Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2016 > 05 > Campanha Passaporte Verde incentiva turismo sustentável

Saúde

Campanha Passaporte Verde incentiva turismo sustentável

Rio 2016

O objetivo é estimular os viajantes a respeitar a natureza e promover o desenvolvimento local
por Portal Brasil publicado: 03/05/2016 13h40 última modificação: 03/05/2016 13h40
Jorge Cardoso/Ministério do Meio Ambiente Desde 2008, a campanha apresenta medidas simples para que os viajantes tornem o turismo uma atividade sustentável

Desde 2008, a campanha apresenta medidas simples para que os viajantes tornem o turismo uma atividade sustentável

Com o objetivo de incentivar turistas a adotarem atitudes sustentáveis durante a viagem, representantes dos ministérios do Turismo, do Esporte, do Meio Ambiente e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) firmaram no sábado (30) uma parceria para divulgar a campanha Passaporte Verde.

A cerimônia promovida no Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro, prevê a realização de ações específicas durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e também no revezamento da Tocha que percorrerá mais de 300 cidades do País.

Desde 2008, a campanha apresenta medidas simples para que os viajantes tornem o turismo uma atividade sustentável, respeitando o meio ambiente e a cultura ao mesmo tempo em que promove o desenvolvimento socioeconômico das comunidades locais. O objetivo é sensibilizar o turista quanto ao seu potencial de contribuir com o desenvolvimento sustentável local por meio de escolhas responsáveis.

"A campanha Passaporte Verde é extremamente importante para a sensibilização tanto de empresários quanto de turistas para o desenvolvimento de um turismo mais responsável", afirmou a coordenadora-geral de turismo responsável do Ministério do Turismo, Isabel Barnasque. 

Já a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, ressaltou que esta é uma oportunidade para fazer da Olimpíada um marco para a sustentabilidade no Brasil. "Essa nova agenda tem que envolver tanto o setor público quanto o privado para que a atitude de cada um frente ao meio ambiente seja pautada pela melhoria da qualidade de vida", afirmou.

Para o diretor-executivo PNUMA, Achim Steiner, o Passaporte Verde é um meio de mobilizar a partir de pequenas decisões tomadas durante a viagem, como o hotel ou tipo de transporte a ser usado.

Sobre a campanha

A campanha Passaporte Verde, coordenada pelo PNUMA, é uma iniciativa que busca promover práticas de produção e consumo sustentáveis na atividade turística, tanto na prestação de serviços quanto na conscientização dos turistas para que adotem comportamentos responsáveis em suas viagens.

Lançada em 2008, em uma parceria entre o PNUMA, os ministérios do Meio Ambiente e do Turismo do Brasil, o Ministério Francês do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e outros parceiros, a campanha também atua em diversos países como Costa Rica, Equador e África do Sul.

Em 2015, foi lançada a edição Passaporte Verde nos Jogos Rio 2016, oferecendo novas dicas e roteiros aos turistas que desembarcarão no Rio de Janeiro para acompanhar os eventos. A campanha também dá um novo salto, trabalhando com temas como acessibilidade e proteção da criança e do adolescente, além da ecoeficiência, que já vinha sendo trabalhado em edições anteriores.

Dicas para ser um turista responsável:

  • Evitar o uso desnecessário de água e de produtos químicos, utilizando por mais de um dia suas toalhas de banho e rosto;
  • Ligar o ar condicionado sempre com portas e janelas fechadas e ventiladores apenas quando necessário;
  • Recolher todo o lixo produzido e separar materiais recicláveis de restos orgânicos;
  • Utilizar sacolas reutilizáveis de pano ou papel ao invés dos saquinhos plásticos nas compras;
  • Na praia, utilizar protetor solar resistente à água para não poluir o mar e prejudicar a fauna marinha;
  • Apagar as luzes e desligar os equipamentos do ambiente ao sair;
  • Fechar a torneira enquanto escova os dentes. Assim, é possível gastar apenas dois litros de água em vez de 60;
  • Não retirar plantas, nem levar “lembranças” do ambiente natural para casa. Deixar pedras, flores, frutos, sementes e conchas onde foram encontradas para que outros também possam apreciá-los;
  • Jamais comprar animais selvagens;
  • Ajudar na educação de outros visitantes, transmitindo os princípios de mínimo impacto sempre que houver oportunidade de disseminar essa atitude responsável.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo e do Ministério do Meio Ambiente

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa Forças no Esporte comemora Dia das Crianças
Iniciativa do Ministério da Defesa, em parceria com outros ministérios, leva para as crianças atividades esportivas, lazer e aulas de reforço no período do contra turno escolar
Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Iniciativa do Ministério da Defesa, em parceria com outros ministérios, leva para as crianças atividades esportivas, lazer e aulas de reforço no período do contra turno escolar
Programa Forças no Esporte comemora Dia das Crianças
Publicação lançada no Rio de Janeiro discute os impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo. O livro, que reúne 145 autores de 70 universidades, será publicado em formato digital e oferecido gratuitamente
Publicação analisa impactos dos megaeventos no Brasil e no mundo
Cerca de 23 mil esportistas já foram patrocinados pelo programa do governo federal
Inscrições para o Bolsa Atleta terminam em 6 de setembro

Últimas imagens

Texto também define percentuais das verbas das loterias que entidades podem adotar em atividades administrativas
Texto também define percentuais das verbas das loterias que entidades podem adotar em atividades administrativas
Arquivo/CPB
Rebeca Andrade é uma das ginastas do time feminino que representa o Brasil na competição
Rebeca Andrade é uma das ginastas do time feminino que representa o Brasil na competição
Foto: Danilo Borges/Ministério do Esporte
Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Jogos Escolares são maior celeiro de atletas olímpicos do País
Foto: Rogério Vital/Ministério do Esporte
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Martins tornou-se o segundo brasileiro com mais medalhas em Universíades
Divulgação/CBDU
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Atleta terminou a prova com o tempo de 3m52s542
Divulgação/Federação Int. de Canoagem

Governo digital