Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2014 > 01 > Lais Souza apresenta pequeno progresso no estado de saúde

Esporte

Lais Souza apresenta pequeno progresso no estado de saúde

Acidente

Atleta apresentou pequena melhora no quadro neurológico e conseguiu mexer e sustentar os ombros
por Portal Brasil publicado: 30/01/2014 11h24 última modificação: 30/07/2014 02h52
Divulgação/CBDN Atleta sofreu trauma severo enquanto esquiava livremente na última segunda-feira (27)

Atleta sofreu trauma severo enquanto esquiava livremente na última segunda-feira (27)

 O Hospital da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, divulgou na tarde desta quarta-feira (29), o segundo boletim médico sobre o estado da atleta Lais Souza. A atleta continua sendo acompanhada pela equipe médica do hospital e pelo médico do Time Brasil, Dr. Antonio Marttos Jr., da Universidade de Miami.

Nesta quinta-feira (30), Lais passará a ter a companhia de sua mãe, Odete Vieira da Silva Souza. A mãe de Lais embarcou na quarta-feira (29), para Salt Lake City. Viajará acompanhada da fisioterapeuta Denise Lessio. A gerente geral de Planejamento Esportivo do Comitê Olímpico Brasileiro, Adriana Behar, também viajou nesta quarta-feira para Utah, onde dará apoio a Lais e a sua mãe.

Segue a íntegra do boletim do Hospital da Universidade de Utah:

Utah, 29 de janeiro de 2014
Lais Souza, de 25 anos, atleta integrante da equipe brasileira olímpica de inverno, sofreu grave acidente enquanto esquiava em Park City, Utah, na última segunda-feira (27) de janeiro. Ela está sendo tratada na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica do Hospital da Universidade de Utah, em Salt Lake City. Lais sofreu trauma severo na coluna cervical.

De acordo com a equipe médica, Lais foi submetida a tratamento cirúrgico para realinhar a coluna cervical. Lais está acordada, segue comandos, mas não pode mover seus braços e pernas neste momento e está com o auxílio de ventilação mecânica para respirar. Está sendo cuidada pela Dra. Holly Ledyard, neurointensivista, e pelo Dr. Andrew Dailey, neurocirurgião, ambos da Universidade de Utah.

Ainda esta semana, Lais passará por duas cirurgias adicionais, uma traqueostomia e uma gastrostomia. Ela é capaz de encolher os ombros, mas ainda não tem movimento em seus membros. A equipe médica gostaria de reiterar a importância dos próximos dias para a sua recuperação.

Em complemento, segue depoimento do Dr. Antonio Marttos Jr.

“Lais está tendo um atendimento médico excelente pela equipe da Universidade de Utah e continua na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica, recebendo todos os cuidados dispensados a uma paciente com este tipo de lesão. Ela está estável, com todos os parâmetros clínicos sob controle, e passou muito bem a noite. Lais esta acordada, interagindo com todos ao seu redor e mentalmente muito forte para enfrentar a longa recuperação que terá pela frente. Ela ficou muito contente ao saber que sua mãe chegará amanhã, e está sabendo das manifestações de carinho da família, dos amigos e de todos os brasileiros”.

“Lais deverá ser submetida a uma traqueostomia e gastrostomia entre hoje (quarta) e amanhã (quinta). Estes procedimentos são simples e representam os passos iniciais em seu processo de recuperação. Hoje ela apresentou um pequeno progresso do quadro neurológico e conseguiu mexer e sustentar os ombros, o que não acontecia ontem. Reiteramos que a atleta ainda se encontra na fase aguda do trauma e qualquer prognóstico definitivo necessita de tempo”.

Fonte:
Comitê Olímpico Brasileiro

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Caio Sena conta como se prepara para Olimpíadas no Brasil
Conheça a história de Caio Sena. Aos 24 anos, o atleta de marcha atlética qualificado para as Olimpíadas Rio 2016, vive o sonho de disputar os jogos no Brasil.
Jogos Paralímpicos | Shirlene Coelho
A jogadora paralímpica de lançamento de dardos, discos e arremesso de peso, Shirlene Coelho, comenta a importância do esporte em sua vida
Olimpíadas 2016 podem impulsionar viagens para todo o País
Além da capital fluminense, várias cidades brasileiras também recebam turistas
Conheça a história de Caio Sena. Aos 24 anos, o atleta de marcha atlética qualificado para as Olimpíadas Rio 2016, vive o sonho de disputar os jogos no Brasil.
Caio Sena conta como se prepara para Olimpíadas no Brasil
A jogadora paralímpica de lançamento de dardos, discos e arremesso de peso, Shirlene Coelho, comenta a importância do esporte em sua vida
Jogos Paralímpicos | Shirlene Coelho
Além da capital fluminense, várias cidades brasileiras também recebam turistas
Olimpíadas 2016 podem impulsionar viagens para todo o País

Últimas imagens

Agatha ataca durante partida do Mundial de vôlei de praia, na Holanda
Agatha ataca durante partida do Mundial de vôlei de praia, na Holanda
Divulgação/FIVB
Yane avançou como uma das 36 melhores atletas
Yane avançou como uma das 36 melhores atletas
Divulgação/Min do Esporte
Só poderá se candidatar quem foi sorteado na primeira fase e confirmou o pagamento ou quem não foi contemplado
Só poderá se candidatar quem foi sorteado na primeira fase e confirmou o pagamento ou quem não foi contemplado
Divulgação/Rio 2016
Atletas que competem na Itália são integrantes do Projeto de Intercâmbio da Confederação Brasileira de Ciclismo
Atletas que competem na Itália são integrantes do Projeto de Intercâmbio da Confederação Brasileira de Ciclismo
Brasil 2016
Agora, o Brasil volta as atenções para os Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, em julho, onde o Brasil lutará por seu segundo ouro na competição
Agora, o Brasil volta as atenções para os Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, em julho, onde o Brasil lutará por seu segundo ouro na competição
Divulgação/Min do Esporte

Governo digital