Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2014 > 12 > Vitória e Bahia perdem e vão para Série B; Palmeiras se livra

Esporte

Vitória e Bahia perdem e vão para Série B; Palmeiras se livra

Campeonato Brasileiro

Depois de dois anos, a Bahia deixará de ter representante na primeira divisão. Palmeiras escapou do seu terceiro rebaixamento
por Portal Brasil publicado: 08/12/2014 14h08 última modificação: 08/12/2014 14h08

Vitória e Bahia perderam, neste domingo (7), seus jogos na última rodada e disputarão a Série B em 2015. Os resultados livraram o Palmeiras, que apenas empatou em casa com o Atlético (PR) em 1 a 1.

O Vitória precisava vencer, mas acabou sendo derrotado em casa, por 1 a 0, em gol marcado por Thiago Ribeiro no último lance do jogo (aos 50 minutos).

O Bahia, que precisava da derrota do Palmeiras, chegou a estar fora do Z-4 em parte do primeiro tempo, quando vencia o Coritiba e o time de São Paulo era derrotado. No entanto, o Verdão empatou com Henrique.

Os baianos, no segundo tempo, acabaram perdendo de virada para  a equipe paranaense, por 3 a 2, na despedida do meia Alex.

Campanhas

O Palmeiras escapou, por muito pouco, do seu terceiro rebaixamento. Chegou a 40 pontos com o empate diante do Atlético (PR) em casa. Ficou com 11 vitórias, sete empates e 20 derrotas.  Fez 34 gols e tomou 59 (a pior defesa da competição).

O Vitória sofreu mais um rebaixamento com uma campanha marcada pela irregularidade, ficando ao final em 17° lugar. Ficou com apenas 38 pontos, resultado de 10 vitórias, oito empates e 20 derrotas, com 37 gols marcados e 54 sofridos (saldo de -17).

O Bahia ficou em 18° lugar, após vencer apenas nove vezes no campeonato, 10 empates e 19 derrotas. Ficou com 37 pontos, marcou 31 gols e sofreu 43 (saldo de -12).

Histórico

O Vitória garantiu sua presença na Série A no ano passado, juntando-se ao rival Bahia. De lá para cá, foram quatro clássicos baianos na principal divisão do futebol, com dois empates e uma vitória para cada lado.

O Vitória chegou mais longe que o Bahia: em 2013, por pouco o rubro-negro não beliscou uma vaga na Libertadores. O time terminou em quinto lugar, com 59 pontos, dois a menos que o Botafogo.

O Bahia volta à divisão de acesso depois de quatro anos na Série A. O tricolor baiano subiu em 2010, depois de passar sete anos longe da elite, entre a Segunda e a Terceira divisão. A melhor posição neste período foi o 12º lugar, alcançado na edição do ano passado.

O Bahia acabou rebaixado com 37 pontos, sendo apenas 9 vitórias e um saldo de -12. Durante a rodada, chegou a estar fora do Z-4, quando o Palmeiras perdia e o Vitória apenas empatava.

O Vitória permaneceu na Série A por dois anos, em mais um capítulo das idas e vindas do clube. O acesso anterior veio em 2008, e o time resistiu até 2010.

Depois de dois anos na divisão inferior, o Vitória subiu e voltou a jogar entre os maiores clubes do País em 2013. A campanha do ano passado foi muito diferente do retrospecto deste ano: quando o rubro-negro terminou em quinto lugar.

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Representantes da Rio 2016 fazem balanço da Paralimpíada
Representantes do Governo Federal, da Rio 2016 e do Comitê Paralímpico Internacional comentam os resultados do País ao sediar os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Daniel Dias, maior atleta paralímpico do Brasil, fala sobre sua carreira e a importância do Programa Bolsa Atleta para a sua sua trajetória no esporte
Daniel Dias fala sobre importância do Bolsa Atleta
Representantes do Governo Federal, da Rio 2016 e do Comitê Paralímpico Internacional comentam os resultados do País ao sediar os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Representantes da Rio 2016 fazem balanço da Paralimpíada
Após a melhor campanha em quantidade de medalhas da história da delegação brasileira, os atletas da delegação nacional receberam uma homenagem do Comitê Paralímpico Brasileiro
Comitê Paralímpico faz homenagem a atletas

Últimas imagens

Na edição anterior, o time brasileiro liderou o quadro de medalhas com 209 pódios, sendo 102 de ouro
Na edição anterior, o time brasileiro liderou o quadro de medalhas com 209 pódios, sendo 102 de ouro
Divulgação/Prefeitura de Itajaí
Ainda no sábado (21), as oitavas de final contarão com outras três partidas
Ainda no sábado (21), as oitavas de final contarão com outras três partidas
Divulgação/CBHb
Uma das presenças que compõem equipe é a do armador direito, José Guilherme de Toledo
Uma das presenças que compõem equipe é a do armador direito, José Guilherme de Toledo
Divulgação/Conf. Brasileira de Handebol
O centro foi construído com recursos do ministério e integra a Rede Nacional de Treinamento
O centro foi construído com recursos do ministério e integra a Rede Nacional de Treinamento
Foto: Miriam Jeske/Brasil 2016
Nos Jogos Paralímpicos, todas as medalhas brasileiras foram conquistadas por atletas bolsistas
Nos Jogos Paralímpicos, todas as medalhas brasileiras foram conquistadas por atletas bolsistas
Foto: Washington Alves/Comitê Paralímpico

Governo digital