Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2014 > 12 > Última semana para escolher os nomes dos mascotes do Rio 2016

Esporte

Última semana para escolher os nomes dos mascotes do Rio 2016

Jogos Olímpicos

Nome da dupla, inspirada na fauna e flora brasileira, será revelado no próximo domingo (14)
por Portal Brasil publicado: 08/12/2014 12h06 última modificação: 08/12/2014 12h06
Divulgação/Rio 2016/André Redlich Mascotes dos Jogos Rio 2016 participam de festival esportivo

Mascotes dos Jogos Rio 2016 participam de festival esportivo

Esta é a última semana para participar da escolha dos nomes dos mascotes dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A votação termina no dia 14 de dezembro, data em que será divulgada a escolha do público.

A votação pode ser feita pelo site dos mascotes, nos perfis do Rio 2016 no Twitter e no Facebook ou por meio de SMS da Claro. 

Três pares de nomes estão em votação, sendo um para o mascote Olímpico e outro para o Paralímpico.

São eles: Oba e Eba, interjeições de comemoração; Tiba Tuque e Esquindim, que remetem ao som e ao gingado do brasileiro; e Vinícius e Tom, em homenagem aos dois grandes ícones da Música Popular Brasileira (MPB).

O mascote Olímpico representa a diversidade dos animais do País - a agilidade dos felinos, o gingado dos macacos e a leveza das aves. Já o Paralímpico é uma inédita mistura da flora brasileira, que está sempre crescendo e superando obstáculos.

Criaturas mágicas com superpoderes, ambos nasceram da explosão de alegria dos brasileiros quando foi anunciada a vitória do Rio de Janeiro como cidade-sede dos Jogos de 2016. Confira no vídeo abaixo:

Fonte:
Rio 2016

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais 56 atletas são contemplados com a Bolsa Pódio
No total, 239 esportistas já contam o apoio. A categoria Pódio é patrocínio para esportistas com chances reais de medalhas
Mais de 180 atletas receberão a Bolsa Pódio
Ministério do Esporte anuncia primeira lista de beneficiados. Subsídios variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
No total, 239 esportistas já contam o apoio. A categoria Pódio é patrocínio para esportistas com chances reais de medalhas
Mais 56 atletas são contemplados com a Bolsa Pódio
Ministério do Esporte anuncia primeira lista de beneficiados. Subsídios variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil
Mais de 180 atletas receberão a Bolsa Pódio
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta

Últimas imagens

Manutenção da bolsa foi uma das prioridades do Ministério da Educação
Manutenção da bolsa foi uma das prioridades do Ministério da Educação
Francisco Medeiros/Ministério da Educação
Serão concedidas bolsas entre R$ 5 mil e R$ 15 mil para atletas de 17 modalidades olímpicas e paralímpicas
Serão concedidas bolsas entre R$ 5 mil e R$ 15 mil para atletas de 17 modalidades olímpicas e paralímpicas
Foto: Gabriel Heusi/ brasil2016.gov.br
Atletas dos principais clubes do Brasil foram escolhidas pela comissão técnica da seleção brasileira
Atletas dos principais clubes do Brasil foram escolhidas pela comissão técnica da seleção brasileira
Foto: Rafael Bello/COB
É o primeiro ouro em etapas internacionais da dupla Ágatha e Duda, que já tinha uma prata
É o primeiro ouro em etapas internacionais da dupla Ágatha e Duda, que já tinha uma prata
Marco Antônio Teixeira/CBV
Número 7 do mundo, Érika Miranda (de azul) chegou ao quarto título de Grand Slam
Número 7 do mundo, Érika Miranda (de azul) chegou ao quarto título de Grand Slam
Foto: Gabriela Sabau/IJF

Governo digital