Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2015 > 10 > Tocha olímpica passará por 7 municípios do Piauí

Esporte

Tocha olímpica passará por 7 municípios do Piauí

Rio 2016

Roteiro inclui Teresina, Altos, Campo Maior, Parnaíba, Piracuruca e Piripiri e São Raimundo Nonato
por Portal Brasil publicado: 16/10/2015 17h14 última modificação: 19/10/2015 16h12

Em 2016, a tocha olímpica vai passar por sete municípios do Estado do Piauí (PI). Além da capital, Teresina, o roteiro incluirá, ainda, os municípios de Altos, Campo Maior, Parnaíba, Piracuruca e Piripiri e São Raimundo Nonato. 

A decisão de incluir São Raimundo Nonato foi tomada na quinta-feira (15), durante reunião de trabalho com presença do ministro do Esporte, George Hilton, sobre a organização do revezamento da tocha em Teresina. "Vamos resolver e ela vai passar por lá", antecipou o chefe da pasta.

Participaram também da reunião o subchefe de Assuntos Federativos da Presidência da República, Olavo Noleto; o governador do PI, Wellington Dias; e os prefeitos dos municípios que receberão a chama olímpica. Hilton, por sua vez, esteve presente em todos os encontros de planejamento para o revezamento da tocha. 

"Não queremos só fazer do Rio de Janeiro uma cidade que vai celebrar a união de 206 países. Queremos que os estrangeiros vindos de várias partes do mundo venham conhecer nossa Baía de Guanabara, o Cristo Redentor e todas as belezas da cidade. Mas queremos também espalhar por todo este País o espírito olímpico e mostrar que as Olimpíadas, apesar de serem no Rio, são de todo o povo brasileiro", defendeu Hilton.

A passagem da tocha olímpica pelos municípios piauienses é vista como uma oportunidade para expor qualidades e peculiaridades regionais. "É um momento de dizer que nós existimos, para afirmar nosso jeito de ser, nossa cultura, nossa cara e nosso orgulho de ser piauiense", declarou o prefeito de Teresina, Firmino Filho.

A chama olímpica vai passar por cerca de 500 cidades de todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal (DF).

Fonte: Portal Brasil, com informações do Portal Brasil 2016

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa Forças no Esporte comemora Dia das Crianças
Iniciativa do Ministério da Defesa, em parceria com outros ministérios, leva para as crianças atividades esportivas, lazer e aulas de reforço no período do contra turno escolar
Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Iniciativa do Ministério da Defesa, em parceria com outros ministérios, leva para as crianças atividades esportivas, lazer e aulas de reforço no período do contra turno escolar
Programa Forças no Esporte comemora Dia das Crianças
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro

Últimas imagens

Rebeca Andrade é uma das ginastas do time feminino que representa o Brasil na competição
Rebeca Andrade é uma das ginastas do time feminino que representa o Brasil na competição
Foto: Danilo Borges/Ministério do Esporte
Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Foto: Rogério Vital/Ministério do Esporte
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Divulgação/CBDU
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Divulgação/Federação Int. de Canoagem
Henrique Martins, da natação, ficou em terceiro lugar nos 100 metros borboleta – a décima medalha brasileira no torneio
Henrique Martins, da natação, ficou em terceiro lugar nos 100 metros borboleta – a décima medalha brasileira no torneio
Divulgação/CBDU

Governo digital