Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2014 > 01 > Brasil terá recorde de atletas nas Olimpíadas de Inverno 2014

Esporte

Brasil terá recorde de atletas nas Olimpíadas de Inverno 2014

Sochi

Delegação brasileira tem 12 atletas garantidos nos Jogos e ainda pode conquistar mais vagas
por Portal Brasil publicado: 23/01/2014 11h35 última modificação: 30/07/2014 02h52
© 2010 / Kishimoto/IOC Na última edição dos Jogos de Inverno, em Vancouver 2010, o Brasil participou com cinco atletas

Na última edição dos Jogos de Inverno, em Vancouver 2010, o Brasil participou com cinco atletas

 O Brasil disputará os Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014, a partir do dia 7 de fevereiro, com um número recorde de atletas em sua delegação. Até o momento, o Brasil tem 12 vagas garantidas nos Jogos: quatro no bobsled masculino, duas no bobsled feminino, uma na patinação artística, duas no esqui alpino, duas no esqui cross country e uma no snowboard.

Esse número pode aumentar, já que o Brasil ainda têm chances de conquistar duas vagas no esqui aéreo. Jaqueline Mourão, já classificada para o esqui cross country, também pode conquistar uma vaga no biatlo.

A maior delegação brasileira em Jogos de Inverno até hoje disputou Salt Lake 2002 com dez atletas em quatro modalidades (esqui alpino, esqui cross country, bobsled e luge).

Na última edição dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Vancouver 2010, o Brasil participou com cinco atletas em três modalidades (esqui alpino, esqui cross country e snowboard). A primeira participação brasileira em Jogos de Inverno foi em Albertville, em 1992.

Até o momento, as vagas brasileiras nos esportes no gelo são para a patinadora Isadora Williams, responsável pela estreia olímpica do Brasil na modalidade. Da mesma forma, Fabiana dos Santos e Sally Mayara colocaram o Brasil pela primeira vez na competição feminina de bobsled. Após oito anos ausente – desde Turim 2006 – o Brasil volta a ter uma equipe masculina de bobsled, com Edson Bindilatti, Edson Martins, Fábio Gonçalves e Odirlei Pessoni.  Tanto no bobsled feminino quanto no masculino, o Brasil tem direito a utilizar um atleta reserva, em caso de contusão com um dos titulares.

Nos esportes na neve, Isabel Clark, no snowboard cross, Leandro Ribela e Jaqueline Mourão, no esqui cross country, Jhonatan Longhi e Maya Harrisson, no esqui alpino, também estão garantidos. Jaqueline também pode conseguir vaga no biatlo, enquanto Lais Souza e Josi Santos são candidatas no esqui aéreo. Essas classificações, que dependem ainda da confirmação das vagas olímpicas, também seriam as primeiras da história para o Brasil em Jogos Olímpicos. Este processo será definido até o dia 24.

"Estamos entusiasmados com a preparação para Sochi 2014", declarou Stefano Arnhold, chefe da Missão Brasileira e presidente da Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN). "São concretas as chances de Jaqueline, no biatlo, e Lais e Josi, no esqui aéreo. Vamos para a nossa melhor edição dos Jogos Olímpicos de Inverno de todos os tempos!”, completou o presidente.

Fonte:
Ministério do Esporte

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Balanço sobre atuação do Brasil nos Jogos Rio 2016
Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, garante a manutenção da Bolsa Atleta e da Bolsa Pódio
Saiba como foram feitas as medalhas dos Jogos Rio 2016
Objeto de desejo dos atletas foi produzido de forma sustentável pela Casa da Moeda e traz novidade acessível para atletas deficientes visuais
COB vai a Londres em busca de referências para Rio 2016
Ministro Leonardo Picciani afirmou que Comitê Olímpico Brasileiro usará as ações bem-sucedidas do megaevento londrino nos Jogos Olímpicos Rio 2016
Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, garante a manutenção da Bolsa Atleta e da Bolsa Pódio
Balanço sobre atuação do Brasil nos Jogos Rio 2016
Objeto de desejo dos atletas foi produzido de forma sustentável pela Casa da Moeda e traz novidade acessível para atletas deficientes visuais
Saiba como foram feitas as medalhas dos Jogos Rio 2016
Ministro Leonardo Picciani afirmou que Comitê Olímpico Brasileiro usará as ações bem-sucedidas do megaevento londrino nos Jogos Olímpicos Rio 2016
COB vai a Londres em busca de referências para Rio 2016

Últimas imagens

Natação brasileira (foto) foi o segundo esporte que mais subiu ao pódio na Turquia; representação do País contou com 230 atletas
Natação brasileira (foto) foi o segundo esporte que mais subiu ao pódio na Turquia; representação do País contou com 230 atletas
Divulgação/CBDE
Local será aberto para a chegada dos atletas em 24 de julho; obra é a mais complexa dos Jogos
Local será aberto para a chegada dos atletas em 24 de julho; obra é a mais complexa dos Jogos
Divulgação/Brasil 2016
A preparação do time verde e amarelo será feita na Granja Comary, a partir do dia 18 de julho.
A preparação do time verde e amarelo será feita na Granja Comary, a partir do dia 18 de julho.
Foto: Rafael Ribeiro / CBF
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, participaram da reunião de revisão de projeto do megaevento, realizada na última quarta-feira (15)
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, participaram da reunião de revisão de projeto do megaevento, realizada na última quarta-feira (15)
Foto: Roberto Castro/brasil2016.gov.br/ME

Governo digital