Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2013 > 12 > Brasil estreia na Copa do Mundo contra a Croácia

Esporte

Brasil estreia na Copa do Mundo contra a Croácia

Copa

México e Camarões são os outros adversários do Brasil na primeira fase; Grupo D reúne três campeões mundiais
por Portal Brasil publicado: 26/06/2014 22h22 última modificação: 30/07/2014 00h11

O Brasil faz a sua estreia na Copa do Mundo de 2014 contra a Croácia, em São Paulo, no dia 12 de junho. Nesta sexta-feira (6), o sorteio dos grupos da competição definiu também que México e Camarões serão os outros adversários brasileiros pela taça mais importante do futebol.

Brasil e México se enfrentam em Fortaleza (CE), em 17 de junho. Já o jogo contra Camarões será em Brasília (DF), no dia 23 de junho.

Esta é a segunda vez que o Brasil enfrenta a Croácia em um jogo de estreia de Copa do Mundo. Em 2006, na Alemanha, as duas seleções fizeram o primeiro jogo do grupo F, com vitória brasileira por 1 a 0.

Brasil e México já se enfrentaram três vezes em Copas do Mundo, com três vitórias da seleção canarinho, sendo uma delas na Copa de 1950, também disputada no Brasil. Brasil x Camarões também se enfrentaram uma única vez, em 1994 (nos Estados Unidos), mais uma vez com vitória do Brasil.

Uma curiosidade desta tabela é que a final da Copa de 2010 vai ser reeditada logo na primeira fase, no dia 13 de junho, quando Espanha e Holanda se enfrentam em Salvador (BA) no primeiro jogo do Grupo B.

Os times do Grupo B, aliás, serão adversários do Brasil nas oitavas de final caso a Seleção avance na competição. Considerado o "grupo da morte", o Grupo D tem nesta primeira fase três campeões mundiais lutando por duas vagas nas oitavas-de-final: Uruguai, Inglaterra e Itália.

Confira como ficou a primeira fase da Copa do Mundo 2014

Brasil enfrenta Croácia, México e Camarões; Grupo D tem três campeões mundiais

Confira a tabela de jogos do grupo do Brasil

Além da Croácia, Brasil enfrenta na primeira fase México e Camarões

Fonte:
Portal Brasil 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Tocha olímpica visita a Rota do Descobrimento na Bahia
Chama começou o dia na Rota do Descobrimento em ‎Eunápolis, passou por Itapetinga, a Cidade do Boi Gordo, e encerrou o dia em Vitória da Conquista
Ministro do Esporte visita instalações do Parque Olímpico da Barra da Tijuca
Leonardo Picciani visitou as instalações do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, que já tem 88% das obras concluídas
Caio Sena conta como se prepara para Olimpíadas no Brasil
Conheça a história de Caio Sena. Aos 24 anos, o atleta de marcha atlética qualificado para as Olimpíadas Rio 2016, vive o sonho de disputar os jogos no Brasil.
Chama começou o dia na Rota do Descobrimento em ‎Eunápolis, passou por Itapetinga, a Cidade do Boi Gordo, e encerrou o dia em Vitória da Conquista
Tocha olímpica visita a Rota do Descobrimento na Bahia
Leonardo Picciani visitou as instalações do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, que já tem 88% das obras concluídas
Ministro do Esporte visita instalações do Parque Olímpico da Barra da Tijuca
Conheça a história de Caio Sena. Aos 24 anos, o atleta de marcha atlética qualificado para as Olimpíadas Rio 2016, vive o sonho de disputar os jogos no Brasil.
Caio Sena conta como se prepara para Olimpíadas no Brasil

Últimas imagens

Popole Misenga e Yolande Mabika fugiram de conflitos na República Democrática do Congo em 2013 e tentam reconstruir a vida no Brasil
Popole Misenga e Yolande Mabika fugiram de conflitos na República Democrática do Congo em 2013 e tentam reconstruir a vida no Brasil
Divulgação/Brasil 2016
Centro Aquático de Deodoro é sede de treinos e competições nacionais e internacionais
Centro Aquático de Deodoro é sede de treinos e competições nacionais e internacionais
Divulgação/Ministério da Educação
Nadador Gustavo Borges tem quatro conquistas em olimpíadas: duas pratas em Barcelona, e nos 200 metros livres em 1996) e dois bronzes em 1996 e no revezamento em 2000
Nadador Gustavo Borges tem quatro conquistas em olimpíadas: duas pratas em Barcelona, e nos 200 metros livres em 1996) e dois bronzes em 1996 e no revezamento em 2000
Divulgação/Brasil 2016

Governo digital