Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2014 > 01 > Seleção Feminina vence Chile por 2 a 0 na estreia

Esporte

Seleção Feminina vence Chile por 2 a 0 na estreia

Sub-20

No Estádio Municipal Charrúa, Patrícia e Byanca marcaram os primeiros gols do Brasil na competição
por Portal Brasil publicado: 14/01/2014 14h38 última modificação: 30/07/2014 02h52

A Seleção Brasileira Feminina Sub-20 estreou com vitória de 2 a 0 sobre o Chile no Sul-Americano do Uruguai. No Estádio Municipal Charrúa, Patrícia e Byanca marcaram os primeiros gols do Brasil na competição.

A primeira etapa da partida foi bem equilibrada, apesar de a Seleção Brasileira ter tido mais possibilidades de marcar, o Chile teve apenas uma.

Fernanda teve a primeira chance de marcar, aos 22 minutos do primeiro tempo. Após boa jogada de Letícia Santos, Fernanda chutou mas a goleira chilena defendeu.

Depois de quase marcar, o Brasil se empolgou no jogo e começou a pressionar. Andressa, Patrícia, Letícia Santos, Maria Eduarda, Fernanda, Camila e Yasmin se lançaram ao ataque, com cruzamentos, cabeçadas e chutes, mas a bola teimava em não entrar.

O Brasil voltou para o segundo tempo sabendo da capacidade que tinha dentro de campo e buscando fazer o gol ainda mais.

Aos 15 minutos, Patrícia abriu o placar. Yasmin cobrou o escanteio pelo lado esquerdo da goleira na cabeça da camisa 11 da Seleção.

Ludmilla quase fez o segundo do Brasil. Djenifer, que acabara de entrar, deu um belíssimo passe, mas, muito marcada, a camisa 18 não conseguiu aumentar a diferença no placar.

Se Ludmilla não marcou, Byanca o fez. A camisa 9 chutou de fora da área no ângulo direito da goleira do Chile. Um chute indefensável. Um belo gol que definiu o placar: 2 a 0 Brasil.

Brasil: 1. Letícia Izidoro, 2. Letícia Santos, 3. Nágela, 4. Júlia e 6. Camila; 10. Andressa (c) e 5. Gabriela; 7. Maria Eduarda (9. Byanca), 13. Yasmin (8. Djenifer) e 11. Patrícia; 17. Fernanda (18. Ludmilla. 

Chile: Fernanda Cardenas, Ambar, Camila (Farre), Javiena Valencia, Letícia Torres (c), Sofia, Javiena Roa (Aguayo), Fernanda Amaya, Vania, Isadora.

Brasil é líder do grupo A

Com a vitória sobre o Chile, o Brasil é o líder do Grupo A, com três pontos e dois gols de saldo.

A Colômbia derrotou o Uruguai por 3 a 2 e está em segundo lugar do Grupo A, com três pontos e um gol de saldo. Venezuela, Uruguai e Chile ainda não pontuaram. A Venezuela ainda não entrou em campo.

Os jogos do Grupo B começam nesta terça-feira, com Argentina x Equador e Paraguai x Peru, em Fray Bentos.

Nesta quarta-feira, o Brasil enfrenta as donas da casa, as uruguaias, às 19 horas, no Estádio Municipal de Charrua.

Veja a tabela:

14/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Argentina x Equador

Paraguai x Peru

15/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Colômbia x Venezuela

Uruguai x Brasil

16/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Equador x Bolívia

Argentina x Paraguai

17/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Colômbia x Chile

Uruguai x Venezuela

18/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Equador x Peru

Argentina x Bolívia

19/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Brasil x Colômbia

Chile x Venezuel

20/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Paraguai x Equador

Peru x Bolívia

21/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Brasil x Venezuela

Uruguai x Chile

22/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Paraguai x Bolívia

Argentina x Peru

Fonte:
Confederação Brasileira de Futebol 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo promove inclusão social pelo esporte
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Lei de Incentivo ao Esporte completa dez anos
Regra viabilizou investimento de R$ 1,87 bilhão em projetos de lazer, educação e esporte de alto rendimento
Parque Olímpico da Barra é legado dos Jogos Olímpicos
Espaço de 1,18 milhões de metros quadrados conta com velódromo, estádio aquático e centro de tênis
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Governo promove inclusão social pelo esporte
Regra viabilizou investimento de R$ 1,87 bilhão em projetos de lazer, educação e esporte de alto rendimento
Lei de Incentivo ao Esporte completa dez anos
Espaço de 1,18 milhões de metros quadrados conta com velódromo, estádio aquático e centro de tênis
Parque Olímpico da Barra é legado dos Jogos Olímpicos

Últimas imagens

Cerca de 100 jogadores já foram submetidos em dias sem jogos
Cerca de 100 jogadores já foram submetidos em dias sem jogos
Roberto Castro/Ministério do Esporte
Nas semifinais dos 50m costas, Etiene Medeiros bateu o recorde das Américas e o melhor tempo para a final
Nas semifinais dos 50m costas, Etiene Medeiros bateu o recorde das Américas e o melhor tempo para a final
Divulgação/CBDA
Atleta esteve desde 2008 na elite da natação, mas ainda não tinha alcançado o pódio mundial
Atleta esteve desde 2008 na elite da natação, mas ainda não tinha alcançado o pódio mundial
Divulgação/CBDA
Dos brasileiros, 24 foram finalistas em pelo menos uma prova. Rodrigo Parreira ganhou dois bronzes nos 200m
Dos brasileiros, 24 foram finalistas em pelo menos uma prova. Rodrigo Parreira ganhou dois bronzes nos 200m
Fotos: Daniel Zappe/CPB
Programa Esporte e Cidadania Para Todos envolve professores, assistentes sociais e psicólogos
Programa Esporte e Cidadania Para Todos envolve professores, assistentes sociais e psicólogos
Foto: Francisco Medeiros/Ministério do Esporte

Governo digital