouro que tanto queríamos”, disse o Matheus.

“Sabíamos que o jogo seria muito difícil e estudamos muito. O ritmo deles era muito forte e tivemos que ser disciplinados taticamente para fazer tudo o que o Rubinho pediu. Conseguimos anular algumas forças deles, mas sabíamos que não seria um jogo de 3 a 0. No final, a nossa dedicação foi premiada. Não estava focado em ganhar o prêmio individual. Não esperava mesmo, já que o meu foco era o título. Este troféu é fruto de um bom campeonato que eu fiz. Se os números mostraram isso eu fico muito feliz”, afirmou Guilherme Kachel.

“A melhor parte é por termos vencido no Brasil e as pessoas assistirem de perto. Estou muito feliz. O prêmio de melhor jogador fica sempre em segundo plano. Essa vitória é para todo mundo: a comissão técnica que ajudou bastante, a fisioterapia, que me recuperou muito bem e rápido, todos os jogadores, meus pais que estão sempre me apoiando e os torcedores. O que garantiu o título foi o conjunto. No momento em que um jogador não estava tão bem os outros supriram a necessidade”, disse Lucarelli.

“O jogo foi muito difícil como imaginávamos. A Sérvia é forte, mas estávamos preparados tecnicamente, taticamente e trabalhamos bem. Estudamos bastante o adversário e a equipe tinha bastante confiança. Foi uma grande vitória, principalmente pelo perfil do adversário. Essa competição veio para mostrar como o trabalho é feito tanto na base, como na principal”, concluiu o técnico Rubinho.

Campanha da seleção brasileira no Campeonato Mundial Sub-23:

Brasil 3 x 0 República Dominicana (21/12, 21/6 e 21/10)

Brasil 3 x 2 Argentina (19/21, 16/21, 22/20, 21/17 e 19/17)

Brasil 3 x 0 Egito (21/9, 21/15 e 21/16)

Brasil 3 x 0 Bulgária (21/19, 21/14 e 21/19)

Brasil 3 x 0 Tunísia (21/18, 21/17 e 21/11)

Brasil 3 x 0 Rússia (21/16, 22/20 e 25/23)

Fonte:
Ministério do Esporte

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa Forças no Esporte comemora Dia das Crianças
Iniciativa do Ministério da Defesa, em parceria com outros ministérios, leva para as crianças atividades esportivas, lazer e aulas de reforço no período do contra turno escolar
Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Iniciativa do Ministério da Defesa, em parceria com outros ministérios, leva para as crianças atividades esportivas, lazer e aulas de reforço no período do contra turno escolar
Programa Forças no Esporte comemora Dia das Crianças
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro

Últimas imagens

Rebeca Andrade é uma das ginastas do time feminino que representa o Brasil na competição
Rebeca Andrade é uma das ginastas do time feminino que representa o Brasil na competição
Foto: Danilo Borges/Ministério do Esporte
Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Foto: Rogério Vital/Ministério do Esporte
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Divulgação/CBDU
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Divulgação/Federação Int. de Canoagem
Henrique Martins, da natação, ficou em terceiro lugar nos 100 metros borboleta – a décima medalha brasileira no torneio
Henrique Martins, da natação, ficou em terceiro lugar nos 100 metros borboleta – a décima medalha brasileira no torneio
Divulgação/CBDU

Governo digital