Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2014 > 05 > Seleção Brasileira de Vôlei derrota a Polônia

Defesa e Segurança

Seleção Brasileira de Vôlei derrota a Polônia

Liga Mundial

Equipe masculina venceu por 3 sets a 0 em Maringá, Paraná. Times voltam a se enfrentar nesta sexta
por Portal Brasil publicado: 29/05/2014 19h55 última modificação: 30/07/2014 02h36

A Seleção Brasileira masculina de vôlei começou a segunda etapa da Liga Mundial 2014 com vitória. Mostrando garra e determinação, o Brasil contou com o apoio da torcida, que lotou o ginásio Chico Neto, em Maringá (PR), e venceu a Polônia por 3 sets a 0 (25/23, 29/27 e 25/19), em 1h32 de jogo realizado nesta quinta-feira (29). Os ponteiros Lipe e Lucarelli dividiram o posto de maior pontuador, com 16 acertos cada um.

Após o bom resultado, as equipes voltam a se enfrentar nesta sexta-feira (30), às 14h45, no mesmo local. 

Brasil e Polônia estão no Grupo A da Liga Mundial, ao lado de Itália e Irã. A seleção verde e amarela estreou na Liga Mundial deste ano contra a Itália e perdeu as duas primeiras partidas. Os iranianos serão os adversários da equipe brasileira na terceira etapa, que acontecerá em São Paulo, no ginásio do Ibirapuera. Os jogos serão nos dias 6 e 7 de junho.

O Jogo

O ponteiro Murilo recebeu o saque polonês e o central Sidão abriu o placar do jogo após combinação de bola rápida com o levantador Bruninho. A Polônia, então, virou o jogo e, com ponto de saque, fez 3/1. Quando o adversário fez 6/2, Bernardinho pediu tempo. A equipe polonesa seguiu melhor e, bem no ataque, colocou seis de vantagem (9/4). Contando com erros do Brasil, a Polônia aumentou a diferença em 14/7.

No ponto de bloqueio, a equipe visitante fez 18/10 e o Brasil pediu tempo. Quando o placar apontava 18/11, Lipe entrou no saque e fez ace. Depois de outro bom saque, forçou o erro dos poloneses e, com o marcador em 18/13, foi a vez dos poloneses pararem o jogo. Ainda com Lipe no saque, o Brasil aproximou em 16/18. No erro do adversário, a equipe de Bernardinho encostou de vez em 19/18. No bloqueio individual de Lipe, o Brasil chegou ao empate: 21/21. Com garra, a seleção brasileira virou e venceu o primeiro set por 25/23.

 O segundo set manteve o ritmo do primeiro, com equilíbrio entre as duas equipes. A Polônia esteve um ponto a frente em 4/3. O time visitante seguiu no comando do marcador e com Lucarelli inspirado, o Brasil buscou a reação e com três pontos consecutivos do ponteiro, virou em 16/15. O jogo seguiu bem disputado e as equipes estiveram empatadas novamente em 18 pontos.

No bloqueio, a seleção brasileira fez 19/18. Mas a equipe polonesa reagiu e voltou a assumir o comando do marcador em 20/19. Em mais um ace de Lipe, o Brasil passou a frente: 21/20. Mais emoção na reta final da parcial, com um novo empate em 23/23. No bloqueio simples de Lucarelli, o Brasil chegou ao ponto do set. Mas os poloneses mais uma vez reagiram e fizeram 25/24. O final foi bastante equilibrado, com as equipes trocando pontos. E foi com ponto de saque de Lipe que o Brasil fechou em 29/27.

Assim como aconteceu nos dois primeiros sets, o terceiro seguiu com muito equilíbrio. As seleções estiveram empatadas em 7/7, com um ponto de vantagem para os poloneses no primeiro tempo técnico (8/7). A parcial se manteve igual, com as seleções trocando pontos a maior parte do tempo. No bloqueio do central Sidão, o Brasil chegou ao segundo tempo técnico com um de vantagem: 16/15. No erro do adversário, a seleção verde e amarela abriu dois de vantagem em 20/18 e, ainda, 22/18. No final, melhor para o Brasil, que, com apoio da torcida e após poder de reação, fechou, com ponto de bloqueio, em 25/19.

 Equipes

 Brasil – Bruno, Vissotto, Sidão, Lucão, Lucarelli e Murilo. Líbero – Mário Jr.

 Entraram – Theo, Raphael, Lipe

 Técnico: Bernardinho

 Polônia – Wrona, Klos, Bociek, Dryzga, Mika e Buszek. Líbero – Ignaczak

 Entraram – Ruciak, Konarski, Woicki

 Técnico: Stephane Antiga

Fonte:

Confederação Brasileira de Vôlei

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo promove inclusão social pelo esporte
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Lei de Incentivo ao Esporte completa dez anos
Regra viabilizou investimento de R$ 1,87 bilhão em projetos de lazer, educação e esporte de alto rendimento
Parque Olímpico da Barra é legado dos Jogos Olímpicos
Espaço de 1,18 milhões de metros quadrados conta com velódromo, estádio aquático e centro de tênis
Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) determina as diretrizes de programas
Governo promove inclusão social pelo esporte
Regra viabilizou investimento de R$ 1,87 bilhão em projetos de lazer, educação e esporte de alto rendimento
Lei de Incentivo ao Esporte completa dez anos
Espaço de 1,18 milhões de metros quadrados conta com velódromo, estádio aquático e centro de tênis
Parque Olímpico da Barra é legado dos Jogos Olímpicos

Últimas imagens

Petrúcio Ferreira teve 3% a mais dos votos do que o segundo colocado, o tenista sueco Stefan Olsson
Petrúcio Ferreira teve 3% a mais dos votos do que o segundo colocado, o tenista sueco Stefan Olsson
Foto: Danilo Borges/Brasil2016
Selecionados receberão valor equivalente a 12 parcelas da bolsa definida para sua categoria
Selecionados receberão valor equivalente a 12 parcelas da bolsa definida para sua categoria
Foto: Roberto Castro/Min. do Esporte
Iniciativa foi criada para facilitar acesso de crianças e adolescentes ao esporte educacional
Iniciativa foi criada para facilitar acesso de crianças e adolescentes ao esporte educacional
Foto: Francisco Medeiros/Min. do Esporte
Etiene Medeiros é a primeira brasileira a ser campeã mundial de Natação em piscina longa (50 m)
Etiene Medeiros é a primeira brasileira a ser campeã mundial de Natação em piscina longa (50 m)
Foto: Danilo Borges/brasil2016.gov.br
Sargento João Gomes conquistou a medalha de prata na prova de 50 m Peito
Sargento João Gomes conquistou a medalha de prata na prova de 50 m Peito
Foto: Danilo Borges/brasil2016.gov.br

Governo digital