Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2014 > 01 > Seleção Feminina vence Chile por 2 a 0 na estreia

Esporte

Seleção Feminina vence Chile por 2 a 0 na estreia

Sub-20

No Estádio Municipal Charrúa, Patrícia e Byanca marcaram os primeiros gols do Brasil na competição
por Portal Brasil publicado: 14/01/2014 14h38 última modificação: 30/07/2014 02h52

A Seleção Brasileira Feminina Sub-20 estreou com vitória de 2 a 0 sobre o Chile no Sul-Americano do Uruguai. No Estádio Municipal Charrúa, Patrícia e Byanca marcaram os primeiros gols do Brasil na competição.

A primeira etapa da partida foi bem equilibrada, apesar de a Seleção Brasileira ter tido mais possibilidades de marcar, o Chile teve apenas uma.

Fernanda teve a primeira chance de marcar, aos 22 minutos do primeiro tempo. Após boa jogada de Letícia Santos, Fernanda chutou mas a goleira chilena defendeu.

Depois de quase marcar, o Brasil se empolgou no jogo e começou a pressionar. Andressa, Patrícia, Letícia Santos, Maria Eduarda, Fernanda, Camila e Yasmin se lançaram ao ataque, com cruzamentos, cabeçadas e chutes, mas a bola teimava em não entrar.

O Brasil voltou para o segundo tempo sabendo da capacidade que tinha dentro de campo e buscando fazer o gol ainda mais.

Aos 15 minutos, Patrícia abriu o placar. Yasmin cobrou o escanteio pelo lado esquerdo da goleira na cabeça da camisa 11 da Seleção.

Ludmilla quase fez o segundo do Brasil. Djenifer, que acabara de entrar, deu um belíssimo passe, mas, muito marcada, a camisa 18 não conseguiu aumentar a diferença no placar.

Se Ludmilla não marcou, Byanca o fez. A camisa 9 chutou de fora da área no ângulo direito da goleira do Chile. Um chute indefensável. Um belo gol que definiu o placar: 2 a 0 Brasil.

Brasil: 1. Letícia Izidoro, 2. Letícia Santos, 3. Nágela, 4. Júlia e 6. Camila; 10. Andressa (c) e 5. Gabriela; 7. Maria Eduarda (9. Byanca), 13. Yasmin (8. Djenifer) e 11. Patrícia; 17. Fernanda (18. Ludmilla. 

Chile: Fernanda Cardenas, Ambar, Camila (Farre), Javiena Valencia, Letícia Torres (c), Sofia, Javiena Roa (Aguayo), Fernanda Amaya, Vania, Isadora.

Brasil é líder do grupo A

Com a vitória sobre o Chile, o Brasil é o líder do Grupo A, com três pontos e dois gols de saldo.

A Colômbia derrotou o Uruguai por 3 a 2 e está em segundo lugar do Grupo A, com três pontos e um gol de saldo. Venezuela, Uruguai e Chile ainda não pontuaram. A Venezuela ainda não entrou em campo.

Os jogos do Grupo B começam nesta terça-feira, com Argentina x Equador e Paraguai x Peru, em Fray Bentos.

Nesta quarta-feira, o Brasil enfrenta as donas da casa, as uruguaias, às 19 horas, no Estádio Municipal de Charrua.

Veja a tabela:

14/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Argentina x Equador

Paraguai x Peru

15/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Colômbia x Venezuela

Uruguai x Brasil

16/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Equador x Bolívia

Argentina x Paraguai

17/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Colômbia x Chile

Uruguai x Venezuela

18/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Equador x Peru

Argentina x Bolívia

19/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Brasil x Colômbia

Chile x Venezuel

20/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Paraguai x Equador

Peru x Bolívia

21/01/2014 - Grupo A - Montevidéu

Brasil x Venezuela

Uruguai x Chile

22/01/2014 - Grupo B - Fray Bentos

Paraguai x Bolívia

Argentina x Peru

Fonte:
Confederação Brasileira de Futebol 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Representantes da Rio 2016 fazem balanço da Paralimpíada
Representantes do Governo Federal, da Rio 2016 e do Comitê Paralímpico Internacional comentam os resultados do País ao sediar os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Representantes do Governo Federal, da Rio 2016 e do Comitê Paralímpico Internacional comentam os resultados do País ao sediar os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Representantes da Rio 2016 fazem balanço da Paralimpíada
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas

Últimas imagens

Na edição anterior, o time brasileiro liderou o quadro de medalhas com 209 pódios, sendo 102 de ouro
Na edição anterior, o time brasileiro liderou o quadro de medalhas com 209 pódios, sendo 102 de ouro
Divulgação/Prefeitura de Itajaí
Ainda no sábado (21), as oitavas de final contarão com outras três partidas
Ainda no sábado (21), as oitavas de final contarão com outras três partidas
Divulgação/CBHb
Uma das presenças que compõem equipe é a do armador direito, José Guilherme de Toledo
Uma das presenças que compõem equipe é a do armador direito, José Guilherme de Toledo
Divulgação/Conf. Brasileira de Handebol
O centro foi construído com recursos do ministério e integra a Rede Nacional de Treinamento
O centro foi construído com recursos do ministério e integra a Rede Nacional de Treinamento
Foto: Miriam Jeske/Brasil 2016
Nos Jogos Paralímpicos, todas as medalhas brasileiras foram conquistadas por atletas bolsistas
Nos Jogos Paralímpicos, todas as medalhas brasileiras foram conquistadas por atletas bolsistas
Foto: Washington Alves/Comitê Paralímpico

Governo digital